Jorge Lescano

Cerca de 6643 frases e pensamentos: Jorge Lescano

Brisa de outono
Como flechas de sombras
Os pássaros voltam.

O amor e a literatura coincidem na procura apaixonada, quase sempre desesperada, da comunicação.

Não somos responsáveis pelas emoções, mas sim pelo que fazemos com as emoções.

Imóvel, o gato,
olha a flor de laranjeira.
Eu olho o gato.

chuva torrencial
sob a laje de concreto
um casal de pardais

no calor da sesta
imóvel, o gato vigia
o vôo da vespa

Sempre imaginei que o paraíso fosse uma espécie de livraria.

Parece-me fácil viver sem ódio, coisa que nunca senti, mas viver sem amor acho impossível.

Não odeies o teu inimigo, porque, se o fazes, és de algum modo o seu escravo. O teu ódio nunca será melhor do que a tua paz.

A democracia é um erro estatístico, porque na democracia decide a maioria e a maioria é formada de imbecis.

A esperança é o mais sórdido dos sentimentos.

Fazer o bem ao teu inimigo pode ser obra de justiça e não é árduo; amá-lo, tarefa de anjos e não de homens.

Hoje não me alegram
as amendoeiras do horto.
Me lembro de ti.

Fica-se enamorado quando se dá conta de que a outra pessoa é única.

O casamento é um destino pobre para uma mulher.

O livro é uma extensão da memória e da imaginação.

Sou

Sou o que sabe não ser menos vão
Que o vão observador que frente ao mudo
Vidro do espelho segue o mais agudo
Reflexo ou o corpo do irmão.
Sou, tácitos amigos, o que sabe
Que a única vingança ou o perdão
É o esquecimento. Um deus quis dar então
Ao ódio humano essa curiosa chave.
Sou o que, apesar de tão ilustres modos
De errar, não decifrou o labirinto
Singular e plural, árduo e distinto,
Do tempo, que é de um só e é de todos.
Sou o que é ninguém, o que não foi a espada
Na guerra. Um esquecimento, um eco, um nada.

Não há prazer mais complexo que o do pensamento.

Por vezes à noite há um rosto
Que nos olha do fundo de um espelho
E a arte deve ser como esse espelho
Que nos mostra o nosso próprio rosto.

O tempo é a substância de que sou feito.