Biografia de Barbara Heliodora

Barbara Heliodora

Barbara Heliodora nasceu no Rio de Janeiro, no dia 29 de agosto de 1923. Filha de uma poetisa e de historiador iniciou sua longa relação com o trabalho de Shakespeare aos 12 anos, por influência da mãe, que a presenteou com as obras completas do autor, em inglês.

Barbara começou a escrever críticas em 1957, na Tribuna da Imprensa. Em 1958 começou a colaborar com o Jornal do Brasil. Entre 1964 e 1967, a convite de Castelo Branco, dirigiu o Serviço Nacional de Teatro. Depois se dedica ao ensino de história de teatro no Conservatório Nacional de Teatro e posteriormente lecionou a mesma matéria na Universidade Federal do Rio de Janeiro, cargo que exerceu até sua aposentadoria em 1985.

Em 1986 Bárbara retornou à crítica, na revista Visão. Em 1990 assumiu a função no jornal O Globo., no qual permaneceu até o início de 2014. Embora nunca tenha desejado atuar, subiu ao palco algumas vezes. A primeira em 1948, no papel de Rainha Gertrudes, em Hamlet.

Rigorosa, dizia que “a crítica condescendente é um engano”. Se o espetáculo não lhe agradasse, não escondia suas impressões. Temida por diretores e atores, chegou a ser barrada na porta de alguns teatros e inspirou uma comédia de Henrique Tavares, Barbara Não Lhe Adora (1999). Faleceu no Rio de Janeiro, no dia 10 de abril de 2015.

Acervo: 1 frases e pensamentos de Barbara Heliodora.

Frases e Pensamentos de Barbara Heliodora

Não me vingo, aproveito a deixa. Não sofro, improviso. Não fico solteira, entro em temporada. Não vivo, ensaio. Não morro, fecho a cortina.

Barbara Heliodora