Victoria Cavalcante

Cerca de 2527 frases e pensamentos: Victoria Cavalcante

Minha alma é feita de luz e trevas; nada de brumas. Ou faz bom tempo ou há temporal; as temperaturas variáveis são de pouca duração.

Victoria Ocampo
112 compartilhamentos

DIA DAS MÃES - HOMENAGEM ESPECIAL

Ela tem a capacidade de ouvir o silêncio.
Adivinhar sentimentos.
Encontrar a palavra certa nos momentos incertos.
Nos fortalecer quando tudo ao nosso redor parece ruir.
Sabedoria emprestada dos deuses para nos proteger e amparar.

Sua existência é em si um ato de amor.
Gerar, cuidar, nutrir.
Amar, amar, amar...
Amar com um amor incondicional que nada espera em troca.
Afeto desmedido e incontido, Mãe é um ser infinito.

Anderson Cavalcante
13 mil compartilhamentos

Que estranho. Meus inimigos me conhecem melhor do que minha própria família.

Victoria Aveyard
10 compartilhamentos

Se fosse correto julgar, eu te julgaria por ser invejosa, falsa, duas caras, sem personalidade e sem caráter, e cá entre nós, minha vida me consome demais, sabe, eu vivo mesmo, eu tenho histórias pra contar, sou focada em mim, e diria que egoísta o bastante pra não viver a vida dos outros, eu não sou figurante da vida de ninguém, não fico horas gastando minha preciosa saliva pra falar mal das pessoas.
No fundo eu queria saber o que te prende tanto a minha vida, é incrível o que a inveja pode fazer com as pessoas, não é mesmo? Como elas se tornam ridículas e vivem ‘pagando pau’ por aí. O que eu quero dizer é que pode falar o quanto quiser, e quanto mais eu sei que minha presença te perturba, que meu jeito te irrita, mais prazer eu sinto em existir e permanecer presente. Ah, e pode pegar aquela cadeira na primeira fileira, te dou o direito de seguir assistindo a minha vida, mas agora de camarote, porque sei que os comentários ficarão por tua parte.

Victória Ramos
856 compartilhamentos

Vejo um mundo na corda bamba. Sem equilíbrio, ele cai.

(A Rainha Vermelha)

Victoria Aveyard
11 compartilhamentos

Sou uma garota vermelha em meio a um mar de prateados.

(A Rainha Vermelha)

Victoria Aveyard

Vamos nos levantar, vermelhos como a aurora.

Victoria Aveyard

“nenhum coração pode ser verdadeiramente conhecido, nem mesmo o meu próprio."

Victoria Aveyard

Eu não sei. Ando meio distraída, meio confusa, complicada, indefesa. Está acontecendo um circulo de emoções ao mesmo tempo, uma guerra incansável. É um modo de defesa ou apenas vontade de ter com que se preocupar? Não que eu não tenha, mas, às vezes parece que eu quero muito mais com o que me preocupar. Com o que abastecer minha cabeça; às vezes penso em ler um livro, e ser surpreendida por mim mesma, mas infelizmente só consegui isso uma única vez, com um livro de Paulo Coelho, que eu me apaixonei e jamais encontrei outro igual. Pra quem nunca tinha lido um livro daquela espessura eu até que li rápido de mais. Mas depois disso não li outro, peguei em outros para pelo menos tentar, mas sem sucesso. Parece que existe uma barreira para mim com os livros e muitas outras coisas. Eu me interesso por qualquer tipo de coisa que eu possa achar muitíssimo interessante e que me faça sorrir ou viajar sem sair de casa, o problema é a paciência para fazer qualquer tipo de coisa. Apesar de que, ultimamente ando tendo bastante paciência – e esse não é meu segundo nome, de verdade – mas está sendo incrível, é como se toda a minha raiva fosse absorvida por alguma coisa, e daí aparecesse uma pessoa que eu nunca vi outra imagem de mim que guardei; como se eu fosse esta, mas antes me escondesse. Minha voz fica doce, fico envergonhada com qualquer tipo de comentário, sou frágil, absorvo muito fácil qualquer coisa que me irrite, que me magoe, e não sei como lidar com as coisas, fico vulnerável a qualquer sorriso ou cheiro conhecido. Ultimamente ando tendo bastantes complicações, uma delas com amizades, outra com amor, como se ninguém nunca tivesse esses tipo de problemas não é? Mas por eu estar sendo esta pessoa que absorve as irritações eu não consigo me manter bem como antes conseguia, não consigo esconder minha cara, meu mau humor – por mais que eu fale docemente – não consigo não ser sincera comigo mesma, transparência em alta. Daí é quando a parte “poeta” sai de mim, quando eu resolvo escrever qualquer tipo de bobagem porque assim me sinto bem, é quando a outra pessoa aparece, são tantas em uma só que às vezes fica difícil me achar. Pior é quando não consigo me agradar. Mas o fato de tudo isso é estar sendo totalmente outra pessoa, totalmente descontrolada, desequilibrada e desatenta, esses D’s que estão fazendo muita parte de uma nova pessoa. Porque eu me tornei assim? A quem diga que é amor, outras as amizades. Eu digo que seja por mim mesma.

Victória Sanchweir
23 compartilhamentos

Te amo com a certeza de que nem o tempo, nem a distância lhe tiraria de mim. Afinal, como separar apenas um coração?

Victória Acácio
40 compartilhamentos

Parte de mim deseja se submeter às correntes, a uma vida cativa e silenciosa. Mas eu já vivi uma vida assim, na lama, nas sombras, numa cela, num vestido de seda. Jamais serei submissa de novo. E jamais vou parar de lutar.

