Agatha Prado: PEÇO INDULTO À MINHA RAZÃO Enforquei...

PEÇO INDULTO À MINHA RAZÃO Enforquei minha estimada razão recentemente,e agora o escrúpulo me tortura,grita minha pusilanimidade aos ventos,e erubesço-me ante m... Frase de Agatha Prado.

PEÇO INDULTO À MINHA RAZÃO

Enforquei minha estimada razão recentemente,e agora o escrúpulo me tortura,grita minha pusilanimidade aos ventos,e erubesço-me ante minha negligência ao reprimir os instintos mais primitivos. Agora cuido de minha preciosa com todos os devidos obséquios,inda mancando anda ela titubeante,remendada de curativos e por inteira dolorida,não obstante,ela sorri-me docemente em sua convalescença. Ah,como amo minha razão; ela há de me perdoar.

1 compartilhamento
Inserida por AgathaPrado