Se eu Morresse Amanhã

Cerca de 9 frases e pensamentos: Se eu Morresse Amanhã

SE EU MORRESSE AMANHÃ

Se eu morresse amanhã, viria ao menos
Fechar meus olhos minha triste irmã;
Minha mãe de saudades morreria
Se eu morresse amanhã!

Quanta glória pressinto em meu futuro!
Que aurora de porvir e que amanhã!
Eu perdera chorando essas coroas
Se eu morresse amanhã!

Que sol! que céu azul! que doce n'alva
Acorda a natureza mais louçã!
Não me batera tanto amor no peito
Se eu morresse amanhã!

Mas essa dor da vida que devora
A ânsia de glória, o doloroso afã...
A dor no peito emudecera ao menos
Se eu morresse amanhã!

Álvares de Azevedo
1.1 mil compartilhamentos

Se eu morresse amanhã, com certeza abraçaria todos os meus amigos, como se fosse o último abraço;
Beijaria com todo carinho meus familiares e pessoas que amo, como se fosse o último beijo;
Perdoaria de todo coração aqueles que me fizeram mal ou tentaram me derrubar, como se fosse o último perdão;
Viajaria para aquele lugar distante, com que tanto sonhava, como se fosse a última viagem;
Escutaria mil vezes a música preferida, como se fosse a última a canção;
Leria aquele livro que tanto admirava, como se fosse a última leitura;
Rezaria para agradecer a Deus tudo que ele tem me dado de bom nessa vida, como se fosse a última oração.
Enfim...
Se eu morresse amanhã, ia querer fazer tudo que gosto e aproveitar o hoje até o último momento.
Deus nos deu a grande oportunidade de vivermos nossa vida intensamente, sem que precisemos nos preocupar com o dia de nossa morte.
Então...
Que aproveitemos este HOJE ao máximo. Jamais deixando de fazer aquilo que poderíamos fazer hoje para amanhã.
Pois AMANHÃ pode ser tarde para nos arrependermos...

Desconhecido
3 compartilhamentos

Se eu findo amanhã!

Se eu morresse amanhã...!
Iria sorrindo.
Feliz por encontrar
Meu doce menino.
Em tua pele me encontrei
Acabei existindo
Em teus braços mergulhei.
Ah! Eu findo sorrindo.

Se eu expirasse amanhã...!
Fenecia sublime.
Transcendendo a qualquer ser
Porque a mim, nos teus olhos,
Alcancei ver.
E sem falhas pressenti,
O amor que já existe aqui
Ah! Eu feneço sentindo.

Se eu partisse amanhã...!
Ou hoje ou qualquer dia
Partiria feliz
Porque do puro amor
Minha alma também provou.

Ah! Eu termino divina.

21/02/14

Enide Santos
Inserida por EnideSantos

Se eu morresse amanhã?

E se eu virasse lembrança?
Se meu olhar não encontrasse mais o teu?
Se meu bom dia não existisse mais?
Se minha poesia fosse morta, como eu?
Se eu não lhe esperasse mais, todos os dias?
Se eu não pudesse mais te fazer bem, quando tudo vai mal?
Se eu não vivesse para presenciar um sorriso teu? Ele existiria?
Se eu não estivesse ao teu lado, para segurar tua mão?
Se meu perfume fosse somente lembrança? Seria tortura?
Meu beijo te faria falta?
Quem te ouviria por horas, só para te ver desabafar?
Quem riria do seu riso?
Quem preencheria essa vaga ao seu lado?
Eu preenchi?
Que de nós, sentiria mais saudade?
Como seria, dormir sem meu boa noite?
Se no seu mundo, eu não habitasse mais?
Quem cantaria para você sentir-se melhor?
Quem lhe escreveria poesias e canções?
Quem dançaria sem motivo, só para te ver sorrir?
Quem ficaria feliz em apenas ouvir teu riso?
Quem te conheceria, como eu?
Eu lhe faria diferença?

Kevin Martins
2 compartilhamentos

Diálogo antes do fim.

