Eramos Amigos

Cerca de 9 frases e pensamentos: Eramos Amigos

Éramos amigos e agora somos estranhos um ao outro. Mas não importa que assim o seja: não procuremos escondê-lo ou calá-lo como se isso nos desse razão para nos envergonhar. Somos dois navios cada um dos quais com o seu objetivo e a sua rota particular

Friedrich Nietzsche
309 compartilhamentos

Éramos amigos
Bons amigos
Do tipo inseparáveis
Ate agora eu não entendi o que aconteceu
Pra onde foram todas as nossas conversas?
E aquelas boas tardes que passamos juntos...?

Tudo explodiu aqui dentro de mim
É impossível conter
Estou tão triste
Éramos bons amigos...

Lembro que nos momentos difíceis
Foi você que me ouviu
Que me guiou no escuro
Que secou minhas lagrimas
Você me protegeu durante muito tempo
E eu gosto tanto de você amigo
Mas eu não sei o que aconteceu

Tudo explodiu aqui dentro de mim
É impossível contar
Estou tão triste
Éramos bons amigos...

Estou tão triste
Eu vejo todos os dias
Mais nem conversar, nós conversamos
O que aconteceu?

Tantos juramentos
Irmãos pra sempre
Você se lembra?
Tantos planos
Tantas risadas
Ah eu nunca vou esquecer
Tudo que aconteceu marcou minha vida
A sua amizade foi importante pra mim crescer
Eu não queria perder você
Não eu nem sei se a culpa foi minha...

Tudo explodiu aqui dentro de mim
É impossível conter
Estou tão triste
Éramos bons amigos...

Paula Câmara Ferreira
2 compartilhamentos

Nós eramos amigos, você conhecia meus medos, eu sabia seus segredos, estávamos ligados, eu sei que nunca tinha assunto, mas gostava de conversar com você, era sempre a mesma coisa, eu e você, dois bobos conversando, na verdade não era bem uma conversa, eram duas pessoas rindo uma da outra. Eu te olhava, ficava com cara de idiota, abaixava a cabeça e um sorriso bobo aparecia, sim, eu estava apaixonado. Mesmo negando, o mesmo acontecia com você, mas você só queria ser minha amiga, nada mais que isso. Todo dia te mandava mensagem de boa noite, quando você se sentia sozinha você me procurava e a gente conversava, mesmo sem assunto, falávamos sobre qualquer coisa, o importante era conversar com você, a cada dia que passava eu ficava mais apaixonado. Você se preocupava comigo, dizia que eu era importante para você e que não queria me perder. Passou um tempo e eu fiz a besteira de contar que estava apaixonado por você. Você falou que nossa amizade ia continuar normal, chegou a dizer que aquilo que eu estava sentindo era passageiro e não ia interferir em nada na nossa amizade, mas a partir daquele dia tudo mudou, você começou a me ignorar, se afastou aos poucos, deixou de responder minhas mensagens, quando se sentia sozinha buscava a companhia de um outro alguém, acho que te perdi para sempre. A sua vida continuou, era como se eu nunca tivesse entrado nela, mas a minha virou um inferno, passei noites acordado e muitas vezes chorando, lembrando dos momentos que passamos juntos, das nossas conversas e do “nós” que um dia existiu, pelo menos para mim. Eu só queria que tudo voltasse a ser como era antes, queria aquelas conversas, você pode até dizer que nunca foi minha, mas eu tenho certeza que em algum momento, por horas, minutos ou segundos, você me amou. Eu ainda te amo e nunca vou deixar de te amar, você marcou minha vida.

Felipe Langa
Inserida por FelipeLanga
1 compartilhamento

Carta de um índio
(Fernandha Franklin)

Nós vivíamos em um lugar incrível.
Éramos amigos íntimos da natureza e as únicas riquezas que nos interessavam eram as essenciais para se viver: comida, água e um bom convívio.
Não sabíamos que existiam riquezas além disso, e se existiam...essas não nos interessavam.

