Evelyn Beatrice Hall

Cerca de 485 frases e pensamentos: Evelyn Beatrice Hall
Evelyn Beatrice Hall (1868 - 1956) foi uma escritora britânica, sob o pseudônimo de Stephen G. Tallentyre.

Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las.

Não podemos aguardar que os tempos se modifiquem e nós nos modifiquemos junto, por uma revolução que chegue e nos leve em sua marcha. Nós mesmos somos o futuro. Nós somos a revolução.

Há sempre mais bondade no mundo do que parece haver, porque a bondade é, por natureza, modesta e reservada.

É pelo caráter e não pelo intelecto que o mundo se ganha.

A consciência nada é senão o eco da voz de Deus dentro da alma.

Não concordo com uma palavra que você disse, mas defendo até a morte o teu direito de dizê-las.

Nunca entendi como dois homens podem se juntar para escrever um livro. Para mim, é como precisar de três pessoas para produzir um filho.

A amizade é a corda que amarra o coração de todo o mundo.

"Eu desaprovo o que você diz, mas defenderei até a morte seu direito de dizê-lo", era a sua atitude agora.

Discordo do que você diz, mas defenderei até a morte seu direito de dizê-lo.

Eu discordo completamente do que você diz, e defenderei até a morte o seu direito de dizê-lo.

Viver num mundo sem tomar consciência do significado do mundo é como vagar por uma imensa biblioteca sem tocar os livros.

A moderação é o cordão de seda que passa pelo colar de pérolas de todas as virtudes.

O que a gente não pode, nunca mesmo, é parar, se acomodar. A mudança deve ser constante, contínua, e com fervor. A mudança é a chave para a evolução. Eu não tenho medo da mudança, tenho medo é que ela não aconteça.

Pouso suave

Um papel branco
dobra
desdobra
e dobra novamente.

O origami voa
voa sob cordas
e pousa suavemente
O vento bate
suas asas intactas de puras dobradiças
[movem-se

És uma arte?
ou uma imaginação?
Uma criança
ou um homem?

o vento bate de novo
lhe criando vida;
As imaginações somem
e a realidade vem

O céu azul e borboletas a voar
a água cristalina e o pouso suave
e a velha estória do patinho feio;
do cisne que renasceu...

renasceu sobre um papel branco
onde dobra
desdobra
e dobra novamente ....

Se olhe no espelho, mulher
Se ache maravilhosa
Você é dona do seu nariz agora
Você lutou muito pra chegar onde chegou
Se olhe no espelho, mulher
E acredite que você é capaz
Você é sagaz
Vai lá e mostra pra que veio
Mostra quem é que manda
E sem receio
Se joga, se entrega, pulsa
Na dança, na luta
Na incrível luta que é ser mulher

Ficou tudo tão vazio desde que você foi embora.
Não quero mais me arrumar, nem ir pro bar, sei que você não vai estar lá.
Fico esperando você abrir a porta do meu escritório fazendo a mesma pergunta de sempre, mas nunca mais vai acontecer.
Nem durmo mais com o celular do lado do travesseiro porque você não tá mais aqui pra me ligar de madrugada, inventando a desculpa mais boba do mundo só pra vir pra minha cabine e dormir de conchinha.
Nem quis mais enrolar o cabelo e me maquiar, de repente parou de fazer sentido.

Nunca imaginei que fosse sentir tanto sua falta.

Domingo, 03:07 da madrugada, o sono se foi completamente e a cabeça esta à mil. Pensa, pensa, pensa, e ainda não sabe o que pensar, muito menos o que fazer. Sentia saudade dele, aquela saudade que queima o peito, e só consegue se questionar, como deixou acontecer, de novo! Como pode se apaixonar? Como ele conquistara seu coração daquela maneira? Não sabia explicar, só sabia sentir. Uma paixão absurda que ocupava cada pedaço do seu ser. Não estavam juntos fisicamente, mas seus pensamentos estavam em completa sintonia, ambos se desejam com a mesma intensidade. Essa é a mágica da paixão recíproca, ela insiste em colocar perto, mesmo quando se está longe.

Essa história de ruim com ele pior sem ele, não cola pra mim. Só quero se for bom, se for recíproco, se for intenso, se for verdadeiro. Inteira demais pra me contentar com metades, completa, quero alguém que me transborde. Por mais que pareça clichê, é o que traduz meu sentimento. Amor próprio nunca sai de moda, quando você sabe que vale muito, você passa a não se contentar com pouco, entende?

Um poeta nunca morre
Apenas adormece
Entre palavras e versos escritos
Seu coração está sempre aflito
Um poeta nunca morre
Apenas adormece
Entre amores mal resolvidos
Seu coração está sempre em prece.