Alaiane Motta

Cerca de 949 frases e pensamentos: Alaiane Motta

Me olhe como se fosse a primeira vez; Como se eu fosse uma surpresa pela qual você sempre desejou; Me olhe com os olhos de uma criança que precisa de carinho, amor e atenção; Me olhe diante de todos os problemas pelo qual você passou e faça de conta que sou a solução; Me olhe e veja tudo que você sempre quis para sua vida ... e me leve para você.

Alaiane Motta
35 compartilhamentos

Imaginar você é o jeito mais próximo e fácil de ter você aqui comigo. São em noites como essa que meus olhos ficam tristes por não ter você aqui para ficar observando. Em noites como esta que meu corpo grita socorro por não poder te abraçar e sentir você. Esse é o momento que a saudade toma conta de mim e me faz pensar no que passamos, nas possibilidades de tudo acontecer novamente de um jeito duradouro. E mais uma vez meu coração dói com tudo isso e começo a sentir que ele esta fraco por não ter a sua energia aqui. Desde que você se foi eu me senti calada, apenas pensando se você vai voltar. E é assim que eu sofro mais uma vez por cada dia gostar mais do que não esta aqui.

Alaiane Motta
92 compartilhamentos

Estava pensando na temporada dos “Sorrisos e Flores”. Àquele tempo que eu tinha motivo para sorrir, e que eu tinha certeza de tudo. Eu não tinha sombra de duvidas em relação a você. Nossa historia poderia ser contada através de qualquer musica que falasse de amor. Depositei fé e confiança em tudo que vinha de você e não me desapontei quanto a isso. Nunca deixei de acreditar que poderia dar certo. Mesmo que levasse um tempo para isso acontecer.
Meu sentimento por você foi o mais puro e verdadeiro... Mesmo com seus hábitos ,eu soube me adaptar.
Era agradável sentir tudo aquilo. Toda intensidade que aquele toque e aquele olhar traziam. Sensação de calmaria que tomava conta de qualquer lugar. É foi o que eu realmente quis e desejei a todo momento, e ainda me pego pensando na possibilidade de tudo acontecer ,não precisa ser da mesma maneira... só quero uma forma que dure. Porque eu ainda acredito. Deve ser por isso que eu fui tão sua. Que ainda sou sua!

Alaiane Motta
17 compartilhamentos

Thereza
Em memória de minha irmã, Thereza Motta Morgan

Em um número uma vida acaba,
e substitui um nome que fica
apenas na lembrança de alguns,
de quem foi, que fez, o que amou,
e o quanto a amamos.

São sombras, apenas cinzas,
de quem antes foi paixão,
esperanças, sofrimentos, alegrias.
De sua energia florecerão vidas
como novas flores, e será eterna.

Victor Motta
39 compartilhamentos

Eram em noites como essas que eu ficava ansiosa por uma mensagem, um telefonema qualquer sinal de que você sentiria minha falta. Cheguei a pensar que não fizesse mais sentido pra você ou que estava apressando as coisas demais, eu só queria ter você de um jeito meu.
Esse jeito de querer compartilhar tudo por mínimo que fosse os detalhes eu queria você aqui comigo.
Eram em noites assim que eu me deitava e me perguntava se você estaria pensando em mim. No meu jeito de fazer tudo por você e no número de vezes que eu fiquei quieta apenas observando você.
Para mim você é uma droga pela qual eu tento manter afastada, mas não dá. É uma compatibilidade que não suporto e me torna viciada cada vez mais. E me pergunto o que será que aquele olhar tem que me deixa assim, entorpecida.
Eram em noites como essas que eu esperava e precisava de você, apenas de você.

Alaiane Motta
11 compartilhamentos

Cansei de ser forte, porque ultimamente tem sido dificil manter tudo que sinto congelado. Esbarrar com você como se você fosse um estranho,porque você não é. Mas bem que se você não tivesse feito tantas mudanças em mim eu te aceitaria como uma pessoa qualquer, pois não foi bem assim a nossa historia. É, ainda estranho seu jeito frio, seu jeito de não se importar muito como as coisas seguiram até os dias de hoje e continuo acreditando que um você mude isso.

