Quando o químico francês Antoine-Laurent de Lavoisier disse que "Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma", talvez ele estivesse descrevendo o futuro da Disney.

A gigante do entretenimento que em 2019 revive o clássico “O Rei Leão” em live action tomou a famosa peça de Shakespeare como grande…. Inspiração (se assim podemos dizer) para a trama do filme. Duvida? Preparamos um vídeo incrível explicando tudinho sobre a relação Rei Leão x Shakespeare para vocês. Dá o play aqui embaixo!

E vamos ao checklist de similaridades?

Infográfico Semelhanças Shakespeare e Rei Leão


Ser ou não ser Hamlet? Eis a questão

Que a Disney usa da literatura como inspiração para seus filmes a gente já sabe. É só pensar nos títulos mais conhecidos: Alice no País das Maravilhas, Peter Pan, O Corcunda de Notre Dame, Branca de Neve e os Sete Anões, A Pequena Sereia, O Ursinho Pooh: todos nascidos de livros ingleses ou americanos.

Se você sempre quis se aprofundar um pouco na clássica literatura inglesa do maior dramaturgo de todos os tempos mas sempre teve preguiça, ou receio de não entender nada… Seus problemas acabaram.

A boa sacada em Rei Leão é que a inspiração em Shakespeare não estava marcada no título do filme, nem mesmo nos créditos. Foi algo que os próprios telespectadores perceberam - e posteriormente os criadores do filme confirmaram.

O mesmo conflito interno que Simba tem antes de “querer mais é ser rei” o filho do Rei Hamlet também passa. É nesse contexto, aliás, que uma das frases mais famosas do mundo foi criada pelo mestre inglês: “ser ou não ser, eis a questão”.

Ser ou não ser Simba

Há quem diga, no entanto, que Hamlet não é a única fonte de criatividade na qual bebeu Mufasa, Simba, Nala e seus conterrâneos. Lançado em 1994, o filme também emula a situação política que vivia o país em que se passa a história: A África do Sul.

Na época de produção de O Rei Leão, o país estava saindo de um sistema de segregação racial conhecido como Apartheid, que colocou pessoas, no mínimo, ignorantes, no poder do país. Lembra algo, não? Um filho verdadeiro da nação sul-africana foi preso e proibido de comandar seu povo, mas décadas depois (justo em 1994, quando o filme foi lançado!) voltou à sua origem, tomou o poder, e foi eleito o primeiro presidente “legítimo” do país: Nelson Mandela. Tudo a ver com o que acontece em Rei Leão!

Esperamos que saia deste artigo sabendo muito mais sobre este clássico que marcou as nossas infâncias.