Guilherme Câmara: A TURMA DO BEM E A POLÍTICA DO...

A TURMA DO BEM E A POLÍTICA DO PHOTOSHOP:
Despolitização a serviço da ofensa PARLATÓRIO POLÍTICO SEM NENHUM CONTEÚDO, vivemos tempos difíceis em nossa Cidade, principalmente no debate político onde não existe troca de idéias e respeito a opiniões diferentes e sim OFENSAS. Cada um defende seu ideário político, e usam como armas suposições típicas dos discursos da extrema esquerda contra seus adversários que não concordam com suas idéias.
Nesse contexto, um tipo de ação política desagradável é utilizado por intermédio das redes sociais ,especialmente do Facebook , “a política pelo photoshop”. O método é simples utilizado pelas militâncias da base do executivo e seus cargos de confiança, muitas das vezes, um “artista” anônimo, normalmente apoiado e cacifado, faz uma arte com o Photoshop, colocando uma foto agressiva ridicularizando, debochando e humilhando seus adversários, uma meia dúzia de palavras e postada nas redes sócias.
Em questão de segundos, os cargos de confiança e seus aliados renumerados ou não, e outros envolvidos na disputa política que têm interesses ocultos em favorecer a atual administração, compartilham a “arte” feita as pressas, cujo os comentários geralmente fazem relação aos ataque na arte mambembe. Sinto muito ser um chato, mas tal procedimento nada mais é do que uma forma de emburrecer o debate político.
As pessoas não querem mais pensar e recusam-se a formular argumentos, pior, utilizam as artes montadas para insultar e humilhar, muitas das vezes, sem o mínimo de conhecimento daquilo que está escrito. A ploriferação do debate político via Photoshop ou Corel Draw é apenas um sintoma de um povo despolitizado, que se recusa a lutar por seus direitos e considera muito melhor pegar idéias prontas. Não há espaço para a reflexão ou troca de idéias.
Pare e pense! Será que essas artes, esses arquivos prontos, seriam tão populares se a maioria da população, inclusive os formados em nível superior, dedicasse um período do dia para ler jornal, acompanhar os sites dos órgãos municipais, ler uma revista? Faço um desafio a você que utiliza as redes sociais: Ao invés de compartilhar a primeira arte que ver pela frente, que tal perder um tempo em ler um artigo, um projeto ou até mesmo escrever um texto baseado em suas pesquisas ou qualquer enunciado que mostre realmente o que você pensa em termos político?
Se você tomar esta decisão, você vai colaborar com seu crescimento, e também ajudará a melhorar a cultura política de nossa cidade.
Você escolhe: Ou faz política, ou será feito por ela!

1 compartilhamento
Inserida por guilhermecjr