Agatha Prado: A rapsódia do homúnculo simplório...

A rapsódia do homúnculo simplório Essa pluralidade do ser,por outrem tão tenazmente alicerçada,à mim é só um séquito de angústia existencial,confirmada pela pró... Frase de Agatha Prado.

A rapsódia do homúnculo simplório

Essa pluralidade do ser,por outrem tão tenazmente alicerçada,à mim é só um séquito de angústia existencial,confirmada pela própria porosidade dos alicerces e isolação física dos mesmos,que os faz singularmente autônomos pela sua própria gemeotria plenamente completa por si só,e paradoxalmente monodimensionada. Estruturas estas cuja robustez aparente,decerto oculta tão frágil matéria-prima de estabilidade dubitável. É um tanto risível a temerosidade destes homúnculos crédulos,ante a solidão do monólogo existencial e absurdo que a vida deveras é,vendados pela pia crença da perpetuidade do sustentáculo de terceiros,assinam o nome na lista de existência,mas encoleirados pela própria crença não alcançam a lista de vivência. Bailando ébrio no horror da penumbra de sua imagem sem reflexo e caricata,segue desviando as próprias poças de vômito e claudicando os passos miseravelmente.

1 compartilhamento
Inserida por AgathaPrado