Andrew Amaurick: Raras vezes pensamos com amplo domínio...

Raras vezes pensamos com amplo domínio de causa, de lugar ou estações, nossas articulações pessoais nos levam voluntariamente à estaca zero, ao nada mais inesperado, por vezes taxados de loucos, embora saibamos de nossos descontroles, não paramos de surtar a medida em que os segundos, minutos e horas passam. acompanham-nos as dúvidas, as sórdidas especulações e as fatídicas omissões , enquanto a razão emite sinais de desgaste, nossos sentimentos aparelhados, amotinados sobre loucuras, nos guiam involuntariamente ao caos das verdades e medos que nos são impostos, vida indevidamente moldada, inconsequentemente gerida por seres pacatos, dotados de inteligência mutante e descobertas constantes, não somos maquinas perfeitas, somos bons repetidores, a grande sacada da sobrevivência humana é impregnar-se do capitalismo feroz, e investir em coisas, ao longo deste processo nos daremos conta de que somos apenas investidores e colaboradores desta grande organização que é a vida, sem planejamento e sem estrutura, somos "capital humano" somos moeda de troca, senhores sobreviventes.

1 compartilhamento
Inserida por contexto