Hoje eu acordei mais cedo

Cerca de 55 frases e pensamentos: Hoje eu acordei mais cedo

Hoje acordei mais cedo que de costume, minha vó varria o quintal, molhava suas roseiras e cantarolava...Vovó no auge de seus 81 anos de experiência, esbanjando disposição e vigor físico! Aproximei sorrateiramente, e me sentei na cadeira de fio, que fica na varanda, passado alguns minutos, ainda sem notar minha presença, fiquei a observar, admirando-a silenciosamente. Da canção passou a rezar, isso me chamou muita atenção, vovó que já passou por tanta provação ao longo desses anos, mantém uma fé inabalável. Exemplo pra mim de uma mulher batalhadora, guerreira, benevolente e fiel a seus propósitos, aquela que não se deixa abater, ainda que a vida a coloque por diversas vezes diante de circunstâncias difíceis, não é de se lamentar, sempre disposta a ajudar. Inúmeras vezes, nossas vontades era de pega-lá, coloca-lá no colo e a envolver num abraço, na certeza de protegê-la e acabar com o tormento da situação, mas vovó sempre ressurgiu forte, revigorada e acompanhada de palavras de sabedoria e sempre nos deu lição de vida! Obrigada por ser inspiração nossas de cada dia!

Mariana Faria Ortiz Lopes
Inserida por mariana_ortiz
1 compartilhamento

Contemplação

Acordei mais cedo hoje só para vê-la despertar.
E aos pouco, num bocejo preguiçoso o brilho dos teus olhos eu pude contemplar.
Num olhar discreto e um sorriso meio sem graça lançou teus olhos sobre mim,
Feita enamorada surpreendida pelo amado no embaraço de um tímido desarranjo.
Ajeitou-se como pode e arrumou no improviso os cabelos.
Deixou nossos lenções e envolveu-se em uma toalha já de saída para as águas matinais.
Desejei entrar contigo no chuveiro, mas aquele momento era só de contemplação.
E no anseio ao seu retorno eu quase enlouqueci quando a vi voltar.
A toalha, já umedecida, ditava os contornos do teu lindo corpo.
De fronte ao closet lançou mão do que lhe cobria atiçando em mim o instinto mais carnal,
E um a um, ia sobrepondo as vestes ao teu corpo.
De cada escolha, voltava-se para mim como quem busca minha aprovação.
Enquanto eu ainda a admirava,
Lentamente dirigiu-se para a penteadeira e lançou mão da caixinha de cores e batons.
Em suaves movimentos circulares, levemente, cobriu de tons sua pele clara e macia,
E como se pudesse, esforçava-se em embelezar-se ainda mais.
Num toque final, contornou de maneira suave e provocante os lábios com batom.
E para mim, embora a tua beleza natural dispensasse acessórios, outra face ali se fez,
Quase tão bela quanta aquela que encantou os meus olhos ao amanhecer.
Nem por um instante desviei meu olhar de você.
Despediu-se com um beijo e partiu levando consigo meu coração.

Edney Valentim Araújo

Edney Valentim Araújo

Hoje eu acordei cedo, bem cedo - o céu todo embaçado.
Fui limpar aquela pilha de cinzas largada no canto do meu coração,
E acabei descobrindo que tenho um nojo monstro de desilusões.

Desconhecido
2 compartilhamentos

"Acordei cedo hoje. Pulei da cama às seis da manhã, dei uma bela caminhada até a janela e voltei para a cama às 6H05. Fiquei dez minutos debaixo do chuveiro frio. Amanhã pretendo abrir a água"

Henry Youngman
Inserida por racheljp
1 compartilhamento

uloTit:ACORDEI CEDO,
AINDA ESTAVA ESCURO...
NO CÉU AINDA HAVIAM ALGUMAS ESTRELAS,
MAS EU JÁ SABIA,
QUE VOCÊ ESTAVA LÁ...
FAZENDO MAIS UM DIA AMANHECER ,
FAZENDO UM SONHO ACONTECER
BOM DIA ...SOL !!!
BOM DIA... VIDA !!!!
QUE A SUA LUZ E O SEU CALOR, VENHA FAZER O MEU DIA SER ILUMINADO E BRILHAR MAIS AINDA !
QUE VOCÊS TENHAM UM DIA DE PAZ, FÉ , ESPERANÇA E MUITO AMOR !
BOM DIA ' DEUS " !

