Cântico do Amor

Cerca de 28 frases e pensamentos: Cântico do Amor

Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte.” (Cântico 8:6)

Bíblia - Cântico
1018 compartilhamentos

Muita água não mata a sede de amor, nem uma inundação pode afogá-lo.

Cântico dos Cânticos (Shir Ha Shirim)

Confortai-me com flores, fortalecei-me com frutos, porque desfaleço de amor.

Cântico dos Cânticos
26 compartilhamentos

É mais sábio ouvir a voz das rugas do que o cântico das maquiagens!

Reinaldo Ribeiro - O Poeta do Amor
Inserida por pastoreinaldoribeiro

PERNAS PRA QUE TE QUERO

(Cântico)

Pernas, pra que te quero?
Velozes, inquietas, entrelaçadas;
Presas a mim, abertas - descobertas.
Cruzadas - Ah, nó sem fim....

Brancas, vermelhas - Floridas com curvas.
Torneadas, desmaiadas - sobre a cama.
Enforcam-me, mordo, tiro o laço,
Escorrego, abraço - mergulho no abismo.

Sanha a boca, abrocham os lábios.
Desabrocha a fenda, floresce; adormece,
Arrepia os espinhos, fere-me o peito.
Devoro caminhos, me perco nas coxas.

Me encontro, na fonte da vida,
Entrando e saindo; salivando palavras.
Murmuro desejos, doces desejos!
Azedam os beijos agridoce sabor.

Da gruta à floresta, bosque sombrio,
Denso nevoeiro: noturnos silêncios,
Doloridas saudades. Orvalhadas contínuas,
Jorram - luminosas tempestades!

(Lamento)

Pernas, pra que te quero?
Trêmulas, frias e assombrosas.
Se não, para fugir do mundo!

Pernas, assim me perco. Morro!
Fecha-se o cerco, murcham os lírios,
Feneço nos campos...

Pernas, abram-se a mim, perto do fim.
Ainda não acabei. Pernas, escorrem de ti
O sol das manhãs, tardes afins.

Pernas, este canto se encerra,
Com versos floridos, umedecidos,
Por nectários desejos....

Diego Evair
Inserida por DiegoEvair
1 compartilhamento

"... Nao acordeis, nem desperteis o amor, até que ele o queira."

cantico 3;5
Inserida por laroca16

Além da dor

muito além da dor
se esconde uma alegria
que sorrir o amor
em cânticos de melancolia

mais que remédio tomar
que receita seguir
pro nosso medo enfrentar
e nossas mazelas engolir?

que falta faz
que saudade infeliz
os sons de paz
com eco, e bis, bis

Geraldo Neto - Uiraúna PB
Inserida por gnpoesia

Os arrulhos das pombinhas são de ternura, não necessitam cânticos antes do amor.

Daniel Bueno
Inserida por DANIELBUENO

Teu sorriso é o mais belo de todos os cânticos referente ao amor... Ah... A tua boca é o pecado mais que perfeito que me desatina a distância me tentando ao proibido;
A suave fragrância do teu corpo em nome da minha imaginação... Derrama o meu alento para que eu me veja amante de você que se mostra tão jovem...
Dize-me, ó tu... Mulher feita de rosto tão angelical, inocente pela vida e maliciosa por entre os segredos oculto sentimental;
Ó tu sabes o quanto és bela e em silêncio o meu coração te ama... Quão graciosa, comparo com o ouro e a prata... Rubi ou diamante que nunca chegarão aos teus pés;

Julio Aukay
Inserida por JULIOAUKAY

... Amor meu doce amor
A Tua espera aqui estou
Ao ouvir o cantico dos pássaros me derreto num espaço que
ao fim de um longo dia.
Te aguardo a cada dia!
Amor meu doce amor...
vem depressa!para meus braços,me envolver em teus amasso.
Amor meu doce amor...
vem depressa!
vem me ver!
A cada dia que passa eu não vivo sem você.

Angela neves
Inserida por wwwpensadorinfor

Podeiria entoar muitos cânticos de amor até ter sua atenção. Mas será que este grande esforço de ganhar a tal graça pra ter leves sorrisos soltos ao vento?

