Theodor Plievier

Cerca de 19 frases e pensamentos: Theodor Plievier

O mundo não poderá tomar um novo caminho se não conseguir uma união íntima da técnica e da moral.

Theodor Plievier
101 compartilhamentos

Não deve causar surpresa o fato de que as crianças nascidas fora do casamento sejam geralmente as melhores cabeças; são o resultado de uma hora espirituosa. Os filhos legítimos muitas vezes resultam do tédio.

Theodor Hippel
19 compartilhamentos

O bom casamento é um eterno noivado.

Theodor Korner
30 compartilhamentos

Nenhuma mulher considera o marido realmente inteligente se é ciumento; tenha ele motivo ou não para sê-lo.

Theodor Hippel
26 compartilhamentos

As mulheres são as primeiras educadoras do gênero humano.

Theodor Hippel
10 compartilhamentos

Uma mulher que se casa com uma jovem por dinheiro rebaixa a si mesma a categoria de concubina.

Theodor Hippel

O mesmo mal que possuimos dentro de nós é aquele que possuímos mais severamente nos outros.

Theodor Hippel

O casamento é feito justamente para cortar as asas da imaginação e trazer-nos à terra.

Theodor Hippel

Ouso afirmar que são os homens, e não as mulheres, os culpados pela maioria dos casamentos infelizes.

Theodor Hippel

O bom casamento é um eterno namoro.

Theodor Korner
19 compartilhamentos

A primeira vez que você vier a mentir e eu acreditar, a culpa será sua. A segunda, será minha.

Theodor Boehme

Chegará o dia em que talvez as máquinas pensem, porém elas nunca terão sonhos.

Theodor Heuss

O mais importante é ouvir a música da vida em qualquer lugar. A maioria das pessoas ouve apenas as suas dissonâncias.

Theodor Fontane

As pessoas falam que nada é impossível, mas eu faço nada todos os dias!

Theodor Rosyfelt

THEODOR ADORNO (ADORNO,THEODOR)
Filósofo e crítico musical, foi uma das figuras que mais contribuíram para denunciar a mercantilização que atinge a arte contemporânea. Foi professor na Escola de Frankfurt, constituiu o núcleo de uma linha original de pensamento filosófico-político desenvolvido por Walter Benjamim, Max Horkheimer, Herbert Marcuse, Wilhelm Reich, Jürgen Habermas e Adorno. A teoria crítica proposta por esses pensadores se opõe à teoria tradicional, que se pretende neutra quanto às relações sociais. Ela toma a própria sociedade como objeto e rejeita a idéia de produção cultural independente da ordem social em vigor. Adorno regressou à Alemanha em 1949, retomou a atividade docente e participou intensamente da vida política e cultural do país. Antes de sua morte em Visp, Suíça, em 6 de agosto de 1969, teve destacada e polêmica participação nos movimentos estudantis que sacudiram a Europa a partir de maio de 1968. Fundamentado na dialética de Hegel, Adorno imprimiu um conteúdo sociológico a seus escritos filosóficos e musicais. O jazz, a música, o teatro engajado e a literatura realista foram alguns dos objetos de reflexão escolhidos por Adorno para denunciar a mercantilização que atinge a arte contemporânea. O conceito de "indústria cultural" foi criado por Adorno para designar a exploração sistemática e programada dos bens culturais com finalidade de lucro. A obra de arte produzida e consumida segundo os critérios da sociedade capitalista se rebaixa ao nível de mercadoria e perde sua potencialidade de crítica e contestação. Produziu algumas das obras capitais do pensamento estético, como a "Dialética do esclarecimento" (1947), em colaboração com Horkheimer, a "Filosofia da nova música" (1949) e a inacabada "Teoria estética" (1970), na qual trabalhou até a morte.

Dicionário Filosófico
1 compartilhamento

Devemos amar o que é antigo, mas viver para o novo.

Theodor Fontane

Nenhuma inteligência consegue enfrentar uma tolice que está na moda.

Theodor Fontane
Inserida por thuliomtdc

Como ficou tarde tão cedo? Já é noite antes do entardecer. Dezembro já está aqui antes de Junho. Meu Deus, como o tempo voa. Como ficou tarde tão cedo?

Theodor Seuss Geisel
Inserida por yarazz