Gilberto Braga
Inserida por Gilbraga
1 compartilhamento

Acordei cedo, meio tonta, ao olhar no espelho, não me reconheci...

Lembrei-me dos sonhos e de tantos dias passados, quantos sonhos já havia conquistado? Por que demora tanto, e por que a felicidade se faz apenas em tão curtos momentos? Dá uma saudade tão grande de ser feliz!

A todo o momento alguém fala comigo através de algum escrito ou fotografia, porém, a mensagem que mais consegui ler foi quando as olhei nos olhos e pude notá-las longe dos rótulos; vi tantas histórias e compreendi - se me atentar em um dia posso aprender tantas coisas que jamais imaginária, se não me manter segura meio as almofadas de meu umbigo, perceberei que o outro tem sentimento, e que seus olhos traduzem o que eu estava necessitando para continuar a escrever meus livros. Ah! Esses pequenos detalhes tão santos que me trazem a inspiração... Objetos e coisas, pessoas e sentimentos tão cheio de detalhes... Distraio-me de mim mesma ao observar o mundo, esquecendo-me dos anseios que em muitas vezes me tornam algoz.

Passei os olhos nas páginas de minha vida, tive medo... Poderia escrever minha biografia, daria um livro, no mínimo útil aos julgadores existentes entre o bem e o mal. Desisti. Não seria capaz de ver meus pedaços contados entre os becos e palácios; prefiro dizê-los nas entrelinhas de meus sonhos poéticos ou na brincadeira do inverso ao criar as personagens que realizam o meu sonho de ser o que eu nunca fui.

Penso em minha extensão... Como estou os criando - se já não estão criados, e mesmo assim, olho e vejo-os ainda tão pequeninos, fazendo ninho em meu ventre como se ainda estivessem no útero. Não pude fazer de meus filhos a realização dos meus sonhos perdidos. Dei a eles a escolha em ser aquilo que os fazem felizes. Compreendo isso por amor, pois sei que amar a um filho é não obrigá-lo a viver com as minhas mentiras.

Enfim... Foi uma manhã tremenda... Apenas vinte minutos de reflexão. Voltei ao ofício amado realizado pelo Microsoft Office Word, receptor de minhas barbáries secretas... Renasci... Refiz-me daquilo que meus olhos incrédulos não poderiam acreditar... Amar também deve ser assim - o acalento de uma fagulha capaz de salvar a vida inteira... A isto chamo escrever.

Adriana Vargas
Inserida por AdrianAguiar
1 compartilhamento

Acordei cedo, meio tonta, ao olhar no espelho, não me reconheci...

Lembrei-me dos sonhos e de tantos dias passados, quantos sonhos já havia conquistado? Por que demora tanto, e por que a felicidade se faz apenas em tão curtos momentos? Dá uma saudade tão grande de ser feliz!

A todo o momento alguém fala comigo através de algum escrito ou fotografia, porém, a mensagem que mais consegui ler foi quando as olhei nos olhos e pude notá-las longe dos rótulos; vi tantas histórias e compreendi - se me atentar em um dia posso aprender tantas coisas que jamais imaginária, se não me manter segura meio as almofadas de meu umbigo, perceberei que o outro tem sentimento, e que seus olhos traduzem o que eu estava necessitando para continuar a escrever meus livros. Ah! Esses pequenos detalhes tão santos que me trazem a inspiração... Objetos e coisas, pessoas e sentimentos tão cheio de detalhes... Distraio-me de mim mesma ao observar o mundo, esquecendo-me dos anseios que em muitas vezes me tornam algoz.