ALEXSANDER SILVA ARGUELO
Inserida por arguelo

Cântico
A Linda
Linda, linda este amor que me envolver
Eu quero te amar, te amar, para sempre
Linda, linda este teu jeito de menina
Deixe- me aproximar, aproximar dos seus carinhos ou, o, o
Linda a linda eu te amo meu amor ho, ho, ho
Eu quero sentir você, mais perto de mim
Linda o linda
Você é o meu amor ho,ho,ho
Sabe que o meu amor, meu amor por você é para sempre, hi, hi, hi
Linda eu te amo, e quero ser de você, He, He
Linda o lindo eu sinto a sua voz me chamar para o amor
Chama-me, me chama
Linda o lindo eu te amo meu amor, ho,ho,ho.
Hélio Pereira Banhos 27/10/2007.

Hélio Pereira Banhos
Inserida por leik

Onde esta o amor daquela donzela apaixonada, que antes seus olhos brilhavam quando ouvia meu cântico?
Simplesmente era paixão, nunca existiu o amor nela, mas eu a amarei até o fim.

Cleiton Santana
Inserida por CleitonCapelao

Pensando... cada vez que leio os cânticos de Salomão entendo mais Amor conceitos diferentes entre Homem e mulher

SôniaMGonçalves (Son Dos Poemas)
Inserida por SoniaMGoncalves

A voz do poeta se lança no ar. Palavras de carinho à lua, o amor exala cânticos e poemas. O poeta dá aquilo que mais lhe dá prazer, vida as letras e calor ao coração frio. Sentindo a brisa leve em meu rosto disse eu a meu coração: Quero engolir o medo do abismo não importa quantas portas terei bater para abraçar a felicidade eu sei que em algum lugar ela esta a minha espera. Com lindas rosas nas mãos, as rosas que plantei ao longo do tempo. Somos aquilo que cultivamos, temos ao nosso lado somente aqueles pelos quais fizemos por merecer. Boa noite.

Gil fagundes
Inserida por Gilbertofoliveira06

A música que cantou...
A canção que lembrou..
O cântico que te apaixonou...
No amor a perfeição...
Nesse momento que embalou-se...
Na serestas se dá o devaneio...
Debaixo do sol e da chuvas torrenciais...
Para depois cantarolar o desejo...
Expressa com vigor para o céus...
Curiosidade, em uma passagem eterna de amor.

Celso Roberto Nadilo
Inserida por celsonadilo

Amor cântico da alma
de repente foste meu coração
para minha vida a eternidade,
de tantos momentos,
para o quais ressenti
que tudo que existe foi um sonho
em murmúrios austeros
deflagam suas flagelos
perdido em um mar de ilusões.
sendo o paradoxo
dos céus meramente um fato
que se passou diante teus olhos.

Celso Roberto Nadilo
Inserida por celsonadilo

Anjos e demônios
cânticos de amor,
terror se amar tanto,
possessão,
dominação,
obsessão,
trágico é amor...
morte e um monstro
dentro do peito,
profundo sentimento,
arrancado por mero capricho.

Celso Roberto Nadilo
Inserida por celsonadilo

E dentro de um, o outro habitava, e havia encanto, um cântico de amor, ecoando por todos os poros.

Mychele Magalhães Velloso
Inserida por MycheleMagalhaes

Que saudade daquela igreja
onde todos reuniam e
pregavam o amor.

Que saudade dos cânticos entoados,
das lágrimas de alegria
que rolavam em nosso rosto.

Que saudade daquele tempo
em que se ensinavam o
"amai-vos uns aos outros.
Como eu vos amei, assim também
vós deveis amar-vos uns aos outros."

Hoje há muitos murmúrios;
há sussurros de um povo que segue
os compradores de alma.

Que tristeza é de observar
pastores; padres, profetas,
senhores que em nome de deus,
querem apenas a colheita; a arrecadação,
dízimos e ofertas, grande doação.
Os desesperados,
abandonados pelo estado,
querem emprego;
carro e moradia.
Famintos, eles vão à igreja
doando seu pequeno ganha pão;
crendo que serão agraciados
com fartura e compaixão.

Que saudade,
dos meus tempos
de crianças,
que via na igreja
meu porto seguro,
meu lugar de adoração,
meu lugar de ternura,
de amor
e de perdão.

Váldima Fogaça
Inserida por valfogaca