Ivo Terra Mattos: quando não houve mais razão para a...

quando não houve mais razão para a minha voz, meu silêncio
permaneceu.
não havia justificativa para a negação. protegia quem de quem?
nada sabia de palavras segredadas, ditas dentro dos abraços, que ficam guardadas na alma e que nunca mais se apagam,
nada sabia da luz das estrelas que brilham dentro dos olhos, uma vez só e permanecem para sempre .
triste não saber nada disso,.
destruiu tudo de um tempo. Ivo Terra Mattos

1 compartilhamento
Inserida por IvoMattos