Barbosa Filho

Cerca de 11555 frases e pensamentos: Barbosa Filho

Rui Barbosa estava certo quando disse que 'o dia em que nada aprendemos é dia perdido'. Só que o dia em que ouvimos muitas asneiras é também dia perdido.

Horlando Halergia
39 compartilhamentos

Suspeito que onde eu não pisei, existem milhares de possibilidades de felicidades!

Denize Barbosa

Denize Barbosa

Jornalista
Acordou no meio da noite, e dessa vez não era seu filho que chorava. O telefone em cima do criado-mudo tocava desesperadamente. Quem poderia ser aquela altura da madrugada?
Não dormia direito já havia uma semana, e finalmente conseguiu as tão sonhadas férias, depois de entrar três vezes como pedido junto ao setor de RH da empresa onde trabalhava. Seu chefe, editor -chefe do jornal onde trabalhava, sempre impedia que ela se afastasse do trabalho, devido aos grandes acontecimentos que ocorriam ao redor do país: crise econômica, escândalos no Congresso, eleições presidencialistas, e ele não poderia abrir mão de uma das melhores repórteres que o jornal tinha.
Ela sempre parava e respirava fundo para cada vez que o editor pedia algo que para ela parecia impossível, ou que por outro lado poderia funcionar como uma declaração de guerra a algum político. Mas tinha que fazer custe o que custar. Talvez era por isso que ele gostava tanto dela, e confiava tanto no trabalho que ela fazia.
Lembravam-se todas as vezes que terminava de gravar uma matéria, de quando era garota e via na tevê aquele “cara” com um microfone na mão conversando com outro. Depois vinham as seqüências de cenas, que ilustravam cada palavra que o “cara” dizia. “Este é o repórter” Dizia sua mãe “Ele fica ali, conversando com aqueles outros homens para saber o que está acontecendo no mundo, no país, ou na cidade, pra contar pra gente pela televisão!” “E pra quê agente quer saber mamãe?” Mas por mais que sua mãe lhe explicasse, era pequena demais para entender. Com o passar dos anos, foi ficando mais apegada àquele programa que passava depois da novela. A menina deixou de acompanhar com sua mãe as telenovelas, para assistir aos telejornais na tevê junto com seu pai.
Um dia, apareceu um homem na tela, logo depois que passou uma reportagem. Esse homem ficava no mesmo estúdio que os apresentadores, só que sozinho. E ele falava, e criticava, alertava, com uma voz firme e compreensiva. Falava das atitudes do presidente dos Estados Unidos. E ela concordou com tudo que ele dizia. Afinal, era seu próprio pai quem dizia que este país só queria guerras, então esse homem que agora falava na televisão, também concordava com seu pai. Foi nessa hora que ela disse ao pai “Um dia eu vou fazer isso aí, papai. Eu estar aí dentro da televisão dizendo coisas, igual esse homem”.
E aí ela sorria. Terminava de gravar sua passagem, e sorria por ter relembrado de novo esses momentos em que ela tanto queria estar “dentro da televisão”. Agora ela estava. Era uma mulher, e finalmente conseguira trabalhar em um dos maiores jornais do país, sendo uma repórter que era bem conhecida nacionalmente.
Como era bom estar com sua família, seu marido e seu único filho. Um momento raro, já que quase não tinha tempo para eles. Na maioria das vezes, quando chegava em casa, João Carlos já estava dormindo. Parecia que a babá conhecia mais o filho do que ela mesma. Mas agora estava descansando em um lugar bem longe da “muvuca” da Capital, do barulho das teclas dos computadores da redação do jornal, das câmeras... Mas no fundo, bem lá no fundo, sentia saudades. Saudades daquela loucura que só ela conhecia.
O telefone tocava. Nessa hora o marido já havia acordado e estava ligando a luz do abajur. Ela apalpou a madeira fria do criado até encontrar o telefone. “Alô?”.
“Quem era?” Perguntava o marido, vendo a esposa se levantar da cama, e começando a colocar uma roupa.
“Era o Marcos. Ele disse que o presidente levou um tiro enquanto estava de férias. E para a nossa sorte ele estava de férias aqui na ilha. Eu vou lá ver!”
Marcos era seu editor.