Passei os olhos nas páginas de minha vida, tive medo... Poderia escrever minha biografia, daria um livro, no mínimo útil aos julgadores existentes entre o bem e o mal. Desisti. Não seria capaz de ver meus pedaços contados entre os becos e palácios; prefiro dizê-los nas entrelinhas de meus sonhos poéticos ou na brincadeira do inverso ao criar as personagens que realizam o meu sonho de ser o que eu nunca fui.

Penso em minha extensão... Como estou os criando - se já não estão criados, e mesmo assim, olho e vejo-os ainda tão pequeninos, fazendo ninho em meu ventre como se ainda estivessem no útero. Não pude fazer de meus filhos a realização dos meus sonhos perdidos. Dei a eles a escolha em ser aquilo que os fazem felizes. Compreendo isso por amor, pois sei que amar a um filho é não obrigá-lo a viver com as minhas mentiras.

Enfim... Foi uma manhã tremenda... Apenas vinte minutos de reflexão. Voltei ao ofício amado realizado pelo Microsoft Office Word, receptor de minhas barbáries secretas... Renasci... Refiz-me daquilo que meus olhos incrédulos não poderiam acreditar... Amar também deve ser assim - o acalento de uma fagulha capaz de salvar a vida inteira... A isto chamo escrever.

Adriana Vargas
Inserida por AdrianaVargas
1 compartilhamento

Acordei cedo. Tomei um banho de coragem, me vestir de animo e passei a essência do amor. Assim começa o meu dia.

Gabriela Stacul
Inserida por GabrielaStacul
1 compartilhamento

Hoje acordei cedo para escrever....
Minha ansiedade de dizer o que sinto não me permite ficar na cama...
Me sinto em uma cama de pregos, quando meus pensamentos inquietantes começam a me procurar....
Minhas mãos desejam as palavras, como meu pensamento deseja da forma a obra dessa construção de idéias...

Wenner Áli
Inserida por wennerali
1 compartilhamento

Pra falar sobre o meu dia:
Acordei cedo pra arrumar o apartamento que eu acabei de pagar. Novinho em folha e feito especialmente pra mim. Tem como ser mais feliz do que isso? Você me ligou e disse que vem me visitar logo mais. Da pra notar que hoje eu acordei sorrindo, não é mesmo? Ah, mas se você demorar ou não souber chegar, não tem problema algum. Eu acabei me tornando mulher demais pra sofrer por isso. Ontem fiz mais uma nova tatuagem. Eu queria demonstrar pra mim mesma que só EU era dona do meu corpo. E sou louca sim. Faço tudo o que bate na cabeça. Coloquei outro piercing no septo e tenho certeza de que você não vai gostar nenhum pouco, mas não me importa. Acordei me achando mulher demais pra resolver os meus problemas de cara. E eu resolvi as redações que eu tinha que corrigir e vou dar aula. Vou dar aulas sorrindo e já imagino que vou encher os meus alunos de carinho porque eu sei que eles sim merecem. Me sinto uma mãe de verdade, mas sou apenas uma mulher que acabou de dar um passo em sua vida. Um passo de cada vez. Como uma vez eu escrevi: devagarinho se vai até Paris. Um dia eu chego lá. Beijos!

KarolAmorim
Inserida por KarolAmorim
1 compartilhamento

Retrospectiva...
Hoje, acordei cedo,
fui caminhar e na volta,
encontrei a saudade.
Me disse bom dia,
depois me abraçou
e perguntou quando eu voltaria.
Respondi rapidamente
que em alguns dias.
Ela então me disse
que onde quer que eu estivesse,
eu sempre a sentiria.
Disse que saudade,
sentimos bem antes de partir
e também bem depois
de concluir que a vida,
é como um álbum de fotografias.
A cada página virada,
há uma lembrança saudosa
seja da nossa infância
do primeiro amor,
e quem diria,
até do primeiro porre
para lembrar da cena ridícula,
mas inesquecível.
Depois, me disse que saudade,
faz o coração feliz,
porque mostra nessa retrospectiva
que a vida,
é esse acúmulo de tudo um pouco.
by/erotildes vittoria