Nosso único investimento era no fortalecimento do elo que tínhamos com a mãe Terra. A energia com o planeta é que nos elevava.

Tínhamos nossos costumes, rituais e nossa nudez nunca forá um tabu, ou motivo para vergonha.
Foi então, que chegou um povo diferente, que colocou roupa na gente, e nos ensinou a entender sua língua. Pois para que acreditássemos em suas mentiras precisariamos entender suas palavras.

Prometeram nos mostrar o que havia de melhor fora da aldeia (fora de nós) e que também poderíamos ser "homens civilizados". Nos falaram que seus mundos eram muito melhores, e que de onde vinham, a vida era encantada.
Eu acreditei!Até porque, foram eles que me ensinaram no que acreditar.
Eles mentiram!
E foi então que fez sentido as vestes que usavam: era uma forma de esconderem um pouco da mentira que eram.

Troquei tudo o que eu tinha e toda paz da mata...por um quarto velho numa cidade poluída, que agredia meus olhos e ouvidos, e que o homem civilizado, insistia em dizer que fazia parte do meu futuro.
Eu, índio "selvagem". Ele, homem "civilizado". Muitos de meu povo, ainda tentam se manter na pureza e nos valores daqueles dias... mas até lá, o homem levou tecnologia, e esse entretenimento impede meu povo de pensar, como pensavam nos antigos dias.

Eu, índio, triste estou!
Não somente pelo meu povo, mas por todo povo que o homem enganou.
O conhecimento que diziam, era pura hipocrisia...
E toda lembrança da vida do índio, foi substituída por este único dia. Hoje! 19deabrildiadoíndio

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin
1 compartilhamento

"Nós éramos amigos e nos tornamos estranhos um para o outro. Mas está bem que seja assim, e não vamos ocultar e obscurecer isto, como se fosse motivo de vergonha. Somos dois navios que possuem, cada qual, seu objetivo e seu caminho; podemos nos cruzar e celebrar juntos uma festa, como já fizemos – e os bons navios ficaram placidamente no mesmo porto e sob o mesmo sol. Parecendo haver chegado ao seu destino e ter tido um só destino. Mas, então, a todo-poderosa força de nossa missão nos afastou novamente, em direção a mares e quadrantes diversos, e talvez nunca mais nos vejamos de novo – ou talvez nos vejamos, sim, mas sem nos reconhecermos: os diferentes mares e sóis nos modificaram! Que tenhamos de nos tornar estranhos um para o outro é da lei acima de nós: justamente por isso deve-se tornar mais sagrado o pensamento de nossa antiga amizade! Existe provavelmente uma enorme curva invisível, uma órbita estelar em que nossas tão diversas trilhas e metas estejam incluídas como pequenos trajetos – elevemo-nos a esse pensamento! Mas nossa vida é muito breve e nossa vista muito fraca, para podermos ser mais que amigos no sentido dessa elevada possibilidade. – E assim crer em nossa amizade estelar, ainda que tenhamos de ser inimigos na Terra".

Friederich Nietzsche In A Gaia Ciência, aforismo 279
Inserida por NunesLucas
1 compartilhamento

