Biografia de Caetano Veloso

Caetano Veloso

Caetano Veloso (1942) é um cantor, compositor, produtor e arranjador brasileiro, um dos mais célebres artistas da MPB, um dos criadores do Tropicalismo, importante movimento artístico dos anos 60.

Caetano Veloso nasceu em Santo Amaro da Purificação, na Bahia, no dia 7 de agosto de 1942. Em 1960 vai com a família para Salvador e ingressa na Faculdade de Filosofia da Universidade da Bahia. Em 1966, sua música “Um Dia”, é classificada em quinto lugar no II Festival de Música Popular Brasileira da TV Record de São Paulo.

Em 1967, grava seu primeiro disco “Domingo”. Sua música “Alegria, Alegria” é classificada em quarto lugar no III Festival de MPB da TV Record. Em 1968, lança o disco “Tropicália”, do qual participava Gilberto Gil, Nara Leão, Gal Costa, entre outros. Em setembro, se apresenta no Teatro da Universidade Católica de São Paulo cantando, junto com os mutantes, a música “É Proibido Proibir”. Por conta de seu engajamento político sua música foi censurada. Três meses depois é preso e exilado em Londres.

Em 1971 lança o álbum “Caetano Veloso” (1971) e em seguida “Transa” (1972). Nesse mesmo ano, retorna ao Brasil, quando faz show em Salvador ao lado de Chico Buarque. Em 1973 lança o disco “Araçá Azul” e produz shows para Gal Costa, Maria Betânia, entre outros cantores.

Caetano Veloso é um dos músicos mais respeitados no mundo, sua discografia é composta por mais de cinquenta discos. Entre suas músicas estão: “Qualquer Coisa” (1975), “Tigresa” (1977), “Leãozinho” (1977), “Odara”, “Sampa” (1978), “Você é Linda” (1983), “Sozinho” (1998) e “A Luz de Tieta” (1998).

Acervo: 104 frases e pensamentos de Caetano Veloso.

Frases e Pensamentos de Caetano Veloso

Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é...

Caetano Veloso
891 compartilhamentos

De perto, ninguém é normal.

Caetano Veloso
358 compartilhamentos

Qualquer maneira de amor vale a pena
Qualquer maneira de amor vale amar...

Caetano Veloso
844 compartilhamentos

Você me deixa a rua deserta
Quando atravessa
E não olha pra trás...

Caetano Veloso
153 compartilhamentos

Gente é pra brilhar, não pra morrer de fome.

Caetano Veloso
1024 compartilhamentos