Coleção pessoal de Lucianocampello

1 - 20 do total de 33 pensamentos na coleção de Lucianocampello

Peço gentileza na frente da urna, ela não aceita desaforos.

Luciano Campello
1 compartilhamento
Tags: eleições presidente

Aquela moça grita, esperneia, chora junto e no final dá um abraço caloroso. Ela fica nervosa, olha com reprovação, mas depois beija e diz eu te amo. Aquela moça não vive mais para si, vive para o outro. Ela faz tudo o que tiver ao seu alcance para não deixar faltar nada. Não deixa faltar amor, afeto, carinho.... Ela é incrível! Se todas as outras fossem assim, milhares de pequenos indefesos não sofreriam tanto. Aquela moça é acalanto, é fortaleza, é amor incondicional, aquela moça é MÃE.
Feliz dia das mães.

Luciano Campello
1 compartilhamento

José, carregando o seu carrinho cheio de material achado na rua para reciclagem, achou estranho aqueles minutos de Natal e Ano-Novo. Na rua, de invisivel, passou a ser visto. Pessoas que jamais o cumprimentara, davam-lhe felicitações, seguidas de abraços calorosos. Uma senhora, que outrora o xingava de mendingo, deu-lhe dinheiro para comprar roupas novas.

Pelo menos, por uns instantes, José não era visto como indigente, mas, sim, como decente. Ele passou a se perguntar o quão de especial havia nesse novo dia, não entendia o por que das pessoas serem boas somente nessas datas.

Acabou o Natal, passou a virada de ano. a ressaca foi curada, e tudo retornou ao que era antes. À senhora voltou a xingar José de mendingo, ele passou a ser invisivel e as pessoas voltaram a tratá-lo com indiferença. A José, resta aguardar o próximo Natal e Ano-Novo para, mais uma vez, ser tratado como gente.

Luciano Campello
1 compartilhamento

O professor guia passos. Educa mentes distraídas, aflitas, brilhantes… Ele faz o impossível virar realidade. Faz a criança ter esperança, o adulto não perder as esperanças, o difícil virar fácil e o longe ficar perto. Educar não é um trabalho para qualquer um, é para os educadores super-heróis, que oferecem um ombro amigo, mas que as vezes precisam de um ombro amigo. Tem professor que vira orientador, coordenador, diretor, mas jamais perdem a essência de educar, até porque, isso faz parte da sua vida.

Luciano Campello

Seu sorriso substitui qualquer maquiagem

Luciano Campello
1 compartilhamento

Marcos saiu do coma induzido após um ataque de arrogância intelectual. Foi direto para rua furtar conhecimento, e em troca levou socos de poesia. Apertou o gatilho e foi alvejado por frases cortantes de Machado. Acabou rendido pelo consumo da literatura e teve uma overdose de sabedoria. Voltou para favela com a arma letrada, agora, só faz assalto de cara limpa. Trocou o sequestro pelo cárcere das rimas, trafica pensamentos e troca tiros de letras perdidas. Após ser atingido na cabeça por verdades escritas, foi parar na UTI, acometido pela doença bibliofilia.

Luciano Campello
1 compartilhamento
Tags: bandido letrado

Uma simples silhueta e a minha imaginação viaja nesses versos que deslizam pelo seu corpo. Sou mais um poeta na solidão do real, mas que se deslumbra pela sensualidade exalada dessa nudez disfarçada.

Luciano Campello
1 compartilhamento
Tags: imaginação sensualidade

Muitas vezes, as fofocas começam com interpretações erradas do outro. Não tenho medo do seu julgamento. Só tenho medo dessa sua ignorância ser contagiosa.

Luciano Campello
1 compartilhamento
Tags: fofocas falsidade

Mais um Ano Novo que se inicia, o ano propício para COMPARTILHARMOS mais alegria e CURTIR menos tristeza. Que na LINHA DO TEMPO da vida não nos falte os melhores momentos com as pessoas que amamos. CUTUQUE os seus sonhos mais difíceis para não deixá-los morrer no esquecimento das MENSAGENS PERDIDAS. ADICIONE aos ÁLBUNS muita saúde, paz, felicidades e vitórias conquistadas. Tenha discernimento para EXCLUIR tudo aquilo que não te faz bem e BLOQUEAR quem não te convém. LOGUE com amor, mas jamais de LOGOUT com raiva de alguém. PARTIU! SEGUIR a felicidade é o que nos resta! Feliz Ano Novo para todos nós.

Luciano Campello
82 compartilhamentos

O Estado adentra a favela com todo o aparato organizacional. Sem ética para dar lição de moral, age na truculência, impondo um regime autoritário digno da ditadura militar. Naquele lugar, onde um emaranhado de barracos se entrelaçam, o mundo das pessoas se torna um dividendo, gerando lucros para os acionistas detentores de ações na bolsa de valores do oportunismo. Construir UPPs é mais importante do que construir escolas, dar tiro é mais fácil do que distribuir livros e, assim, a lição é dada sem caderno e professor. A comunidade começa a ficar enfeitada para receber os gringos que chegam para assistir ao Carnaval, que é de todo o mundo, menos de quem mora lá. A educação tira zero, a saúde morre na fila de espera, o transporte obsoleto não anda e, agora, só nos resta aguardar a Valesca Popozuda ser indicada para a Academia Brasileira de Letras. Seja bem-vindo, esse é o Brasil!

Luciano Campello
1 compartilhamento

Admira-me os loucos viver entre os sãs. Como conseguem andar em meio a hipocrisia? Isso não combina com as suas loucuras!

Luciano Campello
1 compartilhamento

Errar não é o pior de tudo. O que não dá para engolir é o prejulgamento de pessoas que não têm o caráter suficiente para dar lição de moral, mas se acham os donos da razão. Vai entender a hipocrisia, né!

Luciano Campello
1 compartilhamento
Tags: errar prejulgamento

Não se iluda, a morte é a única causa defendida pelos terroristas!

Luciano Campello
1 compartilhamento
Tags: terrorismo frança

Não posso permitir que os meus sonhos sejam adiados, eles não me dão a opção de prestação a prazo.

Luciano Campello
1 compartilhamento

Tem pessoas que vão exigir o máximo de você, mas não são capazes de exigir o mínimo delas.

Luciano Campello
1 compartilhamento

O cabelo crespo do menino ainda incomoda, como se isso refletisse a sua personalidade. Um país de negros e mestiços, que há tempo perdeu a sua identidade. A professora dá o mau exemplo, ensina mesmo sem ser educada. O racismo no Brasil é enraizado na sociedade de uma forma velada, e, às vezes, é escancarado de forma grotesca nas nossas caras.

Luciano Campello
2 compartilhamentos

A sobriedade do dia a dia às vezes cansa!

Luciano Campello
1 compartilhamento
Tags: sobriedade sóbrio

Se mentir, seja breve. Não tenho tempo a perder!

Luciano Campello
1 compartilhamento
Tags: mentira pessoas

Mundo Pequeno

A dimensão da cidade impressiona.
Impressionante ainda são as emissões de pouco afeto. Nas ruas eles falam palavras vazias, poucas discutidas, mas que chamam atenção. Os olhares de medo das pessoas expressam mais que os gestos.

O inimigo pode ser visto, não tocado. Os passos curtos distanciam o tempo, a bebida quente aquece o espírito e as sombras falam palavras ocultas.

Na multidão da grande metrópole ele fica pequeno, vira número, perdi o rumo, e anda rodeado de almas sombrias. Não tem medo, tem desespero; não senti frio, sente calafrios; não vive, sobrevive.

Poderia ter construído uma família, levá-los para passear na Disneylândia, mas só conseguiu chegar às ruas frias de São Paulo e, hoje, o seu lugar preferido é a Cracolândia.

Luciano Campello
1 compartilhamento

Para quem não só enxerga violência, o Rio de Janeiro continua lindo!

Luciano Campello