Em busca de memorias boas, lembrei de você. Na verdade eu nunca me esqueci de você, apenas te tirei do meu foco, foi dificil e estranho ao mesmo tempo, como você mesmo disse uma vez para mim " É estranho quando alguém que estamos acostumados some da nossa vida.." , você se foi e eu guardei essas palavras para mim. Acredito que foram nelas que eu encontrei forças para não deixar ninguém ir, ou para dar valor as pessoas proximas a mim, ou para eu sentir um pouco de culpa por sumir por um tempo da sua vida. Só que hoje de alguma forma estou pagando por te deixar ir, e foi assim que descobri forças que não sabia que tinha para ocupar tua ausência em minha vida.
E por mais que eu tente nos enterrar mais uma vez, você sempre vai despertar reações estranhas em mim.

Há ainda um pouco de você aqui comigo, e espero que tenha ainda um pouco de mim contigo, e mesmo assim não acho o bastante. Porque eu preciso de mais do que uma imagem para me satisfazer. Preciso de você!

Alaiane Motta
8 compartilhamentos

Ela pediu para eu vir aqui e dizer que ela foi embora. Que não aguentou a sua indecisão e falta de atitude. Logo ela meu companheiro, que era tão apaixonada e decidida por você.
Ela pediu a conta da vida de vocês, e pode ser que ela tenha pagado caro quanto a isso, mas nada se compara ao preço da liberdade sem sofrimento, e foi o que ela quis. Ela também pediu para eu entregar essa caixinha que significava algo muito importante para ela. Pode ser algumas lembranças de momentos que hoje não faz nenhum sentido para ela.
Ela disse que nunca mais voltaria atrás, que esta deixando de mão tudo que levou ela para trás esse tempo todo. E se você esta ouvindo dizer isso tudo e não esta demonstrando nenhum tipo de reação é porque ela estava certa em relação a você.

Alaiane Motta

Ainda estou na tentativa de achar as palavras exatas para continuar a escrever esse texto. Pois essa foi a melhor forma que encontrei para desabafar tudo que penso sobre você.
Queria ter o poder de descobrir o que você estava pensando enquanto acariciava suavemente meu rosto, quando tocava meus lábios e deslizava suas mãos no meu cabelo. Deixei de dizer tantas coisas naquele instante, talvez tenha sido medo que bateu na hora. Todas aquelas palavras de tons doces e suaves que tanto ensaiei foram ocupadas pelo silêncio quando você me olhou nos olhos. Sinto como se seus braços ainda estivessem tocando o meu corpo, uma espécie de porto seguro.
E aquela vontade de você que tranquei a sete chaves no quartinho dos fundos voltou com tudo. Com mais desejo de ter você perto de mim.
O que será de nós depois dessa noite¿ Os nossos corpos seguiram em direções diferentes¿ Os sentimentos só vão ser expostos quando houver um novo reencontro¿ E enquanto você não me deixa sinais para essas respostas, tento deixar de lado essa minha ânsia de você.

Alaiane Motta
3 compartilhamentos

Noite de um inverno

De repente, sinto que estou triste.
Triste pelo que sou,
Triste por tudo que não fui.
Mas, não me aborrece
Essa tristeza ,que vem
E que flui através
Do cinza-azulado da fumaça
Do cigarro, projetada no teto
Mal pintado de meu quarto.
O silêncio amigo que habita
Meu apartamento
Divide comigo o frio da noite,
Que também se vai.
Penso em voltar, penso em partir,
Em estar contigo,
Em dividir essa tristeza
A dois…
Que grita dentro de mim,
Dentro do quarto quieto,
Frio, de ar viciado
De teto mal pintado.
Vejo as marcas incertas
Do pincel,
Como a arranharem
Também dentro de mim
A saudade do que era
E a ansiedade do que será.
Fecho os olhos,
Molhados
E penso num poema que faria,
Se meus olhos molhados
Não estivessem cansados,
Fechados,
Tentando esquecer
Essa tristeza….