Erotildes Vittoria
Inserida por erotildesvittoria
1 compartilhamento

Acordei cedo pra ensinar o sol como se deve brilhar.
Tímido, triste e escondido, nem atreveu a se assanhar.
Ficou tão envergonhado com o brilho meu, que nem apareceu.
Mandou no seu lugar uma chuva sadia, pra lavar minha ousadia.
(Moisés Remus)

Moisés Remus
Inserida por ElisabethCarneiro
1 compartilhamento

Hoje eu acordei cedo pra ir ao curso de inglês. Foi legal! Algumas pessoas vão pra o lado oposto da Califórnia. Andei achando que eu vou ficar uns meses sem conhecer ninguém e sem sair de casa. Mas depois lembrei que a minha melhor amiga vai viajar comigo. Na verdade, ela vai primeiro. Então, imagino que vou beber. Fiquei meio pensativa. Vou deixar minha família, meus amigos e você. Mesmo que você já tenha me deixado, eu ainda não te deixei. Ainda durmo com você todos os dias. Você ainda me aperta demais. Eu ainda nem tentei não pensar em você ou nem conversei sobre isso com alguém. Mas desculpa, dessa vez eu tenho que ir, mesmo que você vá comigo. Dentro de mim. Bem que podia ser na minha mala também. Mas o cachorrinho vai comigo. Ando meio maluca, vendo as horas passando e o dia chegando. Já quero me despedir de você. Já quero te explicar o quanto eu vou sentir muito mais a sua falta. Já imagino que um dia desses eu vou querer te ligar, morrendo de chorar e pedindo pra você me buscar em Los Angeles. Mas de verdade, eu espero que ninguém me passe o seu número. Isso seria ridículo! Você já anda vivendo muito bem a sua vida. E na Califórnia vai ser tudo lindo. Hoje no meu curso de inglês, me disseram que tem uma biblioteca na Califórnia onde você vai lendo os livros pelo computador. Tudo moderno! Mas eu ainda prefiro os meus livros. E já separei vinte e cinco que vou levar comigo. Um deles me fala sobre uma garota que não queria falar de amor, mas amor era o que ela já escrevia. Amor é qualquer sentimento bom sobre qualquer coisa. No final das contas, ela percebeu que amava escrever. E no final das contas, eu percebi que me viro e me enrolo toda sem você. Mas a vida vai seguindo. E eu ando muito atormentada. Eu tenho muita coisa pra comprar, muita coisa pra aprender e muita coisa pra te falar. Eu sempre deixo tudo em cima da hora ou engasgado. Meio caminho andado, posso dizer. Mas me contaram hoje que eu não preciso passar o dia com meu dicionário de inglês e eu vou começar a deixar ele de lado, depois eu deixo você. Uma coisa de cada vez.
Hoje eu aprendi demais no curso de inglês! #contandoosdiaspraLA

Kahamorim
Inserida por KarolAmorim
1 compartilhamento

Certo dia acordei cedo e fiquei pensando na vida...apos alguns minutos parei pra analisar que o sonhos de muitos eh ser bem sucedido ou ter dinheiro...porém parei e refleti,dinheiro n eh nem nunca será sinônimo de felicidade,eh soh necessidade,o verdadeiro sonho eh ter um amor verdadeiro e com ele constituir uma família...em que a cada fim do dia seria uma vitória para esses pais...isso sim n tem preço...