Ela - Então o que você me diria hoje se eu morresse amanhã?
Ele - Dizer eu não iria dizer nada, talvez poucas palavras, mas iria tomar algumas atitudes para tentar transformar os seus últimos momentos em instantes, quem sabe, inesquecíveis.
Ela - E que tipo de atitudes você tomaria?
Ele - Eu iria tomar a atitude de buscar te fazer feliz. Tudo bem que o propósito de "ser feliz" assume uma direção diferente para cada pessoa, porém, supondo que eu a conhecesse bem, eu iria realizar todos, ou quase todos os seus desejos. Além disso, eu iria te mostrar que a felicidade também não pondera estar somente em algo que você já conhece, que você já experimentou, mas, em algo que você um dia se pôs a pensar que pudesse se tornar realidade e nunca teve a chance, ou coragem de se prontificar a fazer. Por ser assim, eu apareceria do nada como o seu príncipe encantado, não com vestes de nobreza e tampouco com um belo cavalo branco, mas surgiria com todo o meu sentimento, com toda a minha sinceridade e com toda a minha vontade em querer fazer você se sentir feliz por amar e ser amada.

Alan Felipe Trindade de Moraes e Larissa
Inserida por alantrindade
1 compartilhamento

E se eu morresse amanhã? Quais teriam sido suas últimas palavras para mim? Teria feito algo diferente se soubesse que era a nossa ultima conversa? Sim. Eu sei que teria. Duvido que você iria permitir que algo que você ama, fosse tirado de você, disso eu duvido. Mas a morte não avisa, ela vem assim, do nada, e leva aquilo que mais amamos. Não te dá a oportunidade de uma última conversa, um último abraço, um último beijo, nem mesmo uma última palavra. E é por isso, que ao final de cada dia minhas palavras são sempre “Eu te amo”. Porque uma hora ela chega, e nos leva para nunca mais voltar.

Allan Moura
Inserida por Allanchio

SE EU MORRESSE AMANHÃ

Se eu
Morresse amanhã, morreria FELIZ

Pois estaria
Na calmaria do SILÊNCIO

Encontraria a paz que me FALTA
A serenidade necessária para
Descansar...

Nos sons mudos, tudo que um dia
Sonhei...
E não alcancei na TERRA gritante

Que muito me estressava
Roubando de mim a paciência
Dos dias.

Em tardes de verões, outonos e primaveras...
Nas quais
Eu amava reflexionar...

Meus alentos inconfessáveis, que muito soavam
Em meus pensamentos, como uma música repetitiva
Mais que me trazia alegrias ao coração.

Se eu morresse amanhã
Tudo em mim seria uma FESTA que outrora já não tinha!

Lourdes Sousa
Inserida por Lourdesousa2016

...E se eu morresse amanhã?

Depois de amanhã estaria ainda presente na vida;
Embora inerte, velado, ainda assim existiria;
Já não mais vivo, apagado, gelado;
Sem mais querer, nem visão;
Sem tocar, sem chamar, sem bater, sem pensar,
Só com o tal “Ai” por alguém que se foi!

Com sorte filhos encaminhados, crescidos, amigos...;
Vários dizeres dizendo estou subscrito em cada um;
Tornem efêmera a dor;
Que sempre tem o tamanho do amor;
Copiem-me, me leiam, me entendam;
Decifrem-me, tentem tentando!

Lamentos, dizeres bem ditos;
Exagero talvez, humano é que o fez (eu);
Descontem estes, do rol de meus erros;
Entendam meus fartos garranchos;
Terminem meus deveres consignados,
Atrapalhados, honestos, insofismáveis;
Tentem me ver pelo prisma
Que a doutrina me doutrinou;
Mas não façam ilações definitivas;
Façam funcionar a balança justa e precisa;
...Não vim trazer brigas;
Entendam meu ponto inicial!

Se é que vivi sem loucuras
Confesso, de fato não sei;
Ajudem a me definir, por favor,
Ajuda vem sempre a tempo;
Peço não deixem esse, gorar a razão
Num calor árido fustigar, respingando em vocês!

Trabalhem e vivam bastante;
Se encantem, sempre com os pés amigados,
Soltos mais rentes ao chão;
Pra correr, ficar, dizer não, por que não!
Reforço o pedido quase ensandecido;
Entendam meu ponto inicial!

Depois que o dever me chamar;
Para última volta axial;
Debulhem todas as respostas possíveis;
Joguem tudo naquela mesma balança...;
Quem sabe um ou outro desponte e se lance;
...Com sorte explique meu ponto inicial!

Como isso tudo são fatos inconclusos;
Conjecturas vãs num momento de pouca lucidez
Que não posso afirmar cem por cento;
Talvez tudo fique pra depois, do Depois...;
E se eu merecer “um extra da vida”;
Agradeço prometendo entender e explicar meu ponto final!

...E se eu não morrer??

marcos vinicio dias
Inserida por marcos_vinicio_dias
1 compartilhamento

E se você morresse amanha,qual seria o peso da sua vida na historia das pessoas que você ama?

Daniel C. Rezende
Inserida por Daniel00