João Botelho (eu): Flores de Cerejeira Estou indo embora,...

Flores de Cerejeira

Estou indo embora , meu amor
Sinto a tua presença de muito longe
Sinto o teu cheiro , o teu sorriso
Querendo ou não.. eu consigo...

Roubaste-me o coração e
Roubaste-me o sorriso e
Roubaste-me as esperanças e
Roubaste-me os sonhos ...

Tudo oque me roubaste diz-me
Para que os queres , porque não
Me os devolves , porque não?
Estou sendo egoista , por favor diz-me!

Meu coração é insano
Ele te ama a cada segundo
Ele aponta para ti quando estás perto
Ele ganhou de ti uma droga viciante

Campos de flores , vales do paraiso
Porque é que que me convidam para
Um baile todos os dias ao luar com
Uma princesa que me roubou tudo?

Ai! Quem me dera poder viver sem coração,
Quem me dera poder seguir sem ti, princesa,
Vou abandonar meu coração aqui , e fugirei para longe
Para que ele possa te amar , mas não em meu peito !

Estou partindo para longe , meu amor
Enviar-te-ei cartas com fotos do meu sorriso
Enviar-te-ei essas cartas num Pássaro insumerável
Estou indo ter com as Flores de Cerejeira , meu amor

Espero que não me esqueças
Porque mesmo sem meu coração
Eu sempre te amei sem precisar dele
Porque não existem olhos mais belos que os teus...

Fui.

1 compartilhamento
Inserida por SuicideSilence