Coleção pessoal de Oragio

41 - 60 do total de 469 pensamentos na coleção de Oragio

Eu chorei o medo que eu tenho de não ser quem você quer e o medo que eu tenho de ser exatamente o que você quer. Eu chorei porque precisava de colo, porque precisava te mostrar a minha fragilidade escondida no meu mau humor. Eu chorei de birra do meu lado homem. Eu chorei porque vez ou outra o outro ainda bate na minha porta e eu o deixo entrar, e eu sei que isso é medo do tanto que você habita todos os lugares. Eu chorei porque eu te amo, mas eu não sei amar. Eu chorei porque eu sempre canso de tudo e tudo sempre cansa de mim.

A mulher que não prestava

Eu não desisti dos meus sonhos, mas às vezes acho que eles desistiram de mim.

Gabito Nunes

Não faço ideia de quantas e quantas vezes eu reli as mesmas palavras, esperando que elas mudassem, que fossem algo melhor. Um pedido de desculpas, um volta pra mim, ou um simples “acorda, te quero de volta”. Mas não. Foram claras. Mais, impossível. Senti rasgar cada pedacinho de mim, e ser jogado ao vento, para que me levasse pra longe. E não sei até quando eu ainda vou voltar ali e ler a mesma coisa, morrer de novo ao termino de cada palavra, esperando por um milagre, que ainda não aconteceu.

A Culpa é das Estrelas
199 compartilhamentos

Coragem, às vezes, é desapego. É parar de se esticar, em vão, para trazer a linha de volta. É permitir que voe sem que nos leve junto. É aceitar que a esperança há muito se desprendeu do sonho. É aceitar doer inteiro até florir de novo. É abençoar o amor, aquele lá, que a gente não alcança mais.

Ana Jácomo
406 compartilhamentos

Estou acostumada com partidas, elas fazem uma grande parte da minha vida. Ninguém vai até o fim, ninguém completa a estrada, sempre mudam o caminho.

Milena

Ando de um lado para outro, dentro de mim.


Estou bastante acostumada a estar só, mesmo junto dos outros.

Clarice Lispector
3 mil compartilhamentos

Eu acredito que tudo acontece por um motivo. As pessoas mudam para que você possa aprender a deixá-las, as coisas dão errado para que você possa dar valor a elas quando estiverem certas, você acredita em mentiras e eventualmente aprende a confiar em ninguém exceto você mesmo e as vezes coisas boas dão errado para que coisas melhores possam dar certo.

Marilyn Monroe
1.6 mil compartilhamentos

29 adjetivos que eu uso pra te descrever.
1. Orgulhosa 2. Birrenta 3. Preguiçosa 4. Irritante 5. Gostosa 6. Teimosa 7. Comilona 8. Briguenta 9. Cheirosa 10. Lerda 11. Inteligente 12. Crítica 13. Insegura (não entendo o porquê) 14. Confusa 15. Impulsiva 16. Irônica 17. Chata 18. Sarcástica 19. Desastrada 20. Linda 21. Detalhista 22. Exagerada 23. Ciumenta 24. Agressiva (ás vezes eu tenho medo, juro) 25. Fresca 26. Manhosa (quando tu fica doente piora) 27. Histérica 28. Palhaça 29. Gostosa de novo.

Desconhecido

Nós dois parecemos um retrato mal-falado do que nunca poderia dar certo. Assim, evito olhar direto no seu rosto pra não dar aquela vontade insana de querer uma porção de coisas contigo.

Gabito Nunes

Eu queria ser seu último amor. Mas sabia que não era. Sabia e a odiava por isso. Eu a odiava por não se importar comigo. Eu a odiava por ter me deixado naquela noite. E odiava a mim mesmo por tê-la deixado ir embora, porque, se eu tivesse sido suficiente, ela não teria querido ir embora. Simplesmente teria se deitado comigo, conversado e chorado. E eu a teria ouvido e teria beijado as lágrimas que caíam dos seus olhos.

