Pr. Gersé Jordão da Silva: O ídolo só tem o poder que nós lhe...

O ídolo só tem o poder que nós lhe atribuímos, pois ele de fato “nada é no mundo” conforme diz o Apóstolo Paulo em 1Co 8.4.
Os que fazem ídolos e/ou promovem o seu culto “nada são” (Is 44.9). Ou seja, à luz da Bíblia, quem fabrica imagens ou quem promove o seu culto “nada são”.
Na matemática Bíblica e Divina, quem adora imagens, as quais “nada são” (1Co 8.4) torna-se igual a elas = “nada” - (Is 44.9). Ou seja, “0” = “0”.
Não é verdade que existam cultos aos santos e/ou imagens (dulia = “culto de veneração prestado aos Santos”*) e à Virgem Maria (hiperdulia = “a veneração especial dedicada à Virgem Maria”*) que sejam aceitos ou permitidos por Deus, pois Deus exige culto somente a Ele. É Ele quem diz: “Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura.” (Isaías 42:8 - ACF). Uma vez que a Bíblia é a verdade revelada de Deus à humanidade, importa ficar com ela e não com as “tradições humanas”, as quais segundo Jesus anulam a Palavra de Deus. Vejam o que Ele disse: “Dessa forma, invalidais a palavra de Deus pela vossa tradição que transmitistes, como também fazeis muitas outras coisas semelhantes.” (Mc 7.13).
* Fonte: Wikipédia

1 compartilhamento
Inserida por PASTORJORDAO