Wladimir Carvalho, 2011: Mulher... Já ouvi tantas palavras...

Mulher... Já ouvi tantas palavras soarem bem, mas "mulher" soa diferente. Vem carregada de uma bagagem de sentimento... Os mineiros que me desculpem mais como dizia minha mãe, é horrível ouvir essa palavra dita como "muié", faz mulher parecer um animal, bicho ou objeto qualquer. Mulher, senhorita, moça, menina, namorada ou esposa, qualquer coisa soa mais harmônico, mais bonito e respeitoso não é verdade? Principalmente quando se troca as bolas e se chama uma senhora de moça, menina de senhorita ou senhorita de garota. Você já deve ter arrancado sorrisos sem querer fazendo isso. O respeito no chamado é a firmeza do tratamento, no jeito de se referir e no de lidar. Toda mulher deveria ser tocada como uma parceira de dança; calculadamente, suavemente, até mesmo com vigor, mas sempre com cuidado. Graças ao nosso bom Deus elas não tem nada haver com os homens, porém fomos feitos pra elas... Tão mais bem desenvolvidas e melhores para relações que dariam um jeito de viver só entre elas. Melhor ainda é como são tão cheias de si. Amam melhor do que qualquer ser na terra. Ainda bem que o dom de gerar a vida neste lugar onde vivemos foi dado a elas e não a nós. -Seria um desastre... Deixaríamos de ser atacantes ou alas pra jogar no gol (pra tentar se esforçar menos), apoiaríamos coisas em cima da barriga como um copo de suco natural ou o controle do videogame, o berço dos nossos filhos seriam no escritório, o parto seria como uma pequena festa open bar, com alguém chorando e o resto de todos os amigos sorrindo... Pois é, Deus sabe o que faz. As mulheres são perfeitas em muitos aspectos. Elas são as cores do nosso mundo.

1 compartilhamento
Inserida por WladimirCarvalho