Biografia de Dalai Lama

Dalai Lama

Quem é Dalai Lama?

Dalai Lama é um monge budista tibetano. É ao mesmo tempo o líder temporal e espiritual do povo tibetano. O atual Dalai Lama é Tenzin Gyatso (1935).

Dalai Lama

Dalai Lama Tenzin Gyatso nasceu na aldeia de Takster, na província de Amdo, no Tibete, no dia 6 de julho de 1935. Filho de agricultores recebeu o nome de Lhamo Dhondrub. Quando tinha dois anos, passou a ser chamado de Tenzin Gyatso, após ser reconhecido pelos monges tibetanos como a reencarnação do 13º Dalai Lama, Thubten Gyatso.

Preparação do Dalai Lama

Considerado a 14.ª reencarnação do príncipe Cherezig, o portador do lótus branco, que simboliza a compaixão. Foi separado da família e levado para o Palácio de Potala, situado na montanha Hongsham, na capital Lhasa, onde começou sua rigorosa preparação.

A partir de seis anos de idade passou a receber aulas de filosofia budista, arte e cultura tibetana, gramática, inglês, astrologia, geografia, história, ciências, matemática, medicina, poesia, música e teatro.

Em 1950, ano em que o Tibete foi invadido pela China, o Dalai Lama, com apenas 15 anos, foi orientado a deixar o Tibete. Em 1951 foi assinado um “Acordo de Dezessete Pontos” com o qual a China pretendia adotar medidas para a libertação do Tibete, mas as tentativas foram fracassadas.

Em 1954, o Dalai Lama foi a Pequim, realizar acordos com Mao Tsé-Tung, presidente do Governo Popular da China, mas a tentativa de buscar soluções pacíficas para a libertação do Tibete foi frustrada.

Exílio de Dalai Lama

Em 1959, os chineses sufocaram uma insurreição separatista comandada pelos aliados do Dalai Lama. Após o fracasso da rebelião, o líder tibetano, sua família e seus seguidores, a convite do governo indiano, se exilam na Índia, onde foi instalado um governo tibetano nas montanhas de Mussoorie.

Em 1959, com 23 anos, Dalai Lama realizou o exame final no Templo Jokhang de Lhasa, durante o Festival anual de Monlam (oração). O monge foi aprovado e premiado com o grau de doutorado em filosofia budista.

Em maio de 1960, ele se transferiu definitivamente para a região de Dharamshala. Desde então, milhares de refugiados se transferiram para o local, que se tornou o maior centro de exilados tibetanos na Índia.

Para receber grande número de refugiados, foram criados na Índias, diversos assentamentos e escolas para preservar a língua, a história e a religião tibetana.

Prêmio Nobel da Paz

Várias propostas de paz já foram levadas ao governo chinês, entre elas, transformar o Tibete em santuário, onde todos poderiam viver em harmonia.

Em 1967 o Dalai Lama iniciou uma série de viagens por diversos países, levando sua crença e a esperança de encontrar a paz entre os povos. Esteve com o Papa Paulo VI em 1973 e com João Paulo II em diversos momentos.

Foi aos Estados Unidos, Inglaterra, França, Suíça, Áustria, Brasil, entre outros países, quando fez palestras para um grande número de admiradores.

Em 1989 recebeu o Prêmio Nobel da Paz. Recebeu também o título de Doutor Honoris Causa, conferido pela Universidade de Seattle, em Washington, em reconhecimento por seu trabalho difundindo a filosofia budista e por seus esforços em busca dos direitos humanos e da paz mundial.

No dia 10 de março de 2011, anunciou que deixará o comando político dos tibetanos. O sufrágio ocorrerá na Índia, onde o Parlamento se reúne desde 1959.

O Dalai Lama deixou formalmente o poder político e administrativo do Tibete e transferiu sua autoridade para os tibetanos eleitos, porém, continuou sendo o líder espiritual de seu povo.

Acervo: 185 frases e pensamentos de Dalai Lama.

Frases e Pensamentos de Dalai Lama

Só existem dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã, portanto hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver.

Dê a quem você ama: asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar.

Determinação, coragem e autoconfiança são fatores decisivos para o sucesso. Se estamos possuídos por uma inabalável determinação, conseguiremos superá-los. Independentemente das circunstâncias, devemos ser sempre humildes, recatados e despidos de orgulho.

Dalai Lama

Nota: Citação atribuída, muitas vezes, ao livro " O Livro de Dias," de Dalai Lama.

Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los. Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro.

Uma árvore em flor fica despida no outono. A beleza transforma-se em feiura, a juventude em velhice e o erro em virtude. Nada fica sempre igual e nada existe realmente. Portanto, as aparências e o vazio existem simultaneamente.