Victor Motta
110 compartilhamentos

Me sinto sozinha, deprimida, carente, cansada, mas acho que ninguém liga para isso. Afinal, é só colocar um sorriso falso no rosto.

Ariadne Motta
731 compartilhamentos

Despedida (II)

Ao dizer, te amo
não estarei mentindo,
mas partindo,
pois, quanto mais te quero,
mais longe eu me sinto.

E, creia que não minto
te amo.
Estarei te amando
quando dizer
adeus.
E meus olhos
molhados
te dirão – querida.

Saberás então
que tentei cruzar
o abismo, mas caí.
Caí no vazio
da solidão,
desse passado,
dessa angustia
de saber que somos dois
e jamais seremos um.

Adeus amor,
ilusões,
felicidade.
Corra para o vento
de sua idade,
seu mundo.
Viva a vida plena,
sem preconceitos,
sem a não compreensão
de outras épocas
que represento.
Seja você
e não eu
Adeus….te amo!
(1971)

Victor Motta
85 compartilhamentos

Apenas

Era amor, era aconchego,
era vontade de ficar junto,
era calma, o sossego
de um sonho sonhado.
Trocas de carícias,
eternas juras
que se estiolaram
no tempo corrido
da vida em comum.

Onde se escondeu
a antiga paixão,
onde ficou perdido
tanto amor?
Como duas pessoas
que se amaram
são, agora, apenas amigos?
Onde ficaram as carícias, o sexo?

São dois unidos,
pensando em ser um,
seguindo independentes
suas vidas isoladas
que não mais se tocam
como antes.
Juntos, vivem tão separados
como se longe estivessem.
São vidas a parte
que se relacionam
sem serem um par.

Apenas tentam cumprir
a promessa feita no altar
de ficarem juntos
até que a morte os separe.

Victor Motta
72 compartilhamentos

REFLEXÕES DE UM ADEUS

Agora, sentado,
ouvindo apenas o ruído do silêncio,
parado,
eu penso em nós.
Vem vindo do fundo, gritante,
alarmante,
a ansiedade do tempo passado
preenchendo do nada
o vazio de dois mundos.
Somos duas pontas de flexas,
disparadas do infinito,
que não se encontrarão.
Um grito de alarme
cresce na garganta
e espanta
no vôo, a felicidade
que em vão tenta o pouso
em minha alma angustiada.
Somos dois que
marcham ao longo,
sem cruzamentos,
nem encontros.
Tontos,
procuramos nos dar as mãos
através o nevoeiro do tempo.
Ilusão temerária de sermos um,
quando seremos, eternamente
dois.
Pois,
não percebes?
Teu mundo é formado
de outras cores.
Consulto o silêncio,
tal fora o relógio da vida,
e vejo nos ponteiros
que não se tocam
nossa própria tentativa
do ser uno.
Nessa ilusão míope não vemos
que passamos
um pelo outro,
sem nos tocarmos,
como os ponteiros
que marcam a vida,
perdida.

Victor Motta
85 compartilhamentos

TRAÇOS

Traços.
Fugazes traços.
Lembranças de rostos.
Sorrisos, abraços.
Tempos passados,
passadas vidas.

Pensamentos decompostos,
imagens tão queridas.

Tudo é passado,
e tão presente,
quão feridas,
que magoam
a gente

Victor Motta
53 compartilhamentos

Canção do Adeus

Mais uma vez,
lábios se abriram
e me disseram
adeus!

Um duro olhar viu
meu sim silencioso,
cheio de surpresa
e desapontamento.
Lábios que antes úmidos,
prometiam beijos,
secos e crispados
recusavam o amor.
E meu corpo tremeu
apertando a garganta.
E, engraçado, nada
havia mudado.
Nunca houve amor,
apenas farsa,
ilusão e dúvida.