(Quem é você, Alasca?)

John Green
36 compartilhamentos

Não me compare, não busque nela o olhar que dei a ti, imperdoável que eu não seja igual a ela. Então não fale, que alguém te toca como eu toquei (…) eu sou tua alma, você é meu ar.

Desconhecido

O pior tipo de choro não era o tipo que todo mundo poderia ver, o choro nas esquinas, as lágrimas sobre a roupa. Não, o pior tipo acontecia quando sua alma chora e não importa o que você faça, não tem como confortá-la. Um pedaço murcha e vira uma cicatriz naquela parte da sua alma que sobreviveu.

desconhecido

Fui para o meu quarto, fechei a porta e coloquei minha cabeça no travesseiro. Deixei que o silêncio colocasse as coisas no lugar em que elas deveriam estar.

Desconhecido

Eu poderia ter dito: “Eu vou ficar bem, pode ir.” Mas não, eu escolhi grudar no teu pé e implorar para que você ficasse. Não deu resultado. Você me jogou pro lado e foi embora. Depois de um tempo passou, mas eu sei que fiz de tudo para que desemos certo.

Bernardo

Eu queria ter um namorado. Queria que ele morasse dentro do armário pendurado em um cabide. Sempre que me desse vontade, eu poderia tirar ele lá de dentro, e ele me olharia que nem os meninos fazem nos filmes, como se eu fosse linda.

Antes de morrer.

Sem importar o quanto perto, você sempre está muito longe.
Meus olhos são atraídos para qualquer lugar que você está.
Eu estou cansado da forma com que nós dois fingimos.
Cansado de sempre querer e nunca ceder.
Eu posso sentir isso na minha pele, ver isso no seu sorriso.
Nós somos mais. Nós sempre fomos.
Pense em tudo que nós estamos perdendo.
Cada toque e cada beijo.
Porque nós dois insistimos.
Resistimos.

Losing

Ela Cerveja, Ele Coca Cola. Ela disco, ele tinta. Ela toca, ele pinta. Ela dança, ele tenta. Ela sorri, ele não aguenta. Ela escandalosa, ele calado. Ela festeira, ele sossegado. Ela quer ir, ele tá de boa. Ela desiste, ele ‘me perdoa’. Ela pontual, ele demora. Ela tem pressa, ele sem hora. Ela espera, ele vai embora. Ela pergunta, ele enrola. Ela desencana, ele peleja. Ela explica, ele boceja. Ela respira, ele fraqueja. Ela entende, ele a beija. Ela ponto, ele porém. Ela forte, ele do bem. Ela do momento, ele do além. Ela ama, ele também.

Pedro Bial
56 compartilhamentos

Era costume. Costume de acreditar em qualquer um, em qualquer palavra, em qualquer sorriso, em qualquer suspiro. Mas virou aprendizado, porque qualquer passou a não dar garantias e de quaisquer eu não precisava mais.

Daniela Soares

Beijo é maravilhoso porque você interage com o corpo do outro sem deixar vestígios, é um mergulho no escuro, uma viagem sem volta. Beijo é uma maneira de compartilhar intimidades, de sentir o sabor de quem se gosta, de dizer mil coisas em silêncio. Beijo é gostoso porque não cansa.

Martha Medeiros

O problema? O problema tá em mim e nessa mania de pensar que já foi, já passou. Nisso de acreditar que todos os sentimentos que existiram em mim por você morreram, que não existem mais e, a noite, perceber que ainda te procuro quando vou dormir. O problema tá em mim, por pensar, repensar e relembrar, por te trazer pro agora só pra saber como seria se ainda estivesses aqui. O problema tá em mim e é só meu, mas não consigo resolver. Porque essa equação fica sem solução quando estamos separados. E eu, tola, fico tentando dar um fim ao impossível.

Daniela Soares.