Biografia de Jane Austen

Jane Austen

Jane Austen nasceu em Steventon, Hampshire, na zona rural da Inglaterra, no dia 16 de dezembro de 1775. Filha de um reverendo, passou a maior parte de sua vida no meio de um pequeno grupo social formado pela aristocracia rural inglesa. Com oito anos foi mandada para um internato junto com sua irmã Cassandra, que veio a ser sua melhor amiga.

Com 17 anos escreveu seu primeiro romance, “Lady Susan”, uma paródia no estilo sentimental do escritor Samuel Richardson. Em 1797 já havia escrito mais dois livros, “Razão e Sensibilidade” e “Orgulho e Preconceito”, que foram rejeitados pela editora, mas publicados em 1811 e 1813 respectivamente, com o pseudônimo de “Uma Senhora”. As obras se transformaram em clássicos da literatura inglesa.

Jane Austen publicou ainda: “Mansfield Park” (1814) e “Emma” (1816). Suas obras deram ao romance inglês o primeiro impulso para a modernidade, ao tratar do cotidiano das pessoas comuns com uma aguda percepção psicológica e um estilo de uma ironia sutil, dissimulada pela leveza da narrativa. As obras “Persuasion” e “Northanger Abbey”, em estilo menos ágil e humorístico, porém ganhando em seriedade e sabedoria, sem perder a sua típica ironia, só foram publicadas em 1818, um ano após sua morte.

Seu poder de observação do cotidiano forneceu-lhe material suficiente para dar vida aos personagens de suas obras. Jane deixou ainda inacabados dois livros: “Os Watsons” e “Sanditon”, que foram completados e publicados posteriormente por seus sobrinhos. A obra “Lady Susan” só foi publicada em 1871. Faleceu em Winchester, Inglaterra, no dia 18 de julho de 1817.

Acervo: 99 frases e pensamentos de Jane Austen.

Frases e Pensamentos de Jane Austen

Não quero que as pessoas sejam muito gentis; pois tal poupa-me o trabalho de gostar muito delas.

Jane Austen
622 compartilhamentos

A vaidade e o orgulho são coisas diferentes, embora as palavras sejam frequentemente usadas como sinónimos. Uma pessoa pode ser orgulhosa sem ser vaidosa. O orgulho relaciona-se mais com a opinião que temos de nós mesmos, e a vaidade, com o que desejaríamos que os outros pensassem de nós.

Jane Austen
726 compartilhamentos

Muitas vezes perdemos a possibilidade de felicidade de tanto nos prepararmos para recebê-la. Por que então não agarrá-la toda de uma vez?

Jane Austen
421 compartilhamentos

... não tenho medo de mostrar meus sentimentos
e de fazer coisas imprudentes,
pois acredito que o que não se mostra, não se sente.
Coisa que talvez surpreenda muito a você,
pois os seus sentimentos são tão guardados
que parecem não existir realmente..

Trecho de razão e sensibilidade

Jane Austen
487 compartilhamentos

Metade do mundo não consegue compreender os prazeres da outra metade.

Jane Austen
189 compartilhamentos