Éramos perfeitos um para o outro

Éramos amigos. Nos conhecíamos desde crianças. Diferentemente de Romeu e Julieta, nossas famílias se adoravam. Era quase como se fossemos parentes. Tínhamos muitos amigos em comum e os que não eram tornavam-se. Éramos perfeitos um para o outro: loucos na mesma proporção. Então um certo dia resolvi dar uma chance para a nossa relação e aceitei o pedido de namoro.
Passaram-se 14 dias de felicidade extrema. Nem eu te sufocava, nem você me prendia e assim queríamos estar sempre perto um do outro. Nos controlávamos só para não desfocar das atividades cotidianas que eram obrigatórias e de extrema importância. Eu sentia-me completamente feliz só por saber que você estaria ali para mim (e você dizia sentir a mesma coisa). Estava tudo muito perfeito. Eu deveria saber que viria uma bomba a qualquer hora, já que sempre me aparece um motivo para ficar triste quando fico alegre demais.
Então —como o destino demora, mas não falha— um belo dia eu acordei feliz por ter sonhado contigo e por termos conversado antes de dormir. Olhei meu celular com os olhos ainda embaçados e tinha uma porrada de mensagens e ligações perdidas suas. Esfreguei os olhos, li e não acreditei que era real. Voltei a dormir e acordei novamente. Para minha tristeza vi que não era pesadelo e sim uma realidade da qual eu não poderia acordar: você estava me deixando. E o pior: você me deixou sem motivos.
A facada que mais dói é a de quem você não espera. E eu nunca esperei uma de você. Então eu me acabei de chorar por dias, bebi muito (coisa que não faço), dei vexame, acabei com a minha dignidade e vomitei. Vomitei tudo que eu tinha por dentro. Lembrava de ti com um certo enjoo, ressacada. A paixão é mesmo uma coisa: uma hora existe, noutra some. E para sumir tive que vomitar todo o sentimento que eu tinha por você.
Sem ti senti como se nada tivesse sentido. Depois senti como se nada tivesse sentido por ti.
E sim, éramos perfeitos um para o outro, mas aí acabou. E fim.

Lêillane Soares
Inserida por leillane
1 compartilhamento

PAIXÃO?

Tudo começou quando te conheci,
Do nada já éramos amigos e se falávamos todo dia,
Será que isso é paixão ou só alegria?
Por mim eu acho que é só ilusão.
Mas por outra parte estou feliz,
Por falar com você pois acho que eu achei tudo que eu sempre quis.
Mesmo com meu passado infeliz, acho que temos um futuro a seguir ;
Se tudo desse certo de começo não seria divertido passar de amigo para talvez o escolhido,
Não sei mais se são coisas da minha cabeça ou se isso realmente existe.
Entre o Sim e o Não qual sua escolha para seremos felizes ou tristes?

Guilherme Pisaneschi Tardelli
Inserida por GuilhermePisaneschi

Nós éramos amigos e nos tornamos estranhos um para o outro. Mas está bem que seja assim, e não vamos ocultar e obscurecer isto, como se fosse motivo de vergonha. Somos dois navios que possuem, cada qual, seu objetivo e seu caminho; podemos nos cruzar e celebrar juntos uma festa, como já fizemos (...)
Que tenhamos de nos tornar estranhos um para o outro é da lei acima de nós: justamente por isso deve-se tornar mais sagrado o pensamento de nossa antiga amizade! Existe provavelmente uma enorme curva invisível, uma órbita estelar em que nossas tão diversas trilhas e metas estejam incluídas como pequenos trajetos – elevemo-nos a esse pensamento! Mas nossa vida é muito breve e nossa vista muito fraca, para podermos ser mais que amigos no sentido dessa elevada possibilidade. – E assim crer em nossa amizade estelar, ainda que tenhamos de ser inimigos na Terra.

Friedrich Nietzsche
Inserida por FabioSilvaDN

Já entendi.
Nada será como antes.

Éramos amigos e amantes, agora não mais que distantes.

Onde antes havia som suave e gentil,
agora somente uma voz dura, por vezes hostil.

Tudo bem, eu entendo, fiz por merecer.

Outra prioridade está aí no seu coração,
eu vejo, eu sinto, eu choro. Minha maior desilusão.

Te prometi nunca mais brigar. Veja bem, meu bem, também desejo a paz,
Juro que sim.

Mas o lugar onde quer me colocar é frio, muito frio.
Não combina com o calor que produzimos por diversas vezes a fio. Não consigo suportar.

Se é isso o que queres, te desejo nada mais que felicidade.
Mas vou partir.

Pensador de cabeça cheia
Inserida por CabecaCheia