Coleção pessoal de marcelo1960

1 - 20 do total de 78 pensamentos na coleção de marcelo1960

É PRECISO SABER VIVER!

É inevitável que com o passar dos anos alguns de nós venha a envelhecer e
isso pode ocorrer rápido demais,
velhice não é sinônimo de doença e sim anos vividos e
aproveitados da melhor maneira possível.

Possivelmente podemos envelhecer, mas devemos lutar para que cada dia vivido
possa ter valido a pena e nos dar a segurança de
ter cumprido nossa parte.

No decorrer de nossa existência, acompanha vários tipos de desilusões e
sofrimentos inevitáveis no processo de amadurecimento,
depende de como encaramos e que atitudes tomamos para que
as coisas negativas percam a força e importância.

Se buscarmos fortaleza em Deus, Ele nos dará coragem e sabedoria
para cumprir nossas tarefas e alcançar a vitória e
ter a consciência tranquila no dever cumprido.

Por mais que as forças ameacem nos abandonar
é necessário buscar atingir nossos ideais, sem jamais nos considerar derrotados.
Deus nos criou para sermos vencedores!
Quem sabe nas caminhadas da vida possamos sofrer algumas quedas,
mas seria muita ignorância ficarmos presos na queda e olhando para o chão,
como se isto fosse mais importante e relevante.
Não! Levantemo-nos!
Vamos à luta! Sejamos corajosos!

Mesmo que por um momento o sol não brilhe, isto não ocorre por muito tempo,
a Graça de Deus nos acompanha o tempo todo e
a luz que irradia por mais fraca que seja ilumina toda escuridão
que teima roubar a alegria de viver.

É imprescindível estarmos cercados por pessoas invejosas, covardes,
aproveitadoras e por isso sofrermos injustiças,
mas aceitar as mãos que se estendem para nos levantar e
animar é um ato de humildade e coragem.

É normal em algumas noites sentirmos a solidão e
derramarmos muitas lágrimas, mas até na solidão e
nas lágrimas por ter nossos sonhos não alcançados
Deus está presente e traz o consolo e a paz que o mundo não tem.

O tempo é fundamental para percebermos que os erros que cometemos
servem para nos ensinar a trilhar o caminho certo e
mesmo que sejamos enganados,
Ainda há pessoas que merecem nossa confiança.

Se no trajeto da vida que percorremos, se perdemos algumas amizades,
isso mostra que aquelas amizades que perdemos não eram realmente verdadeiras,
porque amigos de verdade se alegram quando estamos bem e
eles nunca se vão, ficam pra sempre em nosso coração.

Deus nos dá o privilégio de todos os dias recomeçarmos,
assim como o sol nasce todas as manhãs, trazendo luz e calor,
mesmo que hoje, me sinta fraca e perdida, solitária e abandonada,
porém amanhã é um novo dia e
terei a oportunidade de recomeçar de uma maneira diferente.

Se não posso seguir o ritmo das coisas que me rodeia,
poderei buscar estratégias para concluir minhas obrigações e
ter a consciência que as verdadeiras lições que a vida me ensina
são os ensinamentos que aprendi e
que estão firmados em minha alma, e em meu interior.

Se hoje a incerteza teimar em dominar meu coração e
me trazer sentimentos de revolta por ser o que não quero,
ainda assim, mesmo com as incontáveis dúvidas, amanhã terei motivos
para comemorar e alegrar pelas minhas pequenas conquistas
em construir uma vida melhor e mais feliz.

SONIA SOUZA

Sonia Souza
2 compartilhamentos
Tags: preciso saber

Simplesmente PAI

Quem é esse homem que chamo de pai?
Quantos de nós sabemos responder com exatidão
e com palavras verdadeiras o que significa esse homem em nossas vidas?

Será que sei realmente o significado da palavra PAI?
Pense e veja o que realmente lhe vem à mente quando pensa nesta palavra?

No meu caso especifico, sei que durante muito tempo de minha vida.
Não dei o devido respeito e valor a este homem
há quem sempre chamei de pai.

Não o tenho mais, mas nem por isso deixei de pensar
e jamais o esquecerei.

Pensando e refletindo, chego à conclusão que finalmente entendi
o significado deste homem em minha vida.

Se ele estivesse por aqui ainda, acho que gostaria de lhe dar um presente,
não um presente físico,
mas sim uma conversa que se para ele até tivesse pouco valor,
para mim seria uma das maiores coisa em minha vida.

Por que digo isso?
A resposta é simples demais, Pensei muito, lembrei-me de situações,
de atitudes minhas e dele em vários momentos de minha vida.
E cheguei à conclusão que agi errado demais com esse homem.

Devido a estas recordações e ao que elas me fizeram sentir,
penso que gostaria de ter esta conversa com meu PAI.

Sei que não seria fácil, teria que deixar de lado muitas das minhas ideias
e modo de agir, abrir meu coração,
ter coragem de realmente me aproximar deste homem.

Queria dizer a ele muitas coisas,
entre elas algumas seriam difíceis de falar.
Gostaria de dizer o quanto ele foi e continua a ser
importante em minha vida.

Pedir perdão pelos erros que cometi com ele,
pela minha falta de amor muitas vezes, pela minha grosseria
e desdém com seus conselhos e opiniões.

Pelas palavras de escarnio e gozações muitas vezes com sua pessoa.
Pela minha falta de respeito com suas atitudes.
Atitudes estas que se referiam a minha pessoa em questão,
para me orientar e me tornar uma pessoa decente e correta.

Pelos prejuízos que lhe causei,
tanto financeiro e por que não dizer moralmente,
quanto atingi sua pessoa como homem correto.

Pelas trapaças e por que não dizer mentiras mesmo.

Pedir para que me perdoasse por tantas horas de trabalho
que teve que suportar para alimentar este filho que muitas vezes
ainda achava ruim o que era ofertado
sem nada reconhecer tanto esforço deste homem..

Pedir perdão por não reconhece-lo como meu pai em várias ocasiões.

Pedir perdão por não sair em sua defesa de comentários
E conversas que eu sabia que ele nada tinha haver com determinada situação

Pedir perdão por não ter consciência do ser humano que estava ao meu lado,
Se dedicando de corpo e alma ao meu sustento e criação.

Pedir perdão por não aceitar que ele também tinha falhas,
Que podia errar e que não era perfeito.

Pedir perdão por não reconhecer um homem que também sofria
E ficava magoado com minhas atitudes e palavras.

Posso afirmar com certeza
Que esse seria o melhor presente que eu poderia dar a meu PAI.
.
E com certeza sem sombra de dúvidas
Que eu é que estaria ganhando mais ainda com esta conversa.
Pois finalmente faria meu pai entender o quanto ele foi
E sempre será importante em minha vida.

A meu PAI.
Esteja onde estiver,
Pois tenho a certeza que um dia vamos nos reencontrar.
MEU PEDIDO DE PERDÃO,
MEU PEDIDO DE DESCULPA PELOS ERROS,
E MEU AGRADECIMENTO POR TUDO QUE ENSINOU,
MOSTROU, CORRIGIU, ORIENTOU,
E ME FEZ VER COM SEU MODO SIMPLES DE AGIR.
COMO É SER UM GRANDE SER HUMANO
E UM GRANDE PAI.

OBRIGADO MEU PAI

Marcelo Martins
1 compartilhamento

UMA REFLEXÃO

Quantas portas deixamos de abrir pelo medo de arriscar?
Quantas vezes perdemos a liberdade, apenas por sentirmos medo de abrir a porta de nossos sonhos?

