Luciano Campello

Encontrados 25 pensamentos de Luciano Campello

Talvez eu tenha andando em linhas tortas.
Talvez eu vi mas não quis enxergar.
Talvez eu tenha dito sem pensar,
Me declarado sem amar.
Talvez eu me iludi. Talvez fui iludido.
Talvez eu sorrir. Talvez esqueci o que era isso.
Talvez eu fui tudo para uma pessoa.
Talvez para outra eu não fui nada.
Talvez eu deixei para trás tudo o que não me fazia bem.
Talvez eu ainda busco o que eu já encontrei.
Talvez eu parei no meio do caminho e tomei
A melhor direção da minha vida.
Talvez...

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

Cuidado: os santinhos distribuídos nas eleições, não fazem milagres.

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

Dê-me as mãos, mas se for para soltar na primeira dificuldade, largue-as. Sorria, mas se for falso, nem abra a boca para dizer bom dia. Beije-me, mas se não for de verdade, nem encoste os lábios. Dance comigo, mas se ficar com vergonha de quem estiver olhando, nem dê o primeiro passo. Olha-me, mas se não for nos olhos, nem precisa piscar com romantismo. Não é necessário muito para agradar, basta ser verdadeiro. No final, qualquer que seja o resultado, você terá causado uma impressão, seja ela positiva ou negativa. O que no fundo, revelará o que você realmente é, sem mentiras ou meia verdade.

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

O silêncio nos remete ao barulho das sinfonias do inconsciente. O silêncio é música para quem sabe ouvir e dor para quem perdeu um amor. Pode ser o final de tudo para quem engasgou palavras pronunciadas por lágrimas. Se não houvesse barulho no silêncio, eis que não haveria aprendizado no sofrimento. Um minuto de silêncio e ouvimos os lamentos em cada passo rumo ao incerto. Grite! O silêncio da tua alma me incomoda.

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

Ela poderia ter sido chata,
Mas preferiu ser mais arrogante.
Ela poderia ter sido ciumenta,
Mas preferiu ser mais agressiva.
Ela poderia ter sido indiscreta,
Mas preferiu ser mais escandalosa.
Ela poderia ter sido mentirosa,
Mas preferiu ser mais falsa.
Ela poderia ter sido isso tudo,
Mas só tinha tempo para amar.

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

O cabelo crespo do menino ainda incomoda, como se isso refletisse a sua personalidade. Um país de negros e mestiços, que há tempo perdeu a sua identidade. A professora dá o mau exemplo, ensina mesmo sem ser educada. O racismo no Brasil é enraizado na sociedade de uma forma velada, e, às vezes, é escancarado de forma grotesca nas nossas caras.

Luciano Campello
2 compartilhamentos

O melhor a fazer no momento é insatisfazer a mediocridade do Planalto. Surrupiar os malditos parasitas, congressistas e despejar todo o seu orgulho na primeira lixeira vazia encontrada na Rodoviária do Plano Piloto. Não precisa pedir licença, só tenha cuidado para não incomodar o menino sujo que dorme ao lado do contêiner. São os restos do lixo no quintal do luxo. Vamos salvar o menino do lixo, ainda podemos recuperar a sua dignidade. Já, os outros do luxo, é melhor esquecer. Esses nunca foram gente de verdade!

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

O menino fantasiado de realidade vende balinha no farol, a ALEGORIA passa, mas não dá a mínima para o garoto que canta o ENREDO da miséria. A COMISSÃO DE FRENTE, formada pelos irmãos mais velhos, entoa o SAMBA da sobrevivência. A batucada no vidro dos carros incomoda os fantasiados de arrogância. A HARMONIA é quebrada com a chegada da polícia, que ganha DESTAQUE no quesito pancadaria, bate tanto no pequerrucho franzino que a camisa branca fica vermelha, brilhando luzes de sangue, um prato cheio para agradar os espectadores do carnaval do horror. O CONJUNTO se parte, e o pequeno esquecido continua tirando zero na EVOLUÇÃO educacional e social, enquanto, aguarda o fim do carnaval, para ser mais bem visto pelos integrantes da ESCOLA DE SAMBA do Partido Eleitoral.

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

Para quem não só enxerga violência, o Rio de Janeiro continua lindo!

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

Mundo Pequeno

A dimensão da cidade impressiona.
Impressionante ainda são as emissões de pouco afeto. Nas ruas eles falam palavras vazias, poucas discutidas, mas que chamam atenção. Os olhares de medo das pessoas expressam mais que os gestos.

O inimigo pode ser visto, não tocado. Os passos curtos distanciam o tempo, a bebida quente aquece o espírito e as sombras falam palavras ocultas.

Na multidão da grande metrópole ele fica pequeno, vira número, perdi o rumo, e anda rodeado de almas sombrias. Não tem medo, tem desespero; não senti frio, sente calafrios; não vive, sobrevive.