Jaqueline Barbosa
3 compartilhamentos

Eu rio, você mar

Eu gosto de MPB
Você é Flamengo
Eu prefiro saber por quê
Você deixa com o tempo

Eu toco violão
Você adora uma micareta
Eu presto atenção
Por favor, não me esqueça

Você pula sem medo
Eu piso no chão
Você diz que é segredo
Eu seguro a sua mão

Você sabe o que quer
Eu quero o que sei
Você me despersou
E eu me embriaguei

Você me olha um instante
Eu rio, você mar
E isso é o bastante
Pra eu escolher sempre te amar

Petrônio Augusto Carvalho Olivieri Filho
22 compartilhamentos

Gosto de Comunicação e Filosofia. Amo muito os dois. Adoro relacioná-los, estabelecer insights que nenhum outro comunicador ponderou. É um amor visceral que já me custou bons empregos em escolas de comunicação que idolatram técnicos americanos e condenam qualquer tipo de reflexão crítica. Tornar-se um reprodutor acéfalo de discursos vindos de além-mar é o componente indispensável na formação da elite brasileira. Um amor platônico por aquilo que vem do norte do planeta e não do que pode ser feito aqui.

Amor por Filosofia, amor por Comunicação, amor por estrangeiros. Amor, amor e amor. Amar é tudo de bom. Não só por ele mesmo. Mas porque torna tudo mais interessante. Assim, se alguém preferir falar de futebol, de política ou de dinheiro é porque os ama.

Por isso escrevo e falo sobre o assunto. Mas a que afeto corresponde esta palavra tão recorrente?

Amor pode ser desejo. Quando estamos apaixonados. Gostaríamos que a vítima da nossa paixão permanecesse ao nosso lado todo o tempo. Como não dá, pensamos nela sem parar. Amamos o que desejamos, quando desejamos, enquanto desejarmos. E podemos desejar quase tudo. Desde uma pessoa até uma groselha bem gelada. Para desejar, basta não ter. Sempre que desejamos, é porque algo nos falta. Desejamos o que não temos, o que não somos, o que não podemos fazer. Assim, o desejo é sempre pelo que faz falta. E o amor, também.

Claro que você se deu conta das consequências deste entendimento. Ou você ama e deseja o que não tem, ou tem, mas aí, sem desejo, sem amor. Paradoxo platônico da existência. Ora, se a felicidade para você e para mim implica ter o que se quer ter, então, o amor não será feliz nunca. Aragon é poeta. Não há amor feliz para ele. Eu sou professor de Ética na Comunicação, ou seja, um pobre desgraçado na definição afetiva daquele filósofo e do Estado que me paga.

Mas Platão e seus tristes seguidores não têm sempre razão. Porque amor pode ser também alegria. É o que nos propõe Aristóteles, seu mais conhecido aluno. E alegria é diferente de desejo. Porque sempre acontece no encontro, na presença. O mundo alegra quando está bem diante de você. Não é como o objeto do desejo, confinado nos seus devaneios. O amor aristotélico é pelo mundo como ele é. Não pelo mundo como gostaríamos que fosse.

E você, andando na rua, declara sem medo de errar: gostei mais desta mulher do que gosto da minha. Afeto carnal. Inclinação erótica. Tesão. Eu prefiro um amor na alegria pelo que tenho do que no desejo pela mulher de capital estético exuberante e apetecível que me falta. Eu, no seu lugar caro leitor, teria cautela. Porque se seu cônjuge for adepto da mesma concepção, amará sempre o que encontrar. Na mais estrita presença. E aí, de duas uma. Ou você ocupa todos os seus espaços e se torna onipresente para ele, ou ele te amará só de vez em quando. Nos instantes de encontro. No resto do tempo ele amará a secretária, a copeira, o personal, o zelador e o que mais lhe alegrar pelo mundo.

