Julianna Galvão: Existo sem amor, existo sem família,...

Existo sem amor, existo sem família, sem amigos, existimos sim. Mas viver é com tudo isso, pois de todo modo sem tais reticências somos curtos demais, ambíguos de menos, fáceis e simples, legíveis. E se só existindo, a felicidade ainda for fabricada, seria de fato uma pseudofelicidade.

1 compartilhamento
Inserida por juliannagalvao