Guilherme Policena de Almeida

1 - 25 do total de 100 pensamentos de Guilherme Policena de Almeida

A burrice é a salvação de muitos: impede o vômito que sucederia caso enxergassem a si mesmos.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

A ciência admite honestamente nossa insignificância cósmica e busca provas para entender o mundo real. A religião afirma presunçosamente nossa importância divina e busca advogados para defender seu mundo imaginário.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

Cada um pode ter a crença que quiser. Porém não a razão, pois esta não se prostitui tão facilmente.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

É meramente da mudança dos objetos do desejo, e não da estrutura do desejo em si; que surgem todas as ilusões de esperança e nostalgia.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

Felicidade: um nome mais poético para a desejada overdose de hormônios naturais.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

Ignorantes cobrem com convicção sua falta de conhecimento.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

Munidos até a alma com nossos instintos simiescos, lutamos com voracidade pela vida, mesmo que ela, em si mesma, não nos traga recompensa alguma. Isso acontece porque o instinto de sobrevivência não consiste em um formoso amor pela vida, mas em um medo patológico da morte. Por isso muitas pessoas, mesmo nas situações mais deploráveis, ainda temem irracionalmente morrer.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

O desencanto no triunfo, o consolo na miséria: a vida acaba.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

Quem não nasceu para ser difamado, nasceu para ser ignorado. Quem se vê uma exceção às duas sujeições, somente está sendo vítima da terceira: está sendo enganado, por considerar apenas o que lhe dizem de frente. Portanto, nascemos para ser difamados, ignorados, e estúpidos o suficiente para acreditar no contrário.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

Reproduzir-se é jogar a batata quente para a próxima geração.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

Saiba que você é insubstituível. Pois dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

Se fôssemos naturalmente imortais, não precisaríamos fazer qualquer esforço para sobreviver, visto que a morte não seria uma ameaça. Nossos impulsos vitais mais arraigados seriam obsoletos. Com o passar dos séculos e milênios, provavelmente sentiríamos tanta repulsa por uma existência tão desértica e inerte que acabaríamos por nos prostrar em um canto qualquer como zumbis semiconscientes, indiferentes a quaisquer estímulos.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

Tédio é o tormento que começa quando todos os outros terminam.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

Todos, ao seu modo, precisam brincar. A brincadeira do bebê é a chupeta, a da criança são os carrinhos e bonecos, a do adolescente são as festas e bebidas, a do adulto é se casar, ter filhos, comprar um carro de luxo e viajar. Por fim, na velhice, muitos se contentam em jogar dominó, baralho e ver os netos nascerem. Talvez essa postura serena e resignada reflita a fadiga de quem já brincou demais, como uma criança que, depois de um longo dia na praça, necessita apenas de uma coisa: dormir.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

Um cinto de segurança antes da viagem vale mais que mil orações.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

Vida: a manutenção do quê além de si mesma?

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

A consciência é o espelho do nada.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

Caso ainda tenhamos dúvidas acerca da essência de tédio e sofrimento em que consiste a vida humana, bastará observar as expressões predominantes no rosto das pessoas - nas ruas, nos estabelecimentos, nos transportes, nas multidões - para nos certificarmos.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

Deus é a ideia de um pai para aqueles que não suportam o fato de sermos apenas crianças desamparadas no meio do nada.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

É possível saber de tudo, um pouco; ou de pouco, um tudo. Mas jamais será possível saber de tudo, um tudo.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

Felicidade é estar despreocupado, principalmente em ser feliz.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

Iludidos, pensamos que viver é como subir uma escada celeste, elevando-nos a cada passo. Realistas, vemos que é como cruzar uma fúnebre ponte: avançamos a cada passo, mas não nos elevamos em nada. Ao contrário, apenas ficamos mais próximos do abismo que, ao fim da ponte, está à nossa espera.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

Na escuridão e no silêncio da madrugada percebemos claramente o que a vida é.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

No fim, queiramos ou não, a morte triunfará, e tudo o que fizermos não será muito mais do que adiar a data de nosso velório.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_

O enjoo que sentimos antes do vômito tem a função de indicar a toxicidade da substância que se encontra em nosso estômago. Da mesma forma, o mal-estar durante a gravidez e as dores excruciantes que precedem o parto avisam muito bem à fêmea sobre o tipo de criatura que será expelida de seu útero.

Guilherme Policena de Almeida
Inserida por guigax_