Biografia de Isabel Allende

Isabel Allende

Isabel Allende nasceu em Lima, no Peru, no dia 2 de agosto de 1942. De família chilena, ainda criança, mudou-se para o Chile, onde viveu grande parte de sua vida, por isso é considerada chilena. Em 1973, após o golpe militar no Chile encabeçado pelo general Augusto Pinochet, em que morreu seu tio o presidente Salvador Allende, Isabel e sua família se mudaram para Caracas, na Venezuela, época em que começou sua produção literária.

Seu primeiro livro “A Casa dos Espíritos” (1982) foi inspirada em suas lembranças da infância e da juventude em meio aos principais acontecimentos políticos da história do Chile, como a ditadura militar de Augusto Pinochet. O sucesso de vendas transformou a obra em um Best-seller. Dois anos depois publicou “De Amor e de Sombra” (1984), que em meio a uma história de amor, conta o sofrimento das famílias dos mortos e desaparecidos durante a ditadura.

Outro grande sucesso da escritora é a obra “Paula” (1994) na qual relata os fatos ocorridos durante o coma de sua filha, vítima de uma doença neurológica. Muitos críticos consideram essa a melhor livro da escritora. Entre outras obras, publicou: “A Filha da Fortuna” (1999), “A Cidade das Feras” (2002), “A Ilha Sob o Mar” (2009) e “O Caderno de Maya” (2011).

Acervo: 11 frases e pensamentos de Isabel Allende.

Frases e Pensamentos de Isabel Allende

'Talvez a gente esteja no mundo para procurar o amor, encontrá-lo e perdê-lo, muitas e muitas vezes. Nascemos de novo a cada amor e, a cada amor que termina, abre-se uma ferida. Estou cheia de orgulhosas cicatrizes.'

Isabel Allende
43 compartilhamentos

O meticuloso exercício da escrita
pode ser a nossa salvação.

Isabel Allende
9 compartilhamentos

Comprendió que la felicidad consiste en alcanzar aquello que hemos esperado por mucho tiempo.

Isabel Allende
3 compartilhamentos

O amor tem palavras mudas mais transparentes do que o rio.

Isabel Allende
3 compartilhamentos

Se escrevo alguma coisa, temo que ela aconteça, se amo demais alguma pessoa, tenho medo de perdê-la; no entanto, não posso deixar de escrever, nem de amar...

Isabel Allende
2 compartilhamentos