Coleção pessoal de carlosamoraes

Encontrados 17 pensamentos na coleção de carlosamoraes

Porque toda loucura é ainda uma menina.

Carlos A Moraes
1 compartilhamento

Dói parir o meu mundo.

Carlos A Moraes
1 compartilhamento

Estar só e sem defeitos, é apenas um suicídio lento.

Carlos A Moraes
1 compartilhamento

Misomusia é a aversão às musas, o desprezo pelas tradições artísticas, é o fazer e não o criar, são as regras impostas pelo mercado e não pelo estilo, é produção e não arte.

Carlos A Moraes
1 compartilhamento

Homens amantes são solidários, menos solitários, socialistas.

Carlos A Moraes
1 compartilhamento

Desconhecer o prazer é uma dádiva, renegá-lo é heresia,
é atentar contra a evolução, assim como crianças esquálidas agridem a paz.

Carlos A Moraes
1 compartilhamento

Já não sonho com o absoluto:
sou completo de tudo o que ainda há por existir.

Carlos A Moraes
1 compartilhamento

Se deus está presente no pecador, o pecado é, então, um ato divino?

Carlos A Moraes
1 compartilhamento

Às vezes silencio o olhar, é preciso calar a alma das coisas que vejo, pois as vendo de dentro desmitifico a beleza.

Carlos A Moraes
1 compartilhamento

É possível que toda impossibilidade mereça não acontecer, se não há deus, como saber?

Carlos A Moraes
1 compartilhamento

Sentir a poesia é algo entranho a quem lê, que transforma os versos e as imagens para a realidade de sua fantasia, e assim, o que lê não é a poesia que o poeta escreveu, é a sua, criada no momento em que leu.

Carlos A Moraes
1 compartilhamento

A musa é aquela que ainda virá
e saberá disso quando me vir,
estático,
trêmulo,
excitado de tanto não saber.

Carlos A Moraes
1 compartilhamento

A poesia deve ser livre para, quando lida, ser recriada pelo poeta/leitor.

Carlos A Moraes
1 compartilhamento

Dizer adeus é a parte mais

difícil para quem não precisou

dizer oi.

Carlos A Moraes
1 compartilhamento

Somos humanos, temos de crer nisto. Somos animais, somos espécie, por mais evoluída (os naturalistas podem achar que menos) que seja esta espécie, funcionamos como todas as demais da fauna terrena, nosso impulso primordial é a perpetuação. Com sete bilhões de pessoas habitando, neste exato momento, este mundo, a raça humana pode dispor de mim para sua continuação (imaginem, neste mesmo exato momento, quantas crianças estão sendo geradas, nas alcovas do mundo afora).

Carlos A Moraes
1 compartilhamento

Começaria de novo aquilo que nunca tentei.”

Carlos A Moraes
1 compartilhamento

Somos nós, fantasmas do underground, ou a própria marginalidade em si, quem criamos o novo, abrimos as percepções, provocamos, incomodamos, insurgimos.

Carlos A Moraes
1 compartilhamento