Erick Pacheco
Inserida por ericktramits
1 compartilhamento

Hoje acordei cedo agradeci a Deus pela minha vida , pelo abrir dos olhos , pelo bocejar , pela minha família e meus amigos.
Agradeci também a Deus por as oportunidades que tem me concedido pela paz , saúde e pela fé.
Nossa vida se resume em poucas coisa saúde , fé , trabalho , família e amigos e tudo isso eu tenho!!!
Então percebi tamanha riqueza em minha vida!!! Não estenderei um discurso pois não sou politico , mais na vida á riquezas tão significativas do que bens materiais.
Bom dia "PEN"

Paulo Elias Nunes
Inserida por Pauloeliasnunes
1 compartilhamento

Qual é a sua história?

Hoje acordei cedo, tomei o meu banho matinal e saí. Andei por toda a cidade, fotografei alguns parques, observei detalhes. Não entendo por que dormimos até tarde, o clima da manhã é tão fabuloso.

Sentei num daqueles bancos de praça antigo - madeiras envernizadas com verniz marítimo, as partes de ferro (com alguns sinais de oxidação) bem torneadas e com pequenos detalhes delicados, como a moldura de um camafeu antigo. Quem será que já sentou-se nesse mesmo banco?

De lá observei uma mulher de altura mediana, morena, cabelos curtos e cacheados. Bem vestida. Bem acompanhada. Mas não notei sequer um sorriso daqueles lábios finos e meio pálidos. Então, qual é a história dessa mulher, por qual motivo ela não sorria - sendo ela tão linda, bem vestida e com boas companhias?

Levantei e voltei a caminhar, a fotografar. Olhei pra cada pessoa ao meu redor - Por que diabos fiz isso? Quem faz isso? - e várias perguntas surgiram. Quem são essas pessoas, de onde vieram e para onde estão indo?

O que quero dizer é que cada um de nós temos uma história. Eu olhei pra cada pessoa e imaginei elas quando eram bebês, quando deram seus primeiros passinhos ou quando deram o seu primeiro beijo, quando namoraram pela primeira vez, quando se tornaram adultos, quando conseguiram o seu primeiro emprego ou como a vida foi dura e complicada. Essas pessoas são o que elas queriam ser, trabalham com o que sonhavam, se casaram (ou não) porque estava nos planos? Quem eram essas pessoas, como foi a vida delas e como está sendo? E aquela mulher que eu disse lá no início, talvez ela não seja feliz por algum motivo.. quem dera eu pudesse tê-la conhecido para saber um pouco sobre sua história.

E acho que isso é um pouco do que falta nas pessoas: vontade de conhecer outras pessoas verdadeiramente. Depois dessa explosão de tecnologia e redes sociais, a comunicação se tornou muito rápida e, talvez, monótona justamente por ser rápida demais. Que saudade de sentar para tomar um café e prosear por horas e horas, ir embora já com vontade de voltar a prosear e me lembrar que daqui uns dias ou até mesmo semanas eu tenho mais coisas pra contar e pra ouvir, talvez com essa mesma pessoa que eu sentei pra tomar um café.

Eu também tenho a minha história e poucas pessoas perguntam sobre ela - na real eu prefiro ouvir histórias de outras pessoas do que contar a minha própria. E vocês, qual é a história de vocês? Como eram quando bebês, na infância, na adolescência... AGORA? Como era a característica do seu sorriso ou o seu modo de andar? Cada um tem a sua história, pretendo levar comigo um pouco de cada que eu conhecer.

Jéssica Calaça Lima
Inserida por jesslimagyn
1 compartilhamento

Hoje eu acordei cedo disposto a dar uma lida em Direito Constitucional e, na altura em que José Afonso da Silva diz ser "na democracia que a liberdade encontra campo de expansão", extasiado por tal constatação, pego meu copo de Coca-Cola estupidamente gelado e encontro dentro dele um condor. Sim, um pássaro condor que não estava ali a toa e que me remeteu imediatamente à terceira fase do Romantismo brasileiro, e me fez lembrar de Castro Alves com sua poesia libertária influenciada por Victor Hugo. Então lembrei-me dos escravos, da liberdade ao inverso naqueles navios negreiros, dos miseráveis dos dias de hoje que ainda ontem dormiram nas ruas suportando a chuva fria que caía, e abri a janela e disse ao condor: voe, pois só tu és livre.
Ele se foi, rumo às Cordilheiras dos Andes onde é o seu lugar. E quanto ao copo de Coca-Cola, fiquei feliz por não ser um rato...

