Professor Galvão: Sou remendo do mesmo lado da dor. Sou...

Sou remendo do mesmo lado da dor. Sou versículo de um poema sem rima, Angústia do medo sentido, carência de uma coragem ausente. Sou cego que vive a luz da noit... Frase de Professor Galvão.

Sou remendo do mesmo lado da dor.
Sou versículo de um poema sem rima,
Angústia do medo sentido, carência de uma coragem ausente.
Sou cego que vive a luz da noite escura.
Sou a pressão de resultados , a calmaria do tanto faz.
Sou a mansidão do tudo na inquietude do nada>
Sou desejos, vontades, Nexos do óbvio.
Sou prazer, sou razão, sou sonho, sou real.
Sou eu que me acho eu.
Sou o que posso ser querendo o que quero ser.
Sou a vírgula em uma linda estrofe de amor.
Sou presente, sou futuro.
Sou amor.

1 compartilhamento
Inserida por galvibest