Robertoauad: A única coisa boa desta opereta é que...

A única coisa boa desta opereta é que vi nas suas baixarias e sacanagens, como sua vida é vazia e de uma infelicidade gritante, até o sorriso é falso, pois com o tempo eu vi o tanto que ele reflete sua tristeza e aí entendo o motivo de tanto desespero, pois sabe que mesmo cercada da multidão vc é um ser triste e só, por isto está vida. Eu tenho pena, mas é o único caminho que vc conhece.
Naquele dia, a luz de uma lua cheia, exatamente ás 030 da madrugada do meu destino, do nosso destino,.a tirei da mesa do bar do bolão e fomos à praça de santa tereza e começamos desvairadamente a dançar.Cantávamos e confesso, mesmo que sem muita convicção que depois de quase 3 décadas havíamos, reencontrado o gosto o prazer de um beijo que nunca esquecemos.
Naquele momento, um hiperfínio em estado fundamental
o exato instante da quebra do átomo de césio, eu percebi,
como se não fosse inerente ao ser, eu...
havia percebido tanta dor
tanta...
que eu deveria desaparecer, um sumir para o sempre
naquele breve hiperfino. nos passos da valsa ao som de in the rain
eu soube, que nunca mais seria dela.

1 compartilhamento
Inserida por robertoauad