Fabi Armond

Cerca de 209 frases e pensamentos: Fabi Armond

Ô minha menina, vem cá, deixe-me acalentar teu melancólico coração.
Não esboçarei um só palavra se tu não quiseres, apenas ficarei ao teu lado, fazendo-te companhia.
E dessa tua melancolia, trocarei por amor em demasia, até não haver mais espaço para qualquer tristeza que possa vim a te atormentar.

Fabi Alves
Inserida por DalilaMirza

E quando eu escrever a palavra sorriso,
Saiba que estou falando de você meu amor.
Desse teu sorriso encantador, que me tira e me põe de volta nos trilhos.
Que é a fagulha de esperança que acende em meu coração, sempre quando sinto que nada mais faz sentido.

Fabi Alves
Inserida por DalilaMirza

Ainda que me arranque a língua e os dentes,
ruminarei o poente e tudo que há nele.
Atravessarei o avesso do meu avesso,
Mesmo com a melancolia esparsa.
Quando tudo me facina,
Acelera,
Dilacera,
Desistência torna-se inexistente.
Como é extraordinário o sabor da resistência
Quando se vê uma faísca na esquina onde contorna liberdade.
Não falo de sentimentos ambíguos,
Onde sempre a penumbra sobrevém,
É mais além.
Não é a solidão em outra solidão,
É mais além.
É tarde cheia do destino,
É perder-me de mim e me achar ante o espaço do não ser, e ainda sim, ser.
É um eu atemporal,
A essência que persiste como essência.

Fabi Alves
Inserida por DalilaMirza

aminhando nas águas do mar,
sinto o vento em demasia,
ventania que sopra para dentro,
bem no fundo do âmago,
E ao mesmo tempo,
ecoa um longo silêncio,
Calmaria de um túmulo.
Deparo-me com o horizonte,
Um leme a cortar o mar,
Que desvaneia de esperança
E pelo mastro veleja.
E mais acima, um ataque de belas
gaivotas invadindo essa calmaria.
A/mar, meu horizonte inteiro,
é de pura nostalgia.

Fabi Alves
Inserida por DalilaMirza

Me ausentei tanto de mim,
estando presente para você,
que acabei esquecendo
do meu eu.
E hoje à única coisa que se faz
Presente, é a tua ausência
Mesclada com a minha.
Excesso.

Fabi Alves
Inserida por DalilaMirza

Senti, és flor
pétalas, cor
Formosura, poesia
Senti flor,
sente-se e diga
Que cor de flor serias?
Senti, és sonho
unicórnios, amor
Mundos, dimensões
dia é noite
Noite é dia
Que intensidade
esse sonho teria?
Sonhar com cada cor de flor
Sentir cada flor no sonho
Amar, céu, mar, infinito.
Ser.

Fabi Alves
Inserida por DalilaMirza

Hoje a saudade deu-me um Oi.
Pelas pessoas que se foram,
As que ainda não chegaram,
lembranças que tenho guardado,
Pelo que não aconteceu,
Até pela lua que hoje não apareceu.
Saudade, invasora de
corações desprevenidos.
Felizmente eu mal a vejo,
Porque senão, aí de mim!
Tê-la sempre que sentir,
Por tudo e por todos,
por dias, meses e anos, que martírio!
Hoje a saudade deu-me um Oi,
olhei para ela e logo em seguida
Parti.

Fabi Alves
Inserida por DalilaMirza

Não me espere
não se desespere
pela minha ausência,
não sinta urgência de mim.
Sei que não parece,
Mas essa não é mais
aquela quem você conheceu.
Sou outra, e sendo outra,
não tenho mais aquele velho sentimento.
Já me renovei, me reinventei,
não irás mais me encontrar,
por isso, não me espere.
Já te dei tudo, o que eu podia te dar.

Fabi Alves
Inserida por DalilaMirza

Se até as mais belas flores
Murcham, e as pétalas
Se desprendem deixando
As hastes ressequidas,
Que dirá a beleza exterior,
A minha, a tua.
O tempo a consome

Fabi Alves
Inserida por DalilaMirza

o velho e fútil amor que insiste em voltar.
Te quero, não nego,Te quero intensamente,
Com todo ardor e alma, te quero.
Porém, bem longe daqui.
Ao ponto de esquecer a minha existência,
Porque da tua, não sobrou mais nada em mim.

