Agnaldo Mesquita: Não lamentarei o que eu poderia ter...

Não lamentarei o que eu poderia ter feito no passado, e não fiz! De certa forma o passado me forneceu o chão e o ar essencial, que me trouxe até aqui... Não me castigarei por ter errado... Meus tropeços grandes e pequenos me ensinaram a discernir os vários tons de cinza que separam o preto do branco... Não me cobrarei pelo que eu não podia dar naqueles momentos e circunstâncias... Quero viver um presente livre; com menos cobrança e idealização de um projeto humano de perfeição; quero arriscar no convívio com gente menos santa. Desejo ser amigo de gente que outrora eu me mantinha distante... Obrigado Deus, pela a oportunidade de mudar e tentar ser melhor todos dias...

1 compartilhamento
Inserida por AgnaldoMesquita