Professor Galvão: Não vivo em busca de coisas, de grana,...

Não vivo em busca de coisas, de grana, de sucesso, de enfeites abstratos.
Busco o meu cerne. Meu melhor.
Busco pessoas pra amar, pra dedicar meu carinho.
Pessoas que merecem pois nunca nos tiram o direito de sermos pessoas.
Busco atalhos onde muitos se perdem.
Gosto de concluir, de terminar algo começado.
Gosto de riscos, de incertezas, de lutas.
Não sei ser diferente.

1 compartilhamento
Inserida por galvibest