Biografia de Bob Marley

Bob Marley

Bob Marley (1945 - 1981), nome artístico de Robert Nesta Marley, nasceu numa favela de Kingston e teve uma juventude bastante difícil, o que o ajudou a retratar em suas músicas os problemas sociais. Inicialmente sua carreira musical começou com o grupo The Wailers, que incluía Peter Tosh e Bunny Livingston.

Seu primeiro sucesso foi "No Woman no Cry" onde o reggae começou a ganhar fama internacional e conquistou o mundo. Seguiram-se "I Shot the Sheriff", famosa pela interpretação de Eric Clapton, e "Get up, Stand up".

Bob Marley também foi um dos maiores representantes do movimento rastafári, que chama seu deus de Jah. O movimento surgiu na Jamaica e Rita, sua esposa, o influenciou a aderir ao movimento. Ele também foi o responsável por propagar o rastafári pelo mundo.

Bob Marley faleceu em 1981, devido a um câncer de pele, mas que acabou espalhando-se para outros órgãos. Bob Marley ganhou ainda mais fãs após a sua morte e acabou tornando-se um mito para muitas gerações.

A música de Bob Marley e o reggae tornaram-se mais fortes ainda depois de sua morte, tornando-o uma lenda e um ícone da música.

Acervo: 272 frases e pensamentos de Bob Marley.

Frases e Pensamentos de Bob Marley

Difícil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que se mais ama.
Eu desisti. Mas não pense que foi por não ter coragem de lutar, e sim por não ter mais condições de sofrer.

Às vezes construímos sonhos em cima de grandes pessoas... O tempo passa e descobrimos que grandes mesmo eram os sonhos e as pessoas pequenas demais para torná-los reais!

Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida.

Bob Marley

Nota: Tradução adaptada de um trecho da música "Pass it On"

A vida é para quem topa qualquer parada. Não para quem para em qualquer topada.

Bob Marley

Nota: O pensamento aparece atribuído a Bob Marley, pelo menos, desde 2001. Este pensamento encontra-se também na música "Fortaleza" de Max B.o. (2010) e na música "Vamo Ver" de Inquérito (2008).

Não ligo que me olham da cabeça aos pés... porque nunca farão minha cabeça e nunca chegarão aos meus pés.