Sua imagem
ressurgiu das sombras,
me acusando
os erros de outrora.
Sua boca, em outros lábios
me apontavam.
O destino por mim próprio
construído era, enfim,
a sua forma de vingança.
Todo amor
que desprezei um dia,
foi consumido
ao fogo do arrependimento.
Mas, creia que já não luto
e compreendo agora
que tenho de sofrer
o que lhe fiz.

Embora por outros lábios,
outras vozes e gestos
diferentes.
Tudo é você,
tudo é seu
e me condena.

Victor Motta
49 compartilhamentos

Ilusões

No silêncio da noite, sonho;
Cenas, fatos, pessoas, momentos.
Um passado distante, presente,
Ainda,
Me conduz em turbilhão;
Tristonho,
Recrio felicidades e histórias,
No inusitado da imaginação.
Busco em cantos de saudade
Trazer ao cotidiano
De agora
As alegrias vividas a dois .
O que era, perdeu-se,
Partidos cristais.
O que foi, são sensações,
Nada mais.
Os novos caminhos percorridos
Não serão os mesmos de outrora,
Jamais.
Resta-me então reviver,
No imaginário, as fortes emoções
Do passado, num canto qualquer,
Numa dobra escondida
Da memória.

Victor Motta
124 compartilhamentos

REAL MARAVILHOSO

Nossa vida flutuando em dois espaços,
um real – outro fantástico imaginário,
e nesse encontro do real maravilhoso
ficamos presos, partidos aos pedaços
estando em um, desejando o outro.
Vivemos então o momento majestoso,
onde tudo é possível na fantasia criada,
e no equilíbrio dessa realidade virtual,
encontramos a felicidade imaginada
para amenizar a solidão do ser
esmagado na realidade do viver
buscando no fantástico irreal
as ilusões passadas e perdidas.

Victor Motta
128 compartilhamentos

Dia da Criança

Luzes nas ruas, risos, cores,
brilho das vitrines em festa.
Um carro, vestido novo, um trem.
Gente que passa e não presta
atenção nos que ficam à margem
do encanto das luzes,
no espanto do menino
que erra sozinho,
perdido na cidade.
Que fere, maltrata
e destrói com maldade
os sonhos de criança.
Que rouba no berço
o carinho da mãe,
que cedo levanta
e tanto trabalha,
escrava submissa
do asfalto,
alheio e sem dó
de seu filho, tão triste
e tão só.
Com sua vozinha, fraca
e cansada,
fica nas ruas perdido
a pedir por presente
apenas um dia só seu;
pois não sabe, afinal, distinguir,
como alguém, que com fome
cresceu,
nos anúncios das lojas
que gritam e proclamam
que ele também é criança
e esse dia é o seu.

Victor Motta
65 compartilhamentos

RECORDAÇÕES (perdidas)

No espelho da vida
revi mil rostos,
velhos, cansados, perdidos
em passado já distante.
Em meu espanto percebi
quem fui, pois,
na luz que refletia
finalmente eu via
o tempo que passara:
rápido, irônico, implacável.
Pedaços de mim
eram outras fisionomias,
que não eram mais
como um dia foram.
Lutei por descobrir
vestígios de outrora:
em vão!
Pois eram apenas traços,
fugazes traços.
Lembranças de rostos,
sorrisos, abraços,
carinhos, beijos.
Tempos passados,
passadas vidas,
uma palavra, um adeus.
Pensamentos decompostos
de imagens tão queridas.
São presente.
São feridas
que ficaram
na Alma.

Victor Motta
66 compartilhamentos

ERRANTE

SOU COMO A AVE
ERRANTE….
SEM NINHO,
SEM MORADA.
MEU CAMINHO
LIGA AO NADA,
E DO DISTANTE
VENHO E VOU,
POIS SEI QUE SOU
ERRANTE…
NADA TENHO,
NADA GUARDO,
NEM ESPERO.
VENHO E VOU…
DISTANTE.
HOJE, EU CHEGO,
COMO CHEGUEI UM DIA,
IGUAL,
COMO PARTIREI,
SEM MAIS NADA
QUE A DOR GRITANTE
DE IR E VIR,
ERRANTE.

Victor Motta
49 compartilhamentos