Com estas duas frases vamos pensar e refletir como agimos
diante dos problemas e desafios que aparecem em nossa vida.

Já parou para pensar e viu muitas vezes que diante de problemas que surgem,
muitas vezes sem nem ao menos esperarmos e estarmos preparados para tal,
não sabemos qual atitude tomar
e o que fazer em muitas situações que passamos em nossa vida.
Desesperamo-nos e não conseguimos lidar com o tal problema.
Quanto mais pensamos numa solução para tal, mas ele parece ser difícil e insolúvel.

Quem de nós já não passou por isso?

Posso dizer por mim mesmo, já recuei e me senti impotente diante de situações
que pareciam muito complicadas e que não tinha solução.
Senti-me completamente sem ação e incapaz de conseguir achar uma direção
a tomar para resolver o tal problema.
Com esse pensamento, sofri muito,
desesperei me , senti abandonado, senti me incapaz
e sem estrutura para sequer tentar uma saída.

Agora sabem o por quê?

Pelo menos em relação a minha pessoa, posso dizer que tive medo de arriscar,
de pensar e fazer o que achava certo naquele momento.
Acovardei-me diante não do problema, mas da saída que me veio a mente,
sabia que poderia sair daquilo, mas não tinha coragem de fazer o que devia.

Estava preso a regras e modos de agir que achava que eram certos
e nada funcionaria fora daquele padrão de vida.
Acostumei a ser de uma maneira e agir conforme o que pensava
e entendia que era certo, se fosse diferente nada daria certo.

Quanta idiotice e ignorância da minha parte.

Quando entendi que nada, por maior que seja o problema, fica sem solução.
Basta querer e ter a coragem de agir para enfrenta-lo,
mesmo que para isso, tenha que fazer uma mudança radical no seu modo de pensar e agir.
Entendi que arriscar não significa fracasso.
Significa que estou disposto tentar e vencer o que vem pela frente.

Na mesmice que muitas vezes a nossa vida se torna,
deixamos de ter coragem e valentia para fazer frente a muitas situações
que sofremos em nosso dia a dia.

Quantos não desistem e ficam a lamentar as dificuldades que estão passando,
preferindo o choro, a desculpa, na verdade correndo para não enfrentar
e solucionar suas dificuldades.

Dificuldades que são de todos nós, quem neste mundo esta livre de sofrer?

Aprendi que mesmo nas piores situações
devo procurar enxergar alguma coisa boa do que esta acontecendo,
deixando de lado o pessimismo e a lamentação.
Sei que não é fácil agir assim, fácil falar,
mas aprendi a tentar tirar o melhor dos meus problemas
e situações desagradáveis por que passo em minha vida.

Aprendi a sonhar, deixar a porta de meus sonhos escancarada.
Sonhar, imaginar, pensar em coisas que nos faz bem é
a melhor solução para uma situação adversa por que passamos.

Se estivermos bem e com nossos pensamentos voltados para ideias boas,
com certeza sempre acharemos uma solução para situações que nos incomodam.
A verdade, a honestidade, a sinceridade
fazem parte desta maneira de agir perante os problemas,
Nada será resolvido se não estiver baseado nestes valores.

Sem deixar de mencionar que temos que elevar nossos pensamentos a Deus
e deixar muitas vezes Ele nos guiar em nossas ações.
Coisa que para muitos é difícil de fazer,
pois se julgam capazes para saírem de seus problemas por conta própria.

No meu caso, já me julguei capaz e autossuficiente
para solucionar muitos dos meus problemas.
Descobri que nada sei e nada sou sem a ajuda de Deus nestas horas.

Aprendi a ter humildade e discernimento
sobre o meu limite e capacidade para enfrentar muitas situações
que aparecem em minha vida.

Aprendi a pedir ajuda de Deus e das pessoas que podem me ajudar,
e reconhecer que nada posso sozinho.
E depois entender o quanto a ajuda me foi benéfica
e agradecer de coração o que me foi feito.

Com tudo isso que foi descrito, aprendi que devo quebrar minhas próprias barreiras
e deixar meus sonhos e pensamentos me transformar em uma pessoa melhor
e disposta a enfrentar os meus problemas.

Marcelo Martins
1 compartilhamento

VEJA ALÉM DA JANELA DE SEU QUARTO

Deus todos os dias tem me ensinado a ver além das circunstâncias.
Quase todos os dias, ao acordar,
a primeira coisa que faço é “escancarar“ a janela do meu quarto. O encanto do momento resulta disto.
Depende de como eu desperto a cada manhã.
De como eu presencio o colorido do universo.

Neste momento exclusivo e único, executa isto você também.
Faça o contrário,
ao invés de permanecer apenas observando a solidão que te envolve,
avista também os jardins.
Ao contrário de ficar observando apenas o pesar próximo a você,
admire as cores da aurora.
Ao contrário de mirar somente a névoa de sua existência, firme os seus olhos na aquarela do amor!

Saiba usufruir o dia de hoje para corrigir o seu temperamento,
satisfaça a sua alegria de modo que seja possível renascer os sentimentos de fé que está em você.
A vida nos ensina que tudo começa pela forma que encaramos cada amanhecer,
ou seja, quase tudo começa quando ainda estamos deitados.
A Palavra de Deus nos ensina que a Misericórdia e a Bondade de nosso Criador
se regeneram neste espaço de tempo, quando o dia está prestes a nascer,
quando o sol está disposto a manifestar-se.

Na minha ignorância não tenho capacidade de saber como você acordou.
Sei apenas que o luzir do sol que ilumina nosso dia é a Luz de Deus
e esta Luz depende unicamente da minha e da sua vontade,
da humildade e paciência de encarar as coisas como elas são.

Não sei como você acorda a cada dia.
A única coisa que eu sei é que o brilho dos nossos dias depende unicamente
de como fazemos com que a vontade de Deus se manifeste nas nossas ações.
Isto talvez seja visível na humildade,
na paciência, e no nosso modo de ser.

Tudo isso depende, exclusivamente e simplesmente,
do modo pela qual levantamos a cada dia
de nossa cama...

Sonia Souza
1 compartilhamento
Tags: veja além

A FORÇA DO ISOLAMENTO

Determinado como circunstancia de momento, o ato de se isolar,
na medida em que se aloja no íntimo de alguém,
pode passar a falsa impressão que este estado de espírito
pode resultar em algo construtivo,
porém isso nem sempre é verdade
e o resultado pode ser muito prejudicial.

É claro que todos nós em certos momentos temos a necessidade de
desfrutar de alguns instantes de solidão,
para repensar nossa vida e nossas atitudes,
ou precisamos estar só para realizar um serviço que exige a máxima atenção.
O isolamento parcial ou total reflete de forma negativa
quando toma um aspecto fundamental na vida do ser humano.

Devemos prestar atenção às características praticáveis pelas pessoas.
Os sentimentos que cada um carrega em si:
afeição, carinho, amizade, competência,
realização profissional, coletividade e o individual.
Alguns podem inclusive até ser prósperos em alguns pontos,
mas exatamente no seu “eu” interior, ele se reconhece e
almeja ser o oposto do que na verdade ele é,
e ao perceber que é como um reflexo no espelho
bate a solidão, o desejo de se isolar.

Quando homem ou mulher não sabem driblar as dificuldades,
quando não sabem suportar as aflições, carências e angústias,
fornecem um terreno favorável para que os sentimentos inconvenientes se alojem neles.
O resultado disso é o isolamento até consumir-se.

O estar só não é meramente casual.
Conheço pessoas que vivem sozinhas e são alegres,
otimistas e sabem curtir a vida de maneira saudável e prazerosa.
Tem sonhos e objetivos muito bem definidos,
vibram com os pequenos acontecimentos que ocorre no dia-a-dia de sua existência.

No entanto há os pessimistas,
estes enxergam somente o lado obscuro das coisas,
azedam com suas atitudes o ambiente a sua volta,
vivem das más experiências do passado,
lamentam-se de tudo, e de todos.

Parece que sente prazer em sofrer e se lamentar,
pensam que estão atraindo a atenção de todos para o “seu sofrimento”.
O porquê destas atitudes?
Qual o fundamento e a explicação para agir desta forma?
Lamentar e lamuriar resolve os problemas?
O que fazer para ajudar estas pessoas a saírem destas situações?

Para ultrapassar as barreiras do isolamento
é necessário avaliar a natureza e a história de cada um,
saber diferenciar o que é estar só pela vida.
Viver a vida mais descontraidamente,
se abrir e trocar experiências com seu companheiro.

Aprender a administrar os sentimentos é de suma importância para vencer
as mágoas, a rejeição, o vazio interior
e a depressão que o isolamento provoca.

Ou aprendemos a viver positivamente
ou então só nos restará um caminho.

Que saibamos batalhar para conseguir vencer!

Sonia Souza
1 compartilhamento
Tags: força isolamento

SERÁ QUE SOMOS INCONFORMADOS OU MEDÍOCRES PARA NÃO ACEITAR MUDANÇAS.

Dias atrás fiz uma postagem aqui no site sobre umas leis mais absurdas que existem por ai, e acho que esta faltando uma lei naquelas que lá existem.
Uma lei que seja aplicada às pessoas que querem trabalhar honestamente e com seriedade, tal lei poderia ter o objetivo de desanimar e fazer com que esta pessoa não produzisse nada.

Já pensou que beleza seria esta lei?
Imagina só se a pessoa quisesse trabalhar e desenvolver em sua profissão fosse aplicada tal lei. Seria uma aberração uma coisa desta não?

Pois é, mas mesmo sem haver tal lei, muitas das vezes passamos por problemas com relação ao simples fato de querer trabalhar certo, de querer executar as coisas dentro de uma forma honesta e correta.
Muitos profissionais são tolhidos de suas atribuições por pura incompetência ou até mesmo por motivos escusos de outras pessoas que apenas enxergam seus próprios interesses e não querem que ninguém se desenvolva.
Tais PESSOAS se acham no direito de desacreditar e menosprezar quem realmente quer trabalhar. Estas tais pessoas que não deixam as coisas melhorarem a sua volta. Acham-se e julgam-se muito inteligentes e donos da verdade e das pessoas. Na realidade são pessoas frustradas e pobres de espirito, e tem uma capacidade reduzida de entendimento e de avaliação.

Tal atitude muitas vezes esta ligada a falta de conhecimento e falta de visão em uma determinada situação, não deixando de citar que em várias situações esta incluído o despeito e a inveja por uma serviço que ela mesmo não pode executar e desenvolver.
Portanto restando apenas a atitude de crítica e desagrado com quem é competente e apenas esta querendo produzir. Esta atitude representa nada mais que uma forma idiota de mostrar uma ação sobre outra pessoa. Contudo, isto não basta para desanimar quem esta agindo com honestidade e com objetivos verdadeiros.

Pessoas assim não passam de profissionais inconformados com sua própria incapacidade em lidar com quem muitas vezes é superior a eles mesmos. Haja vista, que neste tipo de GENTE o que mais encontramos é autoritarismo, prepotência, arrogância, e por fim, INCOMPETÊNCIA.
Pessoas como estas a que estou me referindo usam de mentiras, armações, dissimulações, fofocas e diversas ferramentas para denegrir e prejudicar outras pessoas, isto é comum nestas situações. Com estas atitudes acabam com profissionais e sua disposição em trabalhar com eficiência.

Em todas as áreas é preciso reciclar e sempre melhorar, procurar oferecer o melhor em detrimento de sua função. Quem não entende isso este fadado a ficar parado no tempo, imerso em seus objetivos ultrapassados e já sem uso.
O novo assusta, mas é um desafio que muitos não têm a capacidade de aceitar por medo de sair de seus conceitos muitas vezes já definidos por uma situação ou pessoas.
Muitas destas situações são colocadas e mantidas como certas para que as coisas continuem sempre iguais e sem nenhuma melhora, porque na verdade, o que realmente interessa é que a situação seja sempre a mesma, nada pode fugir do controle, controle este feito por algumas pessoas que nada querem a não ser seus interesses e que nada seja feito em beneficio da melhora de um serviço ou função.

Estar atrelado a estas pessoas significa uma completa burrice em termos de enxergar a verdadeira situação vivida. Tolos os que se submetem a estas pessoas.
Em situações assim, vemos que não há comprometimento, lucidez e profissionalismo, o que há é somente dissimulação e enganação.

Esta é a grande verdade!

Marcelo Martins
1 compartilhamento
Tags: inconformados medíocres

QUAL O FIM PARA TANTA ARROGÂNCIA?

Muito além da capacidade intelectual e profissional, conceito básico para qualquer ser humano está à capacidade de reconhecer que nem sempre aqueles que se acham os donos da verdade, os sabedores e entendidos de todas as coisas, não passam de meros expectadores, pessoas ignorantes e insignificantes diante das diversidades de opiniões e personalidades que todos os dias desfilam diante de nós, mesmo assim, diante de tantas provas, ainda preferimos viver na ignorância sem levar em consideração que nem sempre somos “detentores” do saber pronto e acabado, ou seja, nenhuma verdade é indiscutível.

É muito raro, especialmente em dias atuais, presenciarmos uma pessoa que consiga trazer em si a humildade, principalmente aquela em admitir seu próprio erro, porque, para chegar a esta conclusão a pessoa precisa muitas vezes engolir seu próprio orgulho e isto sem sombras de dúvida é algo muito além daquilo que esperamos do outro e especialmente de nós mesmos.

Estamos tão mal acostumados a um sistema que valoriza o poder e o ter, que tudo que vivenciamos passa a ser normal e representativo afinal tudo não passa em outros termos a ser a lei da sobrevivência: Temos que matar um leão por dia!

Na verdade, a cada dia que passa, estamos nos distanciando das pessoas e na maioria das vezes estas pessoas estão bem próximas a nós, mas o nosso individualismo nos cega e nem nos lembramos de mais dos conceitos básicos da boa convivência, aquele de ser querido e valorizado pelas pessoas.

A nossa chance de obter sucesso é inversamente proporcional ao número de inimigos que criamos em nossa jornada, embora nem sempre procurássemos estes inimigos e muitas vezes eles surgem em nossa vida devido à inveja. Mas em todas estas coisas precisamos ter autoconfiança, sem, contudo, nos agarrarmos ao egoísmo e arrogância. Jamais devemos confundir arrogância com a coragem, ousadia liderança e segurança em nossas ações.

Devemos sempre nos lembrar de que as pessoas arrogantes colecionam fracassos, embora nem sempre financeiros, mas todos os fracassos sempre são justificados e cada justificativa incabível, gera outro fracasso e tudo se torna como um ciclo vicioso, aquilo que nunca é interrompido.

A pessoa arrogante tem algumas características facilmente reconhecidas:

Nunca se acham arrogantes, e na opinião delas apenas defendem seus “pontos de vista”, claro aqueles que são viáveis para elas.
Quando tomam uma rasteira, a culpa é sempre dos outros ou então a sorte não o abandonou.

Quer sempre atingir o sucesso dos outros, e se porventura o sucesso que quer para si, pertence a alguém próximo, isso o incomoda profundamente ao ponto de ficar doente.

Jamais, por razão nenhuma elogia a conquista dos outros, e faz de tudo para achar defeitos naquilo que o outro faz. Humilha e destrata quem o desagrada ou tem opinião diferente da sua e sempre acha que tem controle sobre tudo, inclusive sobre as pessoas, fazendo com que a sua vontade prevaleça sobre qualquer outra, critica a todos e dificilmente agradece alguém por um favor recebido.

Estes infelizes pensam que agindo assim, com arrogância e desconsideração, podem conseguir o que querem, se bem que sempre conseguem, mas aqueles que conseguem o que querem é em curto prazo, e o que elas perdem o que há de mais precioso na vida: a amizade, o respeito e o carinho, jamais serão reconquistados!

Sonia Souza
1 compartilhamento
Tags: arrogância

Um pequeno exame de consciência

Vivemos cada dia de nossas vidas situações de que é melhor não lembrar por várias razões. Sendo que passamos por situações que nada acrescentam em nossa maneira de pensar e agir.
Somos pressionados, somos enganados, iludidos, ofendidos e por ai vai, o histórico é grande de maneira que sofremos por algum motivo ou interesse de outras pessoas.
Passamos em várias ocasiões por acontecimentos que se pensarmos com calma e coerência vê que nada daquilo realmente nos interessa e nos faz bem, muito pelo contrário, nos faz é muito mal, seja fisicamente e espiritualmente.
Convivemos com pessoas que se acham superiores e tem por hábito pensarem que mandam e são donas da verdade, que o melhor é seguir suas ordens e ter a mesma visão que elas têm.
Como são ignorantes estes seres! Nos causa é nojo e repulsa. São pessoas desprovidas de uma coisa muito importante nesta vida.
Falta de caráter e serem verdadeiras em suas atitudes.
Em quantas ocasiões de nossas vidas convivemos e estamos sujeitos a encontrar com este tipo de gente pela frente. Todos já passaram e vão passar por isto em suas vidas, seja num ambiente doméstico ou em seu trabalho.
O que falta em muitas pessoas para encarar essa situação é firmeza de pensamentos e ideias próprias do que realmente pode fazer para se livrar de tal situação ou pessoas que assim agem.
A falta de coragem de reagir a tal pressão leva a submissão aos desejos e ordens de que muitas vezes não concordamos e nem apoiamos.
Tal situação vivida desta maneira acaba por matar o que há de melhor dentro de nós, seja: honestidade, humildade, coerência em nossas atitudes, o nosso pensar.
Já passei por isto diversas vezes, muitas delas me fizeram muito mal, mas entendi e procurei uma maneira de sair disto. Entendi que deveria optar por minha liberdade de pensar e agir livre em minhas atitudes e ações. Admito que não fosse fácil algumas vezes, perdi emprego, fui perseguido, fui pressionado, fui enganado, fui taxado de bobo, mas tive firmeza e acreditei nos meus valores e objetivos.
Hoje não sofro deste mal mais, ninguém me diz o que faço e como faço ninguém direciona meus passos e visão sobre o que quero e vou fazer em minha vida. Aprendi a ver com meus próprios olhos e a pensar e raciocinar de maneira própria.
Não me intimido mais com estas pessoas, seja quem forem. Me expresso e dou minha opinião sobre o que penso e o que acho. Aprendi a me valorizar e ter respeito por mim mesmo. Hoje até torço por uma opressãozinha acontecer, é bom sempre estar lutando e descobrindo de como é bom viver livre e sem dono da verdade.
Quanto às pessoas que agem assim?
Felicidades para elas! Não fazem diferença e nem me importo mais.
Sua força esta justamente em oprimir e levar a sua vontade sobre os outros, cortado este laço, este “ser” perde sua força sobre as pessoas.
Na realidade tenho é dó de um ser humano assim falta de humildade, verdade, consciência, coisas que fazem muito bem para a vida da gente. Poder e dinheiro podem ajudar realmente, mas não é tudo, sempre isso passa, o que fica é seu modo de vida e como encara e age com seu semelhante.
Assim penso e assim ajo em minha vida, certo ou errado isto EU DECIDO.

Marcelo Martins
1 compartilhamento
Tags: consciência situações

Será que todos que dizem o que querem estão preparados para ouvir a verdade?

Na realidade acho que não, vivemos em um mundo de hipocrisia e falsidade, enganamos os outros e a nós mesmos. Nunca somos honestos e transparentes de verdade, sempre há alguma coisa para se esconder dos outros, seja por interesse próprio ou falta de caráter mesmo.
Sempre encobrimos a verdade em várias situações, a verdade para cada um de nós representa sempre o interesse próprio, não o que é realmente verdadeiro.
Sempre haverá quem vai enganar dissimular, inverter situações e palavras, essa é a grande verdade em nosso cotidiano, seja em casa ou no ambiente de trabalho.
Sempre haverá quem quer impor sua opinião a qualquer custo, mesmo que esta opinião não condiga com a verdade apresentada numa determinada situação.
Vivemos isso todos os dias em nossas vidas, sempre haverá pessoas dispostas a ludibriar as outras com ideias erradas e argumentos sem fundamento sobre determinadas situações.
Cabe a cada um ter o discernimento de conseguir enxergar estas pessoas e suas armações, não caindo em conversa fiada e enganosa e que na realidade sempre há algum interesse por trás destas ações.
Pessoas com esta maneira de agir representam um perigo ao que é certo e verdadeiro em uma situação, por que invertem e tentam manipular palavras e conceitos em favor próprio ou em nome de outros, conforme seu interesse. Nesta categoria de “pessoas”, podemos identificar o bajulador, o interesseiro, o dedo duro, isso é muito comum em pessoas que vivem dependentes de cargos e sob ordens de seus superiores e não tem firmeza de caráter para deixarem de agir assim.
Preste atenção se ao seu lado não identifica um “ser humano” deste quilate.

Marcelo Martins
1 compartilhamento
Tags: verdade ouvir

QUEM AMA CUIDA E EDUCA

Não é de hoje que ouvimos falar e isso é verdade, que a educação de um indivíduo constitui e sempre será a base de qualquer sociedade, que busca uma evolução, seja moral ou intelectual. Infelizmente podemos observar que na sociedade atual, este setor não é a prioridade das políticas públicas, embora este fator ficasse muito bem camuflado, porque ouvimos uma propaganda muito bem elaborada, riquíssima e de alta qualidade, mas que em quase nada condiz com a realidade das inúmeras situações deploráveis que circundam a educação, (professores mal remunerados e insatisfeitos, escolas que não sofreram qualquer tipo de avanço, alunos mal educados, pais que não ensinam mais os valores a seus filhos, enfim, poderia citar milhares de exemplos de como a educação, hoje é deixada o segundo plano). Não basta somente tornar obrigatório o ensino dos 4 aos 17 anos, mas é preciso que tenha um comprometimento muito maior e buscar alternativas que consigam manter este sujeito na escola e que garanta que realmente ele irá se constituir um cidadão que cobre seus direitos mas que também seja ciente de suas obrigações.

Será que a escola dará conta de apresentar a sociedade um ser que passou 14 anos em seu poder e que este mesmo ser está qualificado para o mercado de trabalho e para viver em sociedade e lutar por seus direitos ou será que isto seria apenas um plano muito bem arquitetado com o intuito de camuflar o interesse daqueles que estão por trás de tantas leis criadas e nem sempre aplicadas.

Um outro fator agravante para o desenvolvimento educacional da pessoa está ligado a questão familiar, que no mundo atual está cada vez mais desprovida de qualquer valor, seja espiritual, material, moral ou ético.

Quem nunca ouviu dizer que hoje tudo é permitido? Há uma corrente empenhada a nos manter de olhos vendados, ouvidos tapados e boca cerrada a uma estrutura totalmente contrária aquilo que sabemos ser moralmente incorreto, estamos nos acostumando a estes modernismos!

Sabemos que a educação básica é obrigatoriedade do governo, e que isso não é cumprido de forma adequada, devido a vários fatores que enfatiza o desenvolvimento integral da criança e sua formação essencial, para que no futuro ela possa exercer a cidadania. O ser humano não pode ser visto apenas como números, seu valor não poder estar agregado apenas a uma estatística. O que de fato deveria ocorrer, seria instituições de ensino adequado, com educadores estimulados, e preparados com condições favoráveis a um trabalho digno e que garantisse à permanência dos alunos no ambiente escolar.

A família é quem dá suporte na formação da criança. A educação que ela recebe em casa é a coluna que sustentará esta criança para um futuro melhor e mais humano, é suposto que todo ser precisa e necessitam de carinho, amor e princípios.

Infelizmente, os pais estão delegando esta responsabilidade a terceiros e a consequência disso é que a instituição família está perdendo sua força na sua concepção e se encontra num processo de falência, criando adultos frustrados, insatisfeitos e incapazes de resolver seus problemas.

É urgente encontrar, em todos os poderes constituídos: sociedade, estado e família, cada um fazendo a parte que compete à transformação possível e necessária para mudar esta situação.

Sonia Souza
1 compartilhamento

FELIZ DIA DO TRABALHO

Hoje comemoramos o DIA DO TRABALHO, ou pelo menos é o que dizem para ser feito. Deveria ser um dia de celebração, para festejar direitos e uma consciência de que somos realmente valorizados em nossas profissões.

Mas vejo que para atingir um nível aceitável de leis e de normas que verdadeiramente proteja e de garantias a um trabalhador, ainda faltam algumas, senão muitas atitudes para afirmar que realmente temos um dia do trabalhador. Todas as classes de trabalhadores almejam e tem anseio por mais justiça e direitos.

Não basta apenas um dia de comemoração, há muito porque se lutar ainda para realmente todas as classes terem seus direitos aplicados em seu benefício.

Ocorreram várias conquistas, como:
A legislação trabalhista dos trabalhadores rurais, nos anos 60 e finalmente a inserção crescente no mercado de trabalho das mulheres que por sua vez sempre foram marginalizadas com relação ao trabalho.

Mas também podemos observar que ainda há muito pelo que se fazer. Mulheres ainda ganham menos que os homens, a também a relação de preconceito muitas vezes velada com relação à cor da pele, ou seja, pessoas tidas como brancas tem ganhos maiores que os tidos como negros.

É comum também aparecer denúncias de trabalhadores que vivem em regime de escravidão e sem qualquer direito trabalhista.

Outra questão se refere ao trabalho infantil e muitas vezes desumano.

Uma questão também de grandes preocupações e sofrimento é o fator previdenciário, que por muitas razões dificulta a aposentadoria, e este trabalhador ainda sofre com mais esta carga em sua vida profissional, sendo que após prestar uma vida de dedicação há sua profissão não consegue seu merecido descanso.

Na verdade, o que podemos constatar é que para realmente comemorarmos um dia do trabalho verdadeiro é preciso que seja dado ao trabalhador a qualificação necessária, sendo que sem isto este trabalhador não atinge uma boa condição de trabalho e remuneração.

Nesta linha de raciocínio vemos que a consciência deste trabalhador quanto aos seus direitos e obrigações deve ser muito bem trabalhada, sejam com palestras, cursos técnicos a nível federal, estadual e municipal, incentiva e motivação para que se qualifiquem cada vez mais em suas funções, remuneração digna com sua função, respeito à pessoa humana.

E também não podendo esquecer que não é só de qualificação técnica que se faz um bom trabalhador, mas sim esta qualificação associada a uma formação mais direcionada para o ser humano, sendo que com estes atributos ele desenvolve uma noção de censo crítico e por que não dizer, de cidadania. O que o faz ter noção de seus direitos e obrigações e lutar por melhorias e mais conquistas para sua classe de trabalho.

Marcelo Martins
1 compartilhamento

O QUE FALTA É CONSCIÊNCIA

Em todas as atividades e profissões o que mais atrapalha o desenvolvimento e crescimento é uma simples atitude de quem a exerce, a falta muitas vezes da consciência sobre o que deve e pode fazer em sua atividade.

Analisando com um pouco mais de calma sobre o que vivemos atualmente, vejo que a falta de consciência em várias ocasiões nos força a aceitar situações que na realidade poderiam ser completamente diferentes se realmente tivéssemos mais atenção e conhecimento, dentro deste raciocínio, imagino eu que a falta de uma consciência nos faz aceitar algumas coisas como:

As situações da vida sempre acontecem por acaso e não controlamos isso. Será que realmente não podemos controlar atitudes para não gerar determinadas situações para nós mesmos?

Que nos julgamos tão importantes e poderosos que nos atribuímos o titulo de donos de tudo e de todos que nos cercam. Será que realmente somos tão poderosos assim?

Que para sermos bem sucedidos e felizes temos de vencer de qualquer maneira os outros que estiverem em nosso caminho. Será que pela nossa falta de consciência não pisamos e humilhamos as outras pessoas para vencermos?

Que o mais importante para ser feliz é sempre possuir e ter sempre mais do que o outro e não importando em ser alguém. Será que TER é melhor do que SER?

Outra coisa é a forma como julgamos as pessoas, tecendo comentários sobre fatos que muitas das vezes nem sabemos se é verídico. Será que não é dai que partem tantas fofocas e palavras que denigrem outras pessoas?

Que para que melhoremos e façamos algumas coisas sempre tem que partir a atitude e responsabilidade dos outros e não de nós mesmos. Sempre queremos que alguém faça por nos mesmos.

Muitos acham por falta de consciência que quem governa e cuida de todos nós são as autoridades, ou seja, o governo. Uma grande balela isso sim, somos donos de nosso destino.

Outra coisa também muito importante é que muitos acham que uma classe mais rica direciona e nos faz acreditar naquilo que pensam e querem. Será que não é por esta razão que sempre esta mesma classe quer o povo sempre sem instrução e conhecimento? Fica muito mais fácil manobrar quando não há consciência e clareza de seus direitos.
E que por esta razão, damos muito valor ao que esta sociedade dita como devemos ser e agir.

Outro ponto também, é que sem consciência sempre somos as vitimas indefesas e desprotegidas para que sintam compaixão por nós, sempre tendo que seguir as orientações de alguém para sermos protegidos e felizes. Outro engodo que nos fazem acreditar. Se soubermos de nossos direitos não precisamos nos humilhar para conseguirmos o que precisamos.

Outro absurdo a que estamos sujeitos também é que para sermos uma boa pessoa temos e necessitamos sempre agradar aos outros, mesmo que isto nós faça mal.

Outro ponto é a concepção que damos ao modo de viver com relação há outras pessoas, sendo que muitas vezes damos importância à inveja, a mentira, a calúnia e a injustiça como uma maneira certa de agir com nosso próximo.

Com muita importância também, é o fator financeiro. Que sem consciência, sempre colocamos o fator “dinheiro” acima do valor “humano”, não importando o que tenhamos que fazer para ganhar mais, pouco importa a situação do outro, o que vale é eu ganhar dinheiro, e de preferência muitos mais do que o outro. Que o que realmente é importante é o lucro.

Na verdade, sem consciência fazemos uma grande confusão e nunca prestamos atenção que muitas vezes aceitamos uma situação em que uma autoridade dita regras como sendo uma verdade, e não temos discernimento de entender que é justamente ao contrário que se tem que pensar, é que se tendo consciência de uma verdade é que ela te da autoridade.

Marcelo Martins
1 compartilhamento
Tags: consciência crescimento

COMO LUTAR POR UM DIREITO É TÃO DIFICIL

Tenho presenciado através de todas as mídias noticias de movimentos por melhores condições de trabalho de várias categorias de trabalhadores.

O que posso notar é que a uma dificuldade enorme de se conseguir as reivindicações que cada categoria quer e precisa para melhorar, mesmo que estas reivindicações sejam simples e por direito.

Há categorias que estão abandonadas quanto aos seus direitos mais básicos, seja na falta de condições de trabalho, seja na falta de remuneração digna por seu trabalho, seja no abandono de investimento e a falta de interesse que esta categoria se desenvolva.

Vou citar, por exemplo, no caso dos professores.

Qual é o problema que não se pode realmente conceder os direitos a que esta categoria tem por lei?
O que é tão complicado e difícil de ser feito para que esta categoria seja vista com outros olhos quando ela reivindica um direito tão básico para seus integrantes?
Qual o problema em lutar por uma melhora de qualidade e vida em sua profissão?
Por que lutar por direitos que são verdadeiros torna estas pessoas mal vistas e associadas a uma ideia de que querem simplesmente causar problemas?

Com a palavra as autoridades.
Que elas expliquem o porquê de tantas perguntas ficarem muitas vezes sem respostas. E quando estas perguntas são respondidas sempre há uma desculpa para a não solução deste problema.
Vejo desculpas das mais esfarrapadas e sem o menor consenso muitas vezes, sempre há desculpa de falta de recursos financeiros, sempre se associa a solução a outras questões que nada tem haver com a categoria, são criadas e inventadas as mais diversas formulas magicas para iludir e sempre postergar as reivindicações.

Muitas vezes é usado a coação e todo tipo de pressão psicológica para que a pessoa desista de suas reivindicações e usado para isso mecanismos que estas autoridades têm em suas mãos.

Se for um direito adquirido da categoria, o porquê destas reações destas autoridades?
Aonde esta a tão falada boa administração para a coletividade? Ou estas pessoas não fazem parte desta coletividade?

Não seria melhor, em vez de pressão, uma boa e justa negociação para a solução de um grave problema? De que adianta fechar os olhos para uma situação desta, se vemos que a cada dia, este profissional esta cada vez mais desiludido com sua profissão (não a profissão em si, mas como ela é vista e tratada), Como todos nós seja como sociedade organizada podemos cobrar um serviço de qualidade se nem o direito deste profissional é atendido.

Esta categoria não pede favores, pede simplesmente que seja valorizada e respeitada em seus direitos válidos perante a lei.

As "autoridades" não têm de ser boazinhas ou fazer favorzinhos não, não faz mais que a obrigação de respeitar e cumprir com seu trabalho corretamente, afinal é para isso que estão lá. Não se pode pensar de outra forma não! Nenhuma destas “autoridades” tem que ser confundidas como se fossem um amigo, um irmão, ou uma pessoa que esta fazendo um grande favor por sua coletividade, ela é simplesmente uma pessoa que tem que cumprir a lei e ver o que é melhor para dar uma vida melhor a seus cidadãos.

Os recursos são públicos e são eles que pagam estas melhorias não esta autoridade, jamais caia nesta conversa, não se deixe iludir. Que haja a tão propagada transparência nas atitudes, mas que de transparente não tem nada na verdade.

Marcelo Martins
1 compartilhamento
Tags: lutar direito

Uma classe chamada de PROFESSORES.

Através de várias situações que vemos em nosso dia a dia a respeito da educação, podemos de uma maneira geral constatar que a realidade é uma só.
A educação no Brasil esta sendo marcada por verdadeiros descasos, por um completo abandono e improvisações. Podemos ver que a classe de educadores esta sendo vilipendiada em muitos de seus direitos. Com isso estes educadores de certa forma são explorados em suas funções e atribuições, causando muitas vezes o abandono da profissão, o desinteresse, e até mesmo a decepção com sua carreira.
Não consigo ver e nem entender como uma sociedade e seu governo se tornam incompetentes para entender e compreender que a educação merece e deve ser a prioridade.
As lutas e reivindicações desta classe são para que haja a valorização do professor e por seus direitos.
Devemos ter em mente que estes profissionais são maltratados e mal remunerados em suas funções, temos de ter repúdio pela forma como muitas vezes são tratados.
E de certa maneira, esta luta destes professores por seus direitos, deve ser vista como uma luta de todos nós, por que disto? É simples a resposta!
Quem cuida da educação de seus filhos?
Sendo mal remunerado e sem estimulo em sua profissão, como podemos cobrar deste trabalhador da educação eficiência e um bom trabalho.
A verdade é uma só, os professores são mal pagos, desrespeitados, vilipendiados, impedidos por vários fatores de exercer com dedicação sua profissão, obrigados a atuar muitas vezes em duas ou três escolas para manterem suas próprias famílias. São impedidos de se atualizarem e tem seus direitos tolhidos por politicas e chefes que muitas vezes são da própria classe. Como é possível um professor em cargo de chefia que foi indicado por politica trabalhar contra a própria classe, vemos isso muitas vezes em vários lugares. Isto é só um dos problemas que se enfrenta hoje.
É na certeza que este profissional bem remunerado, incentivado e com condições de trabalho dignas é que penso que cada aluno possa ter a possibilidade de passar por uma professora ou um professor que seja visto mais que um “funcionário“ ou um simples trabalhador, que consigamos ver uma pessoa dedicada e comprometida, lutadora e disposta a ensinar muito mais do que o simples bê-á-bá. Mas sim um profissional que seja bem remunerado, capacitado, eficiente, onde que, por estas razões, ele se torne, respeitado pela sociedade.
Esta atitude é fundamental para que a educação melhore em todos os níveis.

Marcelo Martins
1 compartilhamento
Tags: professores classe

CONSTRUINDO NOSSO SER

A Liberdade que temos, mesmo que esta “liberdade” não seja de forma absoluta, nos desafia a viver uma proposta responsável e coerente na forma como organizamos nossa vida, no sentido que damos à nossa existência e no modo como resolvemos os problemas que surgem.

Toda ação que praticamos provoca uma reação. Medir as consequências de nossas atitudes e ações é um grande desafio no processo de construção do nosso ser.

Sonia Souza
1 compartilhamento

MENTIMOS PORQUE SOMOS COVARDES, OU PORQUE SOMOS EGOÍSTAS?

Estamos tão acostumados a conviver com a mentira e a covardia, que nem prestamos mais atenção no que acontece a nossa volta e chegamos ao absurdo até de duvidar quando alguém age verdadeiramente, parece que de tanto conviver com a mentira, a falsidade, o egoísmo e a covardia, não nos damos mais conta do que é real e verdadeiro e deixamos estas coisas tão destrutivas, comandar nossas atitudes, então passamos a enxergar tudo que há de mentira como verdade.
Será que a pessoa mente, simplesmente porque ela é mentirosa ou porque ela é covarde e a covardia faz com que ela seja dissimulada, mentirosa e manipuladora, levando-a a uma cegueira que muitas vezes se define de uma forma egoísta, de maneira a se beneficiar da mentira para ter vantagens.
A pessoa quando se habitua a mentir, passa a acreditar na própria mentira, ela chega ao absurdo de fingir-se de ofendida e se questionada, se não houver saída, obviamente ela tenta justificar o injustificável, arranja maneiras de atacar e agride verbalmente quem se opuser a sua opinião e arruma pretextos, logicamente se fazendo de vítima ou mentindo mais ainda.
Podemos nomear este conjunto de atitudes como: DISSIMULAÇÃO E MALDADE!
É bom termos em mente que, aqueles que agem desta forma, são justamente os que mais julgam o comportamento dos outros, esquecendo-se do seu próprio. Ou será que nunca ouvimos alguém dizer que o fulano mente, extorque e tira vantagem. Muitas vezes somos nós mesmos que agimos assim, e criticamos nos outros, atitudes que incomodam a nós mesmos, por sermos praticantes de tais atitudes.
Resumindo: a mentira destrói, humilha e engana, sempre com um único objetivo que é tirar vantagem, ações que na maioria das vezes encobrem a covardia e a falta de caráter de quem a pratica. É necessário termos a convicção que não existe mentira construtiva ou mentiras necessárias para justificar nossos atos, em tudo que praticamos existe uma linha que divide o que é certo e coerente daquilo que é “Conveniente”.

Sonia Souza
1 compartilhamento
Tags: covardes mentimos

SERÁ QUE HÁ UM SENTIDO EM NOSSA VIDA COTIDIANA

Acredito quem em nossa vida cotidiana, somos nós que fazemos a nossa própria história neste pequeno mundo em que vivemos, somos donos de nossos pensamentos e de nossas atitudes.
Não é preciso muitas vezes de grandes pensamentos ou atos de grandiosidade, na maioria das vezes são com meras atitudes e ações que vamos construir este cotidiano.
Nestas ações que praticamos sejam elas boas ou más, é criada a maneira como vamos nos comportar neste cotidiano em que vivemos.
Assim entendo que tendo como parâmetro alguns valores como:
Honestidade, respeito, carinho, educação dentre outros, tenho a impressão de que cada um de nós tem um papel expressivo e importante na construção deste cotidiano que vivemos todos os dias.
Nossa vida é atribulada e cheia de problemas (quem não os tem) passamos por situações que fazem nosso dia a dia ser extremamente sofrido e desgastante. E muitas vezes estamos tão imersos em nossos problemas que sequer reparamos que eles fazem parte de nossa vida cotidiana, se estão ali para nos atrapalhar.
Não nos damos conta que se mudarmos nossa forma de pensar e agir em alguns casos pode sair deste cotidiano que em muito nos atrapalha e irrita.
Quem de nós que já não quis largar tudo e sair correndo para outro lugar e esquecer-se de tudo na hora.
Nesta vida atual em que vivemos a verdade é uma só, a cada dia temos que matar um leão,
São problemas que surgem do nada e na realidade não podemos ignora-los. Em nossa vida cotidiana temos de ser guerreiros em várias questões que enfrentamos, e em muitas delas não há como fugir e nem fingir que elas não existem.
Em várias ocasiões vem em nossos pensamentos que seria melhor nem levantar da cama, por que sabemos que aquele dia vai ser complicado e muito estressante.
Mas creio eu que é exatamente nestes dias que realmente vamos colocar nossas qualidades e vamos testar como vamos nos controlar e lidar com o que nos trás tanto aborrecimento.
É nesta situação que podemos averiguar até onde vão nossos limites e até que ponto estamos dispostos a resolver os problemas que surgem a nossa frente.
Acredito que é nesta luta cotidiana de dificuldades e apreensões que amadurecemos e crescemos como pessoas, por que através desta luta procuramos vencer e sempre superar nossas limitações e medos, que na realidade todos nós temos.
Esta é a nossa vida cotidiana que sempre vamos enfrentar enquanto estamos neste mundo.
Tendo sempre em mente que acabado um dia difícil, sempre haverá um novo amanhecer e um novo desafio a ser vencido. Esta é a razão de nossa vida, muita luta e aprendizado sempre.
Pois através destas dificuldades superamos nossos medos e limites e nos tornamos mais fortes e confiantes.

Marcelo Martins
1 compartilhamento
Tags: sentido cotidiana

ORIENTE SUA MENTE PARA O SUCESSO

Quando damos mais ouvido a opiniões adversas e ignoramos o que achamos correto e sensato, poderemos correr o risco de sermos desmotivados, acarretando uma série de problemas que poderá resultar em derrota. Isso não quer dizer que não devemos ouvir a opinião de outras pessoas, pelo contrário, devemos ouvir analisar e tirar proveito do que for positivo e descartar aquilo que não acrescentaria nada de bom em nossos projetos.

Ter um objetivo claro já é um grande começo, para não nos deixar levar pelo pessimismo de tantas pessoas que estão a nossa volta.
“Encarar os obstáculos e isolar as vozes, que de tanto que já ouvimos agora elas surgem do nosso interior gritando:”
“Desista, você não vai conseguir, é muito difícil”.

Há situações em nossa vida, que devemos nos fazer de surdos, porque se dermos ouvido a tanto negativismo, provavelmente não chegaremos a lugar algum e acabaremos desistindo dos nossos objetivos.

Se quisermos ter sucesso, não devemos em hipótese, alguma dar valor excessivo as opiniões alheias para não corrermos o risco de nos deixar influenciar a ponto de nos desanimar com palavras que não tem outro objetivo, senão nos desencorajar.

Sonia Souza
1 compartilhamento
Tags: mente sucesso

Sem Vergonha de ser honesto

Atualmente, é fato corriqueiro presenciarmos a desonestidade nas esferas social e política. É como se a pessoa sentisse vergonha de ser honrado e honesto.
Cada vez mais vemos a injustiça crescer e dominar o mundo, e a desonestidade tomar proporções incalculáveis, parecem que para ganhar poder, ser bem visto admirado e aplaudido, é necessário usar todas as armas disponíveis, mesmo que seja de maneira desonesta e ilegal. O que realmente importa é ser notado.
É comum vermos pessoas que vivem na desonestidade e para justificar tal atitude, usa o seguinte termo: “Todo mundo faz, porque não posso fazer também”, elas acham que com isto, sua consciência fica livre e isenta de qualquer peso, aliás, nem refletem sobre seus atos. É uma ação lamentável a atitude de pessoas que agem assim, demonstrando um grande equívoco nos valores morais aprendidos e divulgados por elas.
Será que nunca tivemos tempo de parar para pensar que todos nós, possuímos um espírito livre e independente, e que um dia receberemos a recompensa de acordo com nossas obras.
Somente nós, responderemos por nossas ações, a ninguém mais foi dado este privilégio.
Mesmo que na concepção da maioria prevaleça à desonestidade como caminho para ganhar poder, cada um será responsabilizado, individualmente, segundo nossa própria consciência.
Assim, em minha opinião, não devemos nos permitir entrar na onda que perpassa os mais altos padrões da sociedade, e nem nos deixar levar pelos caminhos mais fáceis, que podem ser resumidos em desonestidade e corrupção, não é porque todo mundo faz, que tenho que fazer também. Precisamos fazer a diferença, ou melhor, precisamos ser a diferença!
Para isto é só não permitir ser arrastado pela maré da estupidez e da ignorância de achar que as más ações ficarão eternamente escondidas. Isto é praticamente impossível e um dia elas virão à tona. É uma tarefa muito difícil fugirmos diante da nossa própria consciência, pois ela (consciência) virá acompanhada da certeza que não possuímos testemunha de defesa, a não serem nossas próprias atitudes.
O benefício que recebemos por dinheiro desonesto é um valor muito pequeno perto do único patrimônio que realmente vale a pena possuir e que nos pertence de fato, que é a honradez, mesmo que alguns achem que o dinheiro é mais importante que tudo, e faz qualquer coisa para tê-lo, mas esquecem de que não levarão estes bens para o túmulo.
A honestidade, dignidade e caráter são bens mais valiosos que alguém poderia ter. Então Não é bom que seja desperdiçado com coisas fúteis e desnecessárias.
Na maioria das vezes as pessoas desonestas preferem confiar nas pessoas de caráter oposto ao delas. Isto é um tanto absurdo e contraditório. E por mais que pareça que a desonestidade está em alta e que cada vez mais ganha terreno, fato facilmente demonstrado pela mídia, principalmente através das novelas, contudo precisamos aprimorar nossa percepção em ver e valorizar a conduta honesta e digna. É coisa difícil, mas não impossível.
É comum vermos pessoas que para ganhar vantagem em alguma coisa se habilitam em forjar resultados, fraudar documentos, enganar e extorquir, sem o menor constrangimento, não tem transparência no que fazem.
No entanto pode-se ainda perceber que algumas pessoas são portadoras de valores morais, são confiáveis e geram confiança, são capazes de sustentar suas atitudes tanto nos negócios como nas amizades.
Façamos a seguinte reflexão:
Se a desonestidade se tornar norma de conduta, o que será deste mundo? O que pensar e como agir diante de tudo isso?
A conclusão que deveremos chegar ao final que não devemos ter vergonha de ser honesto, isso nunca!
Pense nisso, para não ser colaborador e propagador da desonestidade!

Sonia Souza
1 compartilhamento
Tags: vergonha honesto

COMO É DIFÍCIL CONVIVER COM A DESONESTIDADE

Será desonestidade um desvio de caráter?
Vivemos em um mundo onde em qualquer lugar é muito fácil encontrar e perceber pessoas desonestas, seja em qualquer situação cotidiana presenciamos e vivemos cercados por desonestidade das mais variadas formas. Não podendo esquecer também aquele que rouba por um transtorno no controle do impulso. Ou seja, é desonesto por doença, dando-se o nome a isto como cleptomaníaco.

Fala-se muito em ser honesto, mas na realidade é uma das atitudes mais difíceis de serem mantidas e aplicadas em nossa vida. Estamos sujeitos a vários fatores que levam muitas vezes a cometer este ato.
Estamos sujeitos a muitas situações onde se afloram este pensamento e muitas vezes praticamos tal ato.

Pensando sobre a definição do que é ser honesto, entendo que a honestidade passa por uma questão de educação, partindo do principio de que quanto mais educado, mais honesta é a pessoa.
Mas podemos ver que infelizmente mesmo pessoas que foram rigorosamente educadas, instruídas corretamente, com consciência de todos seus atos sejam para o que é certo ou errado podem vir a desenvolver e praticar a desonestidade.
Neste raciocínio cabe uma pergunta, Porque desta pessoa desenvolver este ato?
Tenho por opinião, e algumas delas comprovadas em situações que vivi e vivo que, este comportamento e atitude se devem por alguns fatores, sendo que:
Por uma ambição desenfreada, sem limites.
Obsessão e desejo de ter o que não se pode comprar.
Desejo de enriquecer sem fazer força, à custa do dinheiro de outras pessoas.
Facilidade de se apoderar de coisas sem se importar de quem são.

O desonesto na verdade, seja por que motivo for sempre acha que esta fazendo a coisa certa (para ele naturalmente), sempre engana a si mesmo com as mais descaradas desculpas para aplacar sua própria consciência que o cobra.
Dentro deste raciocínio, podemos perceber (em minha opinião) que, existem fatores que contribuem para chegar a isso. Sempre tive comigo que para uma pessoa se transformar em um desonesto, provavelmente ele já tem um sério desvio de caráter, sendo que muitos já trazem isso desde que nasceu, pouco importando de como foi criado, sua educação ou sua estrutura familiar, isso podemos constatar em diversas famílias como a pessoas são diferentes em seus modos de agir e com valores diferentes entre si desde pequenos.

Penso também que muitas vezes isso acontece por uma característica de personalidade, desenvolve uma maneira de pensar e agir em benefício próprio, mas acredito que se a pessoa toma conhecimento que esta sendo desonesta, procura ajuda e revertem seus conceitos.
Acredito também que esta maneira de agir seja por um lado relacionado com o comportamento da pessoa, dependendo do ambiente em que se vive com quem se vive e como é sua relação com este meio.

Em minha maneira de pensar acho que este quadro de desonestidade como já disse por uma falta de educação, mas também acho que em muitos casos é a falta de caráter mesmo.
Já tive de conviver e presenciar situações com relação a pessoas desonestas que me deixavam muito desanimado e triste. Acredito que o comportamento de uma pessoa desonesta não seja somente o roubo em si. Muito pelo contrário, notava que esta mesma pessoa sempre levantava falso testemunho sobre alguém, sempre conseguia coisas e benefícios passando por cima de outras pessoas, fraudava documentos, não era correto em sua função, mentia e enganava para conseguir favores e vantagens.

Como é difícil conviver com pessoas assim! Quantos de nós não conhecemos ou até trabalhamos com alguém assim?
Torna-se muito complicada viver uma situação com alguém que sabemos que é desonesto.
Por que digo isso?
Vemos como um pequeno exemplo que, pessoas que mesmo com um salário considerado baixo dependendo de uma determinada função acabam enriquecendo sem explicação alguma.
Pessoas que do nada enriquecem e na realidade não há uma justificativa convincente para tal.

E o que dizer de pessoas que compram bens e colocam em nome de outras (laranja), medo do que? Será que esse medo é por não ter como explicar essa riqueza toda. Ou seja, coisa conseguida na desonestidade.

Já parou para pensar e ver se não conhece pessoas assim?

O que adianta acumular bens se foi conseguido de forma errada e sem honestidade, Será que na cabeça destas pessoas elas se acham tão importantes e corretas que não sabem que muitas pessoas sabem como ela enriqueceu.
Na verdade, desonestidade não está com nada, esta atitude pode levar o indivíduo a ter uma vida de riqueza, mas acredito que cedo ou tarde a realidade aparece e com certeza a vida cobra cada centavo adquirido na safadeza.

Nada como o dia de amanhã. A verdade sobre nossas atitudes seja certa ou errada sempre vem à tona mais cedo ou mais tarde nesta vida.

Marcelo Martins
1 compartilhamento
Tags: conviver desonestidade