Andre Felipe

Cerca de 17149 frases e pensamentos: Andre Felipe

Invejar a felicidade alheia é loucura: não nos saberíamos servir dela. A felicidade não se quer de confecção, mas sob medida.

Passarei a minha vida a provocar as confidências dos loucos. São pessoas de uma honestidade escrupulosa e cuja inocência só encontra um igual em mim.

O viajante ainda é aquele que mais importa numa viagem.

A arte apenas faz versos, só o coração é poeta.

O mundo só poderá ser salvo, caso o possa ser, pelos insubmissos.

São precisos 60 anos e não 9 meses para fazer um homem.

Nada torna um rosto mais impenetrável do que a máscara da bondade.

A liberdade é difícil de se alcançar, mas o que fazer com a liberdade é muito mais difícil.

O que há de mais precioso de nós mesmos é o que fica por dizer.

Chamo jornalismo a tudo o que será menos interessante amanhã do que hoje.

O carácter, quer dizer, a paixão de sermos nós próprios, por qualquer preço.

Quando já não me indignar, terei começado a envelhecer.

Toda a teoria só é boa na condição de que, utilizando-a, se vá mais além.

Não te convenças de que a tua verdade possa ser encontrada por qualquer outro.

Os bons trabalhadores têm sempre a ideia de que ainda poderiam trabalhar mais.

Poucos são os que nunca tiveram uma oportunidade de alcançar a felicidade e menos ainda os que aproveitaram essa oportunidade.

TUDO É AMOR

Observa, amigo, em como do amor tudo provém e no amor tudo se resume.

Vida – é o Amor existencial.
Razão – é o Amor que pondera.
Estudo – é o Amor que analisa.
Ciência – é o Amor que investiga.
Filosofia – é o Amor que pensa.
Religião – é o Amor que busca Deus.
Verdade – é o Amor que se eterniza.
Ideal – é o Amor que se eleva.
Fé – é o Amor que se transcende.
Esperança – é o Amor que sonha.
Caridade – é o Amor que auxilia.
Fraternidade – é o Amor que se expande.
Sacrifício – é o Amor que se esforça.
Renúncia – é o Amor que se depura.
Simpatia – é o Amor que sorri.
Altruísmo – é o Amor que se engrandece.
Trabalho – é o Amor que constrói.
Indiferença – é o Amor que se esconde.
Desespero – é o Amor que se desgoverna.
Paixão – é o Amor que se desequilibra.
Ciúme – é o Amor que se desvaira.
Egoísmo – é o Amor que se animaliza.
Orgulho – é o Amor que se enlouquece.
Sensualismo – é o Amor que se envenena.
Vaidade – é o Amor que se embriaga.

Finalmente, o ódio, que julgas ser a antítese do Amor, não é senão o próprio Amor que adoeceu gravemente.

Tudo é Amor.
Não deixes de amar nobremente.

Respeita, no entanto, a pergunta que te faz, a cada instante, a Lei Divina: “COMO?”.

André Luiz
, Apostilas da Vida

Tudo é amor.
Até o ódio, o qual julgas ser a antítese do amor, nada mais é senão o próprio amor que adoeceu gravemente.

André Luiz

Nota: Trecho do texto "Tudo é amor".

O ódio não é senão o próprio amor que adoeceu gravemente.

André Luiz

Nota: Trecho do texto "Tudo é amor".

Tudo já foi dito uma vez, mas como ninguém escuta é preciso dizer de novo.