(A Rainha Vermelha)

Victoria Aveyard

Perguntaram-me por que eu sou “assim”... Então lembrei de uma reflexão de Pedro Bial que diz o seguinte: “A gente é o que a gente escolhe ser, [...]. Desde pequenos aprendemos que, ao fazer uma opção, estamos descartando outra, e de opção em opção vamos tecendo essa teia que se convencionou chamar 'minha vida'”. É isso, não tem segredo, eu sou o reflexo das minhas escolhas, eu optei por viver dessa maneira, pensar dessa maneira..., então sou eu quem decide se devo ou não mudar. Mas se for preciso, eu mudarei, não porque os outros exigiram, mas porque eu vi que era necessário. Todos sabem que quando fazemos escolhas temos um preço a pegar por elas, e acredite, eu pago muito caro por apenas querer ser quem eu sou... Mas francamente, cá entre nós, eu prefiro mil vezes caminhar sozinha e feliz comigo mesma, do que caminhar com milhões ao meu lado e infeliz por não poder mostrar minha verdadeira face!

Otaciana Cavalcante
865 compartilhamentos

Descobri hoje um grande poder oculto;
Um dom de fênix para renascer das minhas próprias cinzas,
Descobri que a estrada não acabou, ela só tomou um desvio...
“No meio do caminho tinha uma pedra”
Como em todo caminho tem uma perda
Eu dei o melhor de mim, lutei com as armas que sabia lutar
Fui derrotado, eu assumo.
Apenas FUI. Não sou. Não serei.
E agora?
Levantarei de novo, quantas vezes for preciso
Não usarei ninguém como espelho
Quero chegar à frente e ver minha própria imagem
O reflexo do que sou, do que fui e do que serei....
Como já disseram: “ Quem sempre vence perde a glória de chorar”.
O que seriam as grandes vitórias sem os grandes fracassos?
Etapas...Ciclos...
Eu sou o meu próprio motor de ignição
E cabe a mim e a ninguém mais a escolha
De ficar triste e ganhar pena
Ou ficar feliz e ganhar a própria glória...
E eu escolhi tentar outra vez...
Paciência...Sabedoria só se ganha com tempo.
E o tempo?
“O tempo não pára”
Se valeu apena?
“Tudo vale apena se a alma não é pequena”
“Que não seja infinito, mas que seja eterno enquanto dure”
“Os meus sonhos dependem de mim”
Usarei uma força que eu talvez nunca tenha
E direi o que quiserem ouvir, aqui dentro de mim só eu sei
Para o frio existe o calor
E essa chama até então desconhecida não permitirá
Que o frio permaneça ®

Jeffeson Cavalcante
1.8 mil compartilhamentos

Distúrbios de um monólogo interior

-Quem sou eu? Eu sou eu!
-Mas, quem é eu?
- O eu é eu
- Sou eu!
- Então, você é eu?
- Não, Você sou eu!
- Eu sou você?
- Não, você é eu!
- Mas, seu você é eu, então quem sou eu?
- Eu sou eu, você é você!
- Mas, se eu sou você, então, quem é eu?
- Você é você!
- Você não entendeu!
- Eu entendi sim!
- Não bobo, o Você sou eu!
- Eu vou matar Você!
- Por que eu vai matar você?
- Quem vai te matar é eu!
- Sou eu!
- Tanto faz eu e você agora somos nozes

Jefferson Cavalcante
40 compartilhamentos

Chorar pelo passado é uma perda de tempo para o futuro. Para que remoer lembranças, se você pode criar outras para se recordar amanhã e sorrir invés de chorar?

Larissa Cavalcante
135 compartilhamentos

“Os melhores amigos são como os três macacos: Um não te vê, mas te reconhece pela essência; Um não te ouve, mas entende o que você fala mesmo estando em silêncio;
E o outro não fala, mas sabe te escutar e te dizer as coisas mais lindas com a voz do coração ”.®

Jefferson Cavalcante
149 compartilhamentos

Obedeça ao seu coração! Mas faça isso de verdade, sem meias palavras ou meias atitudes, porque obedecer parcialmente é desobedecer.

(Trecho do livro O que realmente importa?)

Anderson Cavalcante
39 compartilhamentos

‘‘ Não existe feiúra ou beleza, bem ou mal, certo ou errado,
pessoas normais ou loucas, pobreza ou riqueza, melhores ou piores.
Existe apenas pontos de vistas diferentes, que são alimentados por seus
maiores e mais profundos desejos. ’’

Manassés Cavalcante
249 compartilhamentos

Que lingerie da Victoria Secrets o que. Não existe nada mais sexy para um homem, do que uma mulher que passou a ignorar Ele.

Camila Godoy

A distância de um amor!

Não há amor sem dor,
Não há sentimento sem renúncia,
Não há paixão sem riscos,
Não há ninguém que exista
Sem amar,
Sem amor,
Sem calor,
Sem dor,

Não há dias que não passem,
Não há tempo que desgaste
Aquilo que está em destaque

Um olhar, um sonhar, um pensar...

Não há despedida sem um novo encontro,
Não há encontro sem haver se despedido,
Mas a certeza é que não há fim
Porque seja pra onde vá, você está guardado em mim

Em minha vida,
Em meus pensamentos,
Em minhas lembranças

Porque sei que estás aqui, em meu interior…

Valdirene de Souza Cavalcante
244 compartilhamentos