Poderia ter construído uma família, levá-los para passear na Disneylândia, mas só conseguiu chegar às ruas frias de São Paulo e, hoje, o seu lugar preferido é a Cracolândia.

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

Se mentir, seja breve. Não tenho tempo a perder!

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

A sobriedade do dia a dia às vezes cansa!

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

Tem pessoas que vão exigir o máximo de você, mas não são capazes de exigir o mínimo delas.

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

Não posso permitir que os meus sonhos sejam adiados, eles não me dão a opção de prestação a prazo.

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

Não se iluda, a morte é a única causa defendida pelos terroristas!

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

Errar não é o pior de tudo. O que não dá para engolir é o prejulgamento de pessoas que não têm o caráter suficiente para dar lição de moral, mas se acham os donos da razão. Vai entender a hipocrisia, né!

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

Admira-me os loucos viver entre os sãs. Como conseguem andar em meio a hipocrisia? Isso não combina com as suas loucuras!

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

O Estado adentra a favela com todo o aparato organizacional. Sem ética para dar lição de moral, age na truculência, impondo um regime autoritário digno da ditadura militar. Naquele lugar, onde um emaranhado de barracos se entrelaçam, o mundo das pessoas se torna um dividendo, gerando lucros para os acionistas detentores de ações na bolsa de valores do oportunismo. Construir UPPs é mais importante do que construir escolas, dar tiro é mais fácil do que distribuir livros e, assim, a lição é dada sem caderno e professor. A comunidade começa a ficar enfeitada para receber os gringos que chegam para assistir ao Carnaval, que é de todo o mundo, menos de quem mora lá. A educação tira zero, a saúde morre na fila de espera, o transporte obsoleto não anda e, agora, só nos resta aguardar a Valesca Popozuda ser indicada para a Academia Brasileira de Letras. Seja bem-vindo, esse é o Brasil!

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

Mais um Ano Novo que se inicia, o ano propício para COMPARTILHARMOS mais alegria e CURTIR menos tristeza. Que na LINHA DO TEMPO da vida não nos falte os melhores momentos com as pessoas que amamos. CUTUQUE os seus sonhos mais difíceis para não deixá-los morrer no esquecimento das MENSAGENS PERDIDAS. ADICIONE aos ÁLBUNS muita saúde, paz, felicidades e vitórias conquistadas. Tenha discernimento para EXCLUIR tudo aquilo que não te faz bem e BLOQUEAR quem não te convém. LOGUE com amor, mas jamais de LOGOUT com raiva de alguém. PARTIU! SEGUIR a felicidade é o que nos resta! Feliz Ano Novo para todos nós.

Luciano Campello
2 compartilhamentos

Muitas vezes, as fofocas começam com interpretações erradas do outro. Não tenho medo do seu julgamento. Só tenho medo dessa sua ignorância ser contagiosa.

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

Uma simples silhueta e a minha imaginação viaja nesses versos que deslizam pelo seu corpo. Sou mais um poeta na solidão do real, mas que se deslumbra pela sensualidade exalada dessa nudez disfarçada.

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

Num ato de desespero, o povo ofereceu propina aos deputados para que investissem o dinheiro em saúde, segurança e educação. O povo também prometeu aos políticos que, na próxima eleição, só venderia o voto se em troca recebesse honestidade. Sem saber o que fazer, alguns deputados foram parar no hospital, após uma febre alta de realidade. Outros, carentes de dignidade, jamais conseguiriam encarar a miséria existencial de sua representatividade. PT, PSDB, PCC, CV... A diferença entre eles, é difícil saber.

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

Marcos saiu do coma induzido após um ataque de arrogância intelectual. Foi direto para rua furtar conhecimento, e em troca levou socos de poesia. Apertou o gatilho e foi alvejado por frases cortantes de Machado. Acabou rendido pelo consumo da literatura e teve uma overdose de sabedoria. Voltou para favela com a arma letrada, agora, só faz assalto de cara limpa. Trocou o sequestro pelo cárcere das rimas, trafica pensamentos e troca tiros de letras perdidas. Após ser atingido na cabeça por verdades escritas, foi parar na UTI, acometido pela doença bibliofilia.

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

Seu sorriso substitui qualquer maquiagem

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento

O professor guia passos. Educa mentes distraídas, aflitas, brilhantes… Ele faz o impossível virar realidade. Faz a criança ter esperança, o adulto não perder as esperanças, o difícil virar fácil e o longe ficar perto. Educar não é um trabalho para qualquer um, é para os educadores super-heróis, que oferecem um ombro amigo, mas que as vezes precisam de um ombro amigo. Tem professor que vira orientador, coordenador, diretor, mas jamais perdem a essência de educar, até porque, isso faz parte da sua vida.

Luciano Campello
Inserida por Lucianocampello
1 compartilhamento