Fabi Alves
Inserida por DalilaMirza

Se queres dividir algo,
dividi teu amor, tua dor,
tua solidão comigo.
Deixe-me fazer dela
a minha também.
Acolhe-se em meus braços,
sem medo, vem!
Pois se depender de mim,
são neles quis irás morar,
para não mais partir.

Fabi Alves
Inserida por DalilaMirza

Embora eu devesse sentir,
não sinto, e sinto tanto
por não sentir nada.

Fabi Alves
Inserida por DalilaMirza

Meu coração é calmaria,
Até o momento em que
não encontra o teu.
Depois disso, é trovoadas
tempestades, Furacões,
Puro desatino,
inúmeras sensações.
Meu coração quando
encontra o teu,
Já não é mais meu,
ele é somente seu,
Perdidamente seu,
E de mais ninguém.

Fabi Alves
Inserida por DalilaMirza

E apesar de todo esse meu silêncio,
De todo esse meu recuo, de não esboçar nenhum sentimento, tentando manter distância de tí, o desejo ainda continua intenso, imenso, me rasgando por dentro.
Acendes-te uma fogueira de amor no meu coração, não tenho mais o poder de controlar um minuto sequer, porque ele só quer você, apenas você, mulher.

Fabi Alves
Inserida por DalilaMirza

Logo você que disse querer tanto o meu bem,
Hoje em dia só me trata como desdém.
Mesmo sabendo que o meu bem é você.

Fabi Alves
Inserida por DalilaMirza

Passarinho danç/cant/ante
Movimentos e assobios,
Sai a tristeza, entra os sonhos
Bate as asas, por um instante
sente-se liberto.
E vai parando, e vai calando,
E reparando na enorme gaiola,
E enfim acorda, Eis a realidade!

Fabi Alves
Inserida por DalilaMirza

ão vejo a hora
Meu amor.
Hora de te abraçar,
De te aquecer com
o meu calor,
De fazer do meu corpo
O teu cobertor.

Fabi Alves
Inserida por DalilaMirza

Quando deixamos de fazer o bem, contribuímos para que o mal prevaleça!

Fabi Gomes
Inserida por Fabi-Gomes

Entre o oito e o oitenta, eu prefiro o ponto central.
Não lembro ter ouvido alguém dizer que o equilíbrio seja algo prejudicial.
E extremos me assustam... :/

(Fabi Braga, 08/11/2014)

Fabi Braga
Inserida por bianascimento

Coisas minhas...

Desde que aprendi a "mexer" com computadores - e já fazem alguns anos, não sei o que é levar meu computador a uma assistência técnica...
E olhe que o bichinho já "deu pau" umas trocentas vezes, como agora há pouco...mas tá beleza. Quebrou? Vou lá e dou "um jeito".
Ahh como eu queria fazer o mesmo quando se trata: da TV, do celular, dos demais eletroeletrônicos, dos eletrodomésticos, dos reparos "pesados" da casa, de veículos, etc, etc e tal...
Gosto de cozinhar (o trivial), mas queria aprender a fazer aqueles pratos "finos" de Chef, sabe? E também aquelas tortas, salgados e docinhos maravilhosos de festa ou os que compro na padaria....
Mas aí, eu acordo! Acho que não dá mesmo pra saber tanta coisa assim, simultaneamente...^_^
E depois, conseguir "dar um jeito" nos cabelos, sobrancelhas e unhas já é meio caminho andado, não? E olhe que isso tudo somado já gera um cansaço de vez em quando...
Se bem que...quando eu era uma pré-adolescente, toda a vez que um rádio ou outro eletrônico morria lá em casa, eu dava um jeito de abrir pra "tentar" ressuscitar o infeliz. Às vezes até conseguia..^_^ Haveria "esperança" para essa parte também? :p
De uma coisa eu tenho certeza: o conhecimento é valioso! E como facilita a nossa vida...
Eu, minhas manias, desejos e reflexões...

(Fabi Braga, 10/11/2014)

Fabi Braga
Inserida por bianascimento
1 compartilhamento