Hugo Pires
Inserida por Hugopires
1 compartilhamento

Acordei cedo, meio tonta, ao olhar no espelho, não me reconheci...
Lembrei-me dos sonhos e de tantos dias passados, quantos sonhos já havia conquistado? Por que demora tanto, e por que a felicidade se faz apenas, em tão curtos momentos, que de me lembrar, dá uma saudade tão grande de ser feliz?

Adriana Vargas
Inserida por AdrianaVargas
1 compartilhamento

Hoje acordei cedo, e quando dei por mim já estava à rua, estava a fazer umas caminhadas matinais. Sobe, desse, ruelas, avenidas, e uma brisa passava, quando bateu uma brisa mais fria, uma saudosa brisa, e ‘flashes’ do passado corriam, fui atrás, quando os passei e via suas faces tomei um susto. O medo andava entre todos bem escondido, a angústia era a mais veloz, a tristeza era mais lenta e corria pouco por que demorava passar, o amor perdido era de uma frieza nórdica, vagamente cheguei a vir outras lembranças porem não menos importantes. Quando fui alcançado por amigos que me ampararam do susto e com um choque em ‘220v’, me acordaram daquilo que por hora se tornará pesadelo, suspirei duas vezes e percebi que andei por meu próprio coração.

Ismael Azevedo
Inserida por MaelAzevedo
1 compartilhamento

LAURA
Era manha de domingo
Acordei cedo fui lê aquele velho livro ao som das águas do mar
Sempre lhe via passar, caminhando no calçadão de forma espojada, mas parecia estar com o raciocínio trabalhando constantemente... Passava ali naquele mesmo horário todos os dias eu já não ia, mas para lê e sim vê-la.
Nesse dia foi diferente
Hoje o livro por algum motivo que eu não me lembro qual, estava mais interessante por isso passei a prestar menos atenção, já que meus olhares diários não eram correspondidos
Até que ouvi um suntuoso: bom dia!
Escutei aquela voz que ousava me interromper na minha leitura diária e respondi: _ Bom dia!
Quando olho aquela menina, mulher de perto, estávamos tão próximas que meus sentidos ficaram atordoas diante daquela presença a qual desejava há tanto tempo ao meu lado
Seu olhar finalmente correspondeu ao meu e foi de uma intensidade inexplicável que me dizia mais do que ela mesma podia imaginar, me sorria de forma faceira e intrigante sabia o que causava em mim.
Os meus pensamentos todos os dias lhe deu um nome diferente, era ora de desvendar esse mistério
Então, quebrei o silêncio: qual o seu nome?
Sem desviar o olhar ela respondeu: LAURA
Oh! Laura foi assim que te conheci
Admirei-te tanto e por um tempo que será indeterminado
Laura me perdoe pela despedida que é tão dolorosa, mas é necessária
Não sei ser de uma só pessoa por muito tempo
Não me julgue! Te peço não me julgue
Não sabes a dor que é ser do jeito que sou
Laura, que nome lindo e como tu és bela
Me encanto toda vez que você sorrir pra mim dessa forma
LAURA: “_Você partiu meu coração!”
Não diga isso, quando te conheci não sabias o que era o amor
Hoje tens amor de sobra dentro de te
Hoje é por mim
Amanha será por outra pessoa
Minha queria não é o fim
Depois verás que não é o fim
Há muito mais lá fora do que podes imaginar
Te dei só um aperitivo
Agora vai e descobre onde estar tua sobremesa.

Lilaslm
Inserida por LILASLM
1 compartilhamento