Agatha Prado: Quando a paixão arruinou minha virtude...

Quando a paixão arruinou minha virtude Uma rica e impenetrável casca minha recém-nascida sabedoria inda miúda precipitou-se em sintetizar, para não ser infestad... Frase de Agatha Prado.

Quando a paixão arruinou minha virtude

Uma rica e impenetrável casca minha recém-nascida
sabedoria inda miúda precipitou-se em sintetizar,
para não ser infestada e estragada por pragas.
Mas como poderia ser profetizado,que nas peripécias
de sua puerilidade,haveria ela,de distrair-se
engatinhando e brincar com a erva daninha.
Ora,alterastes o rumo nobre de minha estimada virtude,
e agora tu altiva lombriga,ousas partir de chofre?
Miserável,és digna de um ácido vermicida,
desintegrar-te-ei com o meu mais lento veneno,
e padecerás ao meu lado,não te vás!

1 compartilhamento
Inserida por AgathaPrado