Por isso, é melhor que os dois tenham razão. Para que o amor seja rico. E possamos amar na falta, desejando o que não temos, e também na presença, alegrando-nos com o que já se encontra à nossa disposição. É como dar aulas e sustentar uma família, um conflito afetivo entre minha alegria e a responsabilidade orçamentária com meus entes queridos. É bem verdade que não desejamos tudo e que nem tudo nos alegra. Mas não é nenhum problema, pois nossa capacidade de amar não é mesmo tão grande. Amemos no desejo e na alegria, e isto já nos converterá em grandes e refinados amantes.

Espero que nesse ano você, leitor, cultive mais inclinações amorosas do que suas obrigações ordinárias. Rotinas desagradáveis muitas vezes são importantes, mas não são fundamentais. O amor não é tão ruim como nos faz ver Platão. É possível ser prudente, sábio, e, mesmo assim, cultivar amores na vida. Optar pelo amor em detrimento da estabilidade já conhecida pode ser bom. Ser um pouco mais afetivo e um pouco menos racional. Pense nisso.

Clóvis de Barros Filho
141 compartilhamentos

Escritos antigos... que lembram coisas antigas... e tão recentes...


Há bem pouco tempo atrás quase entreguei minha alma ao Diabo só pra ficar do teu lado, foi quando então eu percebi que ela já não era mais minha, desde quando nossos lábios se encontraram ela virou tua, talvez sempre fosse, antes de cochilar, à noite, quando meus murmúrios e minhas lágrimas tomam conta dos meus sentidos, ou quando me vejo só como agora, quero acreditar que essa tristeza seja para compensar nossa felicidade, é quando acredito que ainda seremos felizes.
Há bem pouco tempo atrás eu me importava com aparências, palavras ou mesmo com o português, agora nem com as sombras consigo me importar mais, talvez pq eu não perceba, pois é assim que vivo, assim que passo as estações todas, pensando em um amor perdido, sonhando com o tal, e eu já nem me importo mais com o que os outros pensam disso.
Eu gostaria de acreditar que somos um romance, e que tudo vai dar certo um dia, mas sei que é tarde demais, tarde para flores, bombons, velas, beijos, tarde até para palavras é tudo sem sentido agora. Um dia vi em teus olhos, vi a vertigem presente ainda, apesar de toda distância, pq não me deixa mais ver teus olhos??? Pq não me deixa te sentir???
Respostas fáceis de serem respondidas, mas incompreensíveis até pra você que já decorou a respostas. Às vezes eu invento um romance, às vezes eu me mudo pra outro lugar, às vezes eu te mando pra um lugar... e outras, fico assim em transe, sem ao menos saber o que pensar.
Já perdi as contas de quantos seqüestros planejei para te ter aqui, mas agora é muito tarde, eu sei, nada vai fazer algo voltar atrás, é sempre assim, quando invento uma história já não quero mais, já decidi mil e muitas vezes que ia te esquecer, mas nada adianta... E agora fico assim me perguntando quando esse amor vai parar de doer...

Diéssani Barbosa Lopes
78 compartilhamentos

Cansei de ilusões

Se você não me quer, não me faça de idiota.
Não me faça acreditar que de mim você gosta.
Te amo de verdade, eu já disse pra você.
Se não me ama, me esqueça!
Eu te peço, por favor.
E me desculpa se eu confundi amizade com amor.
Pra mim chega de verdade, machucou meu coração.
Voltou atrás? Agora é tarde...
Cansei de ilusões!

Anne Caroline Barbosa
167 compartilhamentos

amor, amar e viver a cada dia buscando algo de diferente para ser feliz, sonhar saber que e com o hoje que conquistamos o amanhâ, e quando chega o amanhã fica uma linda história de vida, a nossa história o nosso passado:

reginaldo barbosa da silva
52 compartilhamentos

Sinto sua falta

Mais um dia sem você aqui.
Triste, solitária eu só quero sumir.
Sem sua amizade e companhia, sou nada.
Por isso desde que foi estou constantemente arrasada.
Mas, vou fazer de tudo para nos reencontrarmos.
E matar a saudade de como conversávamos.
Hoje sou alguém que vive aos prantos.
Machucada, magoada, chorando pelos cantos.
Mas pode deixar que isso vai mudar.
Vou lutar pela nossa amizade e pra poder te encontrar.
Porque saiba que tudo que até hoje vivemos foi apenas o começo da história linda que teremos.

Anne Caroline Barbosa
312 compartilhamentos

Apaixonado

Me perdi nos seus olhos.
Me encontrei em seus braços.
Depois de um tempo extasiado, encantado...
Ainda assim assustado, alucinado...
Percebi. É eu estou apaixonado!

Anne Caroline Barbosa
60 compartilhamentos

Decisão

Às vezes me sinto perdida, magoada com a vida.
Mas um dia sonhei com alguém que dizia: Dos seus objetivos nunca desista!
Agora já não espero, aprendi que lutando consigo tudo o que quero.

Anne Caroline Barbosa
137 compartilhamentos

Seja Feliz

O que é o amor?
Algo que te causa sofrimento e dor.
Mas, também que mata de felicidade.
Te enche de vaidade, que briga por liberdade.
Que nunca espera nada em troca.
Mas seria isso ser idiota?
De que adianta se doar, se entregar de corpo e alma e não ser valorizado?
Deixa magoado!
Com isso vem o trauma de amar, mas isso é bobagem que muda com o tempo.
O que importa é lutar pela felicidade.
Carpe Diem, Carpe Noche e viva intensamente.

Anne Caroline Barbosa
35 compartilhamentos

Confusão de personalidade

A única coisa que desejo é o fim do pesadelo.
Acabar com essa mentira que está cada vez mais doída.
Para com esse drama, você pensa que me engana dizendo que me ama?
O que você sente por mim não está no coração, é só paixão.
É só coisa de pele, diga a verdade, confesse!
Você está tentando enganar a si mesmo por medo.
E assim não enxerga que está sendo egoísta e masoquista.
Aprenda que nessa vida a gente planta o que colhe.
Isso na vida depende das coisas que a gente escolhe.
Não viva em função de depender de alguém.
Apenas viva conscientemente e faça por merecer.
As coisas na vida têm hora certa de acontecer.
Tenha paciência, vá com calma e sem temor.
Errando se aprende, a vida ensina, ganhos são lucros e por perdas tão pequenas não vale se martirizar com dor.
Afinal, nem tudo que se perde tem valor, nem tudo que é bonito é amor.

Anne Caroline Barbosa
55 compartilhamentos

TRIBUTO A CHICO XAVIER


Quanto mais te olho,
Tanto mais me observo.
Quanto mais te aceito,
Tanto mais me entendo.

Tuas palavras, irmão querido,
Não são tuas palavras,
São pensamentos articulados
De outros Deuses.

Vives comigo, contudo
Não habitas minha morada,
Vagas por prados e campos
De outras esferas.
Tua dimensão é a dimensão do amor
Que gostaria de visitá-la
Ainda que fosse em sonhos.

Diga-me, irmão querido:
Quem coloriu de serenidade tua aura?
Quem te legou esta leveza tanta
E esta humildade santa?

Ah! Irmão, me diz uma canção bonita,
Destas que a gente acredita existir
Como um mantra,
Para proteger da tempestade,
O irmão dileto, para lhe fortalecer
No pântano das convicções enganosas,
Para lhe mostrar,
Uma brecha no nevoeiro...

Tributo a Chico Xavier – (1910+2002)
Escrita em 2002 (Chico já hospitalizado)

José Marcos Barbosa
21 compartilhamentos

Não custa tentar

Desculpa se eu te fiz chorar.
Sei que ninguém pede para se apaixonar.
Mas você me pegou no momento inesperado.
Quando não estava preparada para receber um “Estou Apaixonado”.
Agora que tudo começou a se encaixar.
Veio você de repente pra fazer tudo mudar.
Minha vida saiu completamente do lugar.
Não vou reclamar, o que você fez foi bom!
Mas, vamos com calma, tudo a seu tempo.
Não prometo nada, mas juro que tento!
Se não der certo lamento! Mas não liga...
Tudo na vida passa! Amores vêm e vão.
Mas o que importa é a nossa velha e bonita amizade.
Temos que cultivá-la, mas, o que quer que aconteça, ela sempre vai estar lá no fundo do coração.

Anne Caroline Barbosa
97 compartilhamentos

O LÍDER

Achamos que somos muito inteligentes e espertos, que sabemos tomar as decisões certas e que, se tivermos o poder iremos consertar o mundo, sempre nos julgamos melhores e mais capazes que os outros, passamos grande parte de nossas vidas julgando as atitudes dos outros e muitas vezes esquecemos de rever as nossas próprias atitudes, perdemos um tempo muito precioso cuidando da vida alheia e ficamos constantemente preocupados com o sucesso dos outros que na maioria das vezes esquecemos de cuidar de nossas vidas e de correr atrás do nosso próprio sucesso, ficamos sempre, torcendo e muitas vezes até contribuímos para o fracasso das pessoas que nos cercam só para termos o prazer de ver aqueles que não gostamos cair. Sempre colocamos o nosso interesse pessoal acima de tudo e tentamos passar para os outros uma imagem de que gostamos da coisa certa e de que somos justos e corretos. Como se pudéssemos enganar a nossa consciência. Isso é um lamentável erro que a maioria de nós cometemos.

Será que estamos agindo certo? Com certeza não!

Será que desta forma poderemos contribuir para o progresso de alguma coisa? Claro que não!

Muitos de nós achamos que podemos ser um líder, mas, a maioria das pessoas nem sequer sabem o verdadeiro significado da palavra “LÍDER”, muitos a usam para se impor, humilhar, explorar e abusar dos outros. Alguns ainda acham que por assumirem determinado posto de chefia é um líder e se comportam como semi-deuses, acham que são melhores que seus subordinados, não tem respeito pelas pessoas ao seu redor, não sabem pedir e acreditam fielmente que são donos da verdade absoluta, nunca escutam os outros e sempre impõem sua vontade desrespeitando e agredindo o direito que os outros tem de se manifestar. Essas pessoas estão condenadas ao fracasso, pois certamente nunca terão o prazer de serem respeitas por seus liderados, ao invez disso serão temidas e desprezadas, serão pessoas preparadas para fazer excelentes discursos e falar bonito, estarão aptas para gerenciar sistemas, paredes, mesas, documentos, computadores, todo tipo de maquina e matéria, serão excepcionais em lidar com tudo o que não tenha vida, mas jamais estarão capacitadas para liderar pessoas. Quem não respeita os outros não é digno de respeito e jamais o terá de verdade, quem não sabe se colocar no lugar dos outros não sabe o que é humildade, quem quer impor sua vontade a qualquer custo não merece nenhuma confiança, quem não se dá o direito de promover o debate de idéias jamais saberá o verdadeiro significado da palavra equipe, quem se acha soberano e exclusivo é na verdade um pobre, cego e doente, que não consegue perceber que a vida gira em torno das pessoas e que ninguém conseguira manter o sucesso para sempre, que mais cedo ou mais tarde terá decepções e tropeços.

Ser líder é libertar, incentivar, promover e conquistar o respeito e admiração das pessoas através de atitudes, ser líder é servir de motivação e dar exemplo para os outros, ser líder é entender os outros não superficialmente, mas sim interiormente, é ser sensato e justo ao julgar as pessoas, ser líder é promover a auto-estima dos outros, é estimular e incentivar as pessoas para que elas acreditem cada vez mais que são capazes, é valorizar cada um independentemente do cargo que ocupem na equipe ou o tamanho da contribuição gerada, ser líder é torna-se pequeno diante dos seus liderados fazendo com que eles se sintam grandes. Ser líder é saber ouvir, saber falar, saber pedir, saber agradecer, é saber que todas as pessoas tem sua própria órbita e seria um afronto querer que elas gravitem em torno da sua, ser líder é assumir primeiro que todos a responsabilidade pelos erros e derrotas deixando que os acertos e conquistas sejam méritos únicos e exclusivos da sua equipe.

Reflexão:

Muitos homens sonham em serem ricos, muitos ricos em serem ídolos, muitos ídolos em serem deuses mais o único Deus de verdade preferiu ser homem e morreu como tal (Jesus Cristo) Augusto Cury.

“Você não precisa ser o líder do seu povo, mas precisa encará-los de frente e com a cabeça erguida, por isso também não seja o traidor deles!”

Ailton Bahia
25/02/2010 – 12h10min

Ailton Bahia Barbosa
108 compartilhamentos

COMO AS MULHERES DOMINARAM O MUNDO.

Conversa entre pai e filho, por volta do ano de 2031 sobre como as mulheres dominaram o mundo.
- Foi assim que tudo aconteceu, meu filho...
Elas planejaram o negócio discretamente, para que não notássemos Primeiro elas pediram igualdade entre os sexos. Os homens, bobos, nem deram muita bola para isso na ocasião. Parecia brincadeira.
Pouco a pouco, elas conquistaram cargos estratégicos: Diretoras de Orçamento, Empresárias, Chefes de Gabinete, Gerentes disso ou daquilo.
- E aí, papai?
- Ah, os homens foram muito ingênuos. Enquanto elas conversavam ao telefone durante horas a fio, eles pensavam que o assunto fosse telenovela. Triste engano. De fato, era a rebelião se expandindo nos inocentes intervalos comerciais. "Oi querida!", por exemplo, era a senha que identificava as líderes. "Celulite", eram as células que formavam a organização. Quando queriam se referir aos maridos, diziam "O regime".
- E vocês? Não perceberam nada?
- Ficávamos jogando futebol no clube, despreocupados. E o que é pior:
Continuávamos a ajudá-las quando pediam. Carregar malas no aeroporto, consertar torneiras, abrir potes de azeitona, ceder a vez nos naufrágios. Essas coisas de homem.
- Aí, veio o golpe mundial?!?
- Sim o golpe. O estopim foi o episódio Hillary-Mônica. Uma farsa. Tudo armado para desmoralizar o homem mais poderoso do mundo. Pegaram-no pelo ponto fraco, coitado. Já lhe contei, né? A esposa e a amante, que na TV posavam de rivais eram, no fundo, cúmplices de uma trama diabólica. Pobre Presidente...
- Como era mesmo o nome dele?
- William, acho. Tinha um apelido, mas esqueci... Desculpe, filho, já faz tanto tempo...
- Tudo bem, papai. Não tem importância. Continue...
- Naquela manhã a Casa Branca apareceu pintada de cor-de-rosa. Era o sinal que as mulheres do mundo inteiro aguardavam. A rebelião tinha sido vitoriosa! Então elas assumiram o poder em todo o planeta. Aquela torre do relógio em Londres chamava-se Big-Ben, e não Big-Betty, como agora... Só os homens disputavam a Copa do Mundo, sabia? Dia de desfile de moda não era feriado. Essa Secretária Geral da ONU era uma simples cantora. Depois trocou o nome, de Madonna para Mandona...
- Pai, conta mais...
- Bem filho... O resto você já sabe.
Instituíram o Robô "Troca-Pneu" como equipamento obrigatório de todos os carros...
A Lei do Já-Prá-Casa, proibindo os homens de tomar cerveja depois do trabalho...
E, é claro, a famigerada semana da TPM, uma vez por mês...
- TPM???
- Sim, TPM... A Temporada Provável de Mísseis... E quando elas ficam irritadíssimas e o mundo corre perigo de confronto nuclear...
- Sinto um frio na barriga só de pensar, pai...
- Sssshhh! Escutei barulho de carro chegando. Disfarça e continua picando essas batatas...

Luis Fernando Veríssimo
1.7 mil compartilhamentos

Filho é um ser que nos emprestaram para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem. Isto mesmo! Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é se expor a todo tipo de dor, principalmente da incerteza de estar agindo corretamente e do medo de perder algo tão amado. Perder? Como? Não é nosso, recordam-se? Foi apenas um empréstimo.

Desconhecido
4.5 mil compartilhamentos

Tenho três filhos e nenhum dinheiro...por que não posso ter nenhum filho e três dinheiros?

Homer Simpson
164 compartilhamentos

Amor de família é a coisa mais inexplicável do mundo. Nem um pai consegue dizer para um filho o quanto o ama, nem o filho sabe dizer ao pai, então eles simplesmente demonstram...

pasini
2.2 mil compartilhamentos