Rafaela Hipólito: Não sei mais fingir quando algo me...

Não sei mais fingir quando algo me mágoa. É diferente porque, anos atrás poderia facilmente me camuflar de durona, fingir insignificância na situação e simplesmente não olhar para trás. Hoje não! Por uma questão de integridade e honestidade comigo mesma, fingir é um ato infantil às vezes, e dependendo da situação só acontecem perdas. É infantil olhar para trás e ver que por mais estúpida fosse, a única prejudicada era eu. De fato estava perdendo sentimentos meus que poderiam ser dados e fechando portas para sentimentos entrarem. Sabe, todos nós temos um limite, para tudo. Limite para abrir portas e fecha-las. É muito fácil condenar alguém por nossas frustrações, mas é justo e deveria estar escrito no livro da lei da vida o antidoto de como pelo menos, amenizar a frustração. "Se não é culpa do outro, porque é minha?" Posso parecer ser forte o suficiente para enfrentar qualquer situação e sou, mas como todo herói tem seu ponto fraco, também tenho porque sou ser humano. Sabe o que é o pior e mais sujo no ser humano? Não respeitar a fraqueza do outro. Quando se esta há muito tempo com alguma pessoa, todos ou a maioria de nossos segredos são compartilhados, porém quando esse laço evapora, o segredo torna-se solido, com isso, os segredos são compartilhados para qualquer pessoa com o intuito de destruir os sentimentos da mesma. E é errado não respeitar o outro. É errado brincar com o outro. Uma coisa é você ser capaz de ser feliz com apenas uma pessoa, outra coisa é você acreditar que não vale a pena investir em uma pessoa. Hoje em dia esta difícil manter relacionamentos íntegros, pelo simples fato de sermos pessoas.
Acredito que o tempo passa muito rápido, tão rápido que olhar para trás se torna uma tortura se você não pode realizar tudo o que deseja ou não consegue. "Por que não fiz?" "Por que fiz?" "O que deveria ter feito?" "Tarde demais?". Aprender a conviver com esses questionamentos é melhor de que conviver com eles, acreditando que a vida em seu presente é inútil. Infelizmente algumas coisas só podem ser conhecidas quando outras se apresentam, e uma ação gera uma consequência. Por mais que o nosso organismo tenha total controle sobre o nosso tempo individual, ainda temos a capacidade de controlar muito de nossas ações, e quando isso não é possível, a melhor solução é pedir ajudar para uma pessoa que compreenda e entenda que tudo o que acontece de ruim, faz parte desse ciclo de vida e que nunca deixamos de ser crianças, a única diferença é que não temos mais pais, alertando sobre os perigos, por que definitivamente, é vivendo que se aprende.

1 compartilhamento
Inserida por pensamentoshc