Fabio George Oliveira: ACRÓSTICO DE UMA SAUDADE L= Lágrimas...

ACRÓSTICO DE UMA SAUDADE


L= Lágrimas correm dos olhos do nosso país ao testemunhar incomensurável drama;
U= Unidos estamos, e em oração, para que o Senhor zele pelas vítimas;
T= Tristeza imensa sentimos em demasia;
O= Oh, Senhor, tende piedade, e roguemos sempre para que a natureza retroceda com o Teu Divino Poder e seja, de volta, o Teu espelho;
P= Por isso escrevo esses sentidos versos ao contemplar minha pátria padecendo de uma calamidade;
E= Eu fico de coração em estilhaços ao ver a alacridade de um lindo rio converter-se em um vil e malfazejo lamaçal;
L= Lindo rio que, com toda certeza, irá deixar saudades;
O= Os homens que trabalham para salvar o que podem e o que restaram da melancólica ruína no rio, esses sim, são abençoados heróis;
R= Rico e abençoado espelho de Deus, chamado Natureza, ...Não seja ela jamais um mártir de todo e qualquer tipo de extermínio;
I= Idolatrado e bem cultivado seja tudo o que é belo e prodigioso neste tão belo, no entanto tão sofrido mundo dos dias atuais;
O= Onde houver trevas que o Senhor Nosso Pai há de levar a eterna luz para a natureza que é sagrada e repleta de encantos;
D= Deus, em Sua infinita bondade, rogai e hei de sempre velar pelas vítimas desse tão melancólico incidente;
O= O amor de Deus é maior que tudo, e tenho certeza: tem infinito poder e é capaz de findar adversidades e tristezas, e dar forças rumo à felicidade e a vitória pelo bem do mundo;
C= Catástrofes como esta? Não queremos jamais!
E= E que impere sempre a proteção, o poder e o amor de Deus. E que o Senhor vele pelo saudoso e lindo Rio Doce.

1 compartilhamento
Inserida por Fabao73