Yasmine Pinto Rodrigues Gomes: Calado,e com um silêncio que renuncia...

Calado,e com um silêncio que renuncia milhões de palavras que poderiam me agradar para enfatizar o nada que sempre me surpreende. Você tem em algum lugar todas as medidas, fórmulas, e possíveis cálculos matemáticos precisos sem margem de erro sobre mim. Não que eu deteste flores, mas nunca esperei ganhar de você e mesmo assim não houve em nenhum outro momento da minha vida que alguma rosa me desse a alegria do seu olhar e alguns poucos gestos. E quando conversamos, coisa que fazemos durantes horas sem esforço algum, consigo enxergar em você tudo o que você não quer mostrar, mas eu vejo. Cada palavra dita é tão importante que nem mesmo uma terceira guerra mundial poderia tirar o meu olhar da sua boca e toda a minha inteligência do seu raciocínio. Poderia ser uma história de amor em que um dia eu te escrevesse uma carta, mas você mesmo sabendo receber afeto não é uma pessoa que uma mulher deve se apaixonar, sem desmerecer seu caráter, é que você é tão bom e me trás tanta paz, que posso simpesmente te admirar, e porque te entendo,e te respeito, sempre preferi ver você livre, aonde as vezes tiro algumas horas do meu dia para observar o que você faz sem a minha presença. E não há conto de fadas, promessas ou poemas mais bonitos, simples, e emocionantes do que cada momento que tivemos juntos... mesmo com todo esse espaço que sempre nos demos ainda, quero acordar com você de manhã.

4 compartilhamentos
Inserida por yahbrasil