Leonardolnm: Ela não volta. Jamais voltará. Nunca...

Ela não volta. Jamais voltará. Nunca mais. Provável que nem mesmo exista um diálogo a mais. Se sentisse um fiapo de qualquer coisa não teria feito o que fez. O humano se ressente em matar algo bom dentro de si.

Se o pesar é do tipo "não quero que você se sinta mal" centrado no outro, então intrinsecamente não há ligação. Pois com a força que avançamos sobre o bem-estar do amante não correspondido, não avançamos sobre o nosso bem-estar. Se a decisão envolver um "isso me fará mal" ela não será tomada. Mais fácil dispensar.

O lixo não é algo bom, então não há apego. Você apenas joga para longe, pois aquilo não pode ser um peso em sua vida. É apenas lixo - não há vínculos, não há pesares em descartar o que é inútil e atrapalha.

O ser rejeitado, não no sentido ontológico, mas no sentido contextual dentro de uma relação, não passa de lixo. Uma massa disforme na qual o seu afeto deve por as mãos.

Por que de nosso pedestal, de nossa superioridade, hemos de tocar nossas mãos jubilosas em algo tão ínfimo e desesperançoso. É cruel dar-lhes esperança.

2 compartilhamentos
